Trio farsante -

Polícia prende investigados que se passaram por policiais civis e roubaram residência

Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás, por intermédio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais e do Grupo de Repressão a Roubos, realizou uma operação policial na quinta-feira (6) para cumprir três mandados de prisão temporária contra um trio suspeito de roubo a residência, ocorrido em 22 de março de 2024, no Residencial Monte Carlo, em Goiânia.

Segundo as investigações, a vítima estava em sua casa quando foi surpreendida por dois dos três suspeitos, que se identificaram como policiais, algemaram-na e questionaram se havia objetos ilícitos na residência. Após a negativa da vítima, os suspeitos roubaram diversos objetos da casa e valores em dinheiro, utilizando o acesso à conta bancária da vítima via aplicativo. No dia seguinte, os suspeitos ainda exigiram mais dinheiro da vítima para evitar supostos problemas legais, pedido que não foi atendido.

Foto: Reprodução

Durante a investigação, descobriu-se que um dos suspeitos é Guarda Civil de Aparecida de Goiânia.

Na casa de um dos suspeitos, a polícia encontrou uma arma de fogo tipo garrucha e munições de calibres diversos, sem autorização legal. Ele foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições de uso permitido.

A operação contou com o apoio da CORE/GT3.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco