Entenda o caso -

'Alegre e responsável', diz tia de manicure morta por vizinho que teria se irritado com Samu

A tragédia da morte de Layla Karina Moreira Teles, uma jovem de apenas 23 anos, ainda reverbera entre familiares e amigos. Layla, uma manicure, foi vítima de um homicídio em Belo Horizonte na última quinta-feira (16/11). Seus parentes, ainda abalados, destacam que ela era uma pessoa responsável, alegre e uma profissional exemplar.

A situação torna-se ainda mais dolorosa ao revelar que o suspeito do crime é um vizinho. Segundo informações, o vizinho teria se irritado com a presença de uma ambulância na rua, que estava lá para atender a avó de Layla, portadora de ELA (esclerose lateral amiotrófica).

Foto: Reprodução

"Para nós, Layla era muito especial. Uma pessoa querida, alegre e comprometida com seu trabalho. É difícil compreender como algo assim pode acontecer", desabafa Sidiane Teles, tia da jovem, que completaria 24 anos no próximo dia 5.

Além de ressaltar as qualidades pessoais de Layla, sua tia compartilha um sonho que a jovem cultivava: "Ela tinha o sonho de tirar a carteira de habilitação e comprar uma moto." Esses detalhes humanizam a vítima, tornando a tragédia ainda mais comovente para aqueles que a conheciam.

Fonte: Portal R7

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco