No PR -

Policial, filho de coronel, é encontrado morto em porta-malas de veículo

Um soldado da Polícia Militar do Paraná (PMPR), identificado como Gabriel Fadel, foi encontrado sem vida dentro do porta-malas de um veículo em Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba.

Foto: Reprodução

Gabriel estava desaparecido desde a última sexta-feira, dia 29, e foi localizado por colegas da corporação que respondiam a uma ocorrência em uma comunidade no domingo, dia 31.

Os policiais foram chamados à rua Mauro Medeiros Dantas, no Jardim Água Boa, após relatos de moradores sobre uma intensa troca de tiros. Ao chegar ao local por volta das 17h de domingo, encontraram um veículo do modelo Chevrolet Corsa com sinais de sangue. Ao abrir o porta-malas, descobriram o corpo de uma pessoa com ferimentos de disparos de arma de fogo.

Imediatamente, os policiais constataram que a vítima estava sem sinais vitais. Próximo ao local onde o carro estava abandonado, encontraram um morador ferido, que relatou ter se escondido na casa durante o tiroteio, mas mesmo assim foi agredido. Uma ambulância foi chamada para prestar assistência ao ferido.

Uma equipe da Polícia Civil do Paraná (PCPR) e da Polícia Científica foi acionada após a informação do crime pelos agentes da PMPR. Inicialmente, os policiais não reconheceram a vítima como sendo um colega de farda.

Após ser levado ao Instituto Médico Legal (IML), um exame de digitais identificou o falecido como o policial militar Gabriel Fadel, de 26 anos, filho do coronel da PMPR Milton Fadel. Gabriel havia se formado recentemente e compartilhava em suas redes sociais o resultado das operações em que participava.

Após a confirmação da morte, a PMPR emitiu uma nota oficial lamentando o ocorrido e expressando solidariedade aos familiares e amigos de Gabriel. A corporação também informou que está colaborando com a Polícia Civil do Paraná para esclarecer o crime.

O sepultamento de Gabriel Fadel está agendado para esta terça-feira, dia 2, às 17h, no Cemitério Municipal Água Verde, em Curitiba.

Fonte: Ric.com.br

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco