Situação assustadora -

Policial penal é assassinado em meio a onda de ataques no RN

Um policial penal de 49 anos foi morto a tiros por criminosos, na noite de sexta-feira (17/3), em São Gonçalo do Amarante (RN). O servidor Carlos Eduardo Nazário foi vítima de um atentado ligado a uma onda de ataques que criminosos têm imposto ao Rio Grande do Norte desde a última terça-feira (14/3).

Polícias de outros estados e o governo federal já enviaram pessoal e equipamentos de segurança, como helicópteros, para ajudar o governo do Rio Grande do Norte a coibir a violência que seria coordenada de dentro de presídios, mas até o momento, o caos avança.

São Gonçalo do Amarante é uma das 39 cidades potiguares onde há registro de atentados criminosos. De acordo com as autoridades locais, o policial penal assassinado estava em um comércio do bairro onde vivia, por volta das 21h30 de sexta, quando foi atacado a tiros. Ele foi atingido no tórax, braço e perna e chegou a ser levado para o Hospital Santa Catarina, na zona norte de Natal, mas não resistiu.

Além de terem como alvo servidores da segurança, os bandidos têm feito atentados contra os serviços de transporte e de saúde. Desde o meio da semana, escolas públicas e particulares e postos de saúde têm ficado fechados. O transporte público também foi suspenso e parte do comércio fechou as portas.

Veja a matéria completa no Metrópoles

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco