Compartilhar Tweet 1



Nos últimos dois meses duas ocorrências envolvendo enxames de abelhas na área urbana de Campo Maior foram registradas gerando pânico na população.  informações são do Campo Maior em Foco.

Na manhã desta quarta-feira (08/06) aconteceu mais um incidente envolvendo esses animais e mais uma vez a Defesa Civil do município precisou ser acionada. 

Segundo a assessoria de comunicação da Diocese, estava havendo uma celebração religiosa dentro da Catedral de Santo Antônio quando o enxame foi percebido, no alto da torre central, causando pânico nos fiéis que estavam presentes na missa.

Testemunhas contam que algumas pessoas chegaram a ser atacadas tanto dentro do santuário quanto fora.  A Defesa Civil interditou as áreas de acesso ao local para que o enxame fosse removido.

 

PostMídia (99) 81 75-5041

Comentar
Ventos de até 100 km/h · 03/06/2022 - 13h58 | Última atualização em 03/06/2022 - 16h56

INMET coloca o Norte do Piauí sob alerta laranja com precipitação de até 100 mm/dia


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta sexta-feira (03/06), um alerta laranja de perigo de chuvas intensas para 48 municípios da região Norte do Piauí, incluindo o litoral.

De acordo com o instituto, a previsão vai até sábado (04/06) sendo esperados entre 30 e 60 milímetros por hora ou de 50 mm/dia a 100 milímetros por dia, com ventos intensos que podem chegar até 100 km/h.

O instituto ainda emite algumas recomendações:

Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda);

Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia;

Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Confira a lista dos municípios piauienses que estão no alerta:

Barras, Batalha, Boa Hora,Bom Princípio do Piauí, Boqueirão do Piauí, Brasileira, Buriti dos Lopes, Buriti dos Montes, Cabeceiras do Piauí, Cajueiro da Praia, Campo Largo do Piauí, Campo Maior, Capitão de Campos, Caraúbas do Piauí, Caxingó, Cocal, Cocal de Telha, Cocal dos Alves, Domingos Mourão, Esperantina, Ilha Grande, Jatobá do Piauí, Joaquim Pires, Joca Marques, José de Freitas, Juazeiro do Piauí, Lagoa Alegre, Lagoa de São Francisco, Luís Correia, Luzilândia, Madeiro, Matias Olímpio, Miguel Alves, Milton Brandão, Morro do Chapéu do Piauí, Murici dos Portelas, Nossa Senhora de Nazaré, Nossa Senhora dos Remédios, Parnaíba, Pedro II, Piracuruca, Piripiri, Porto, São João da Fronteira, São João do Arraial, São José do Divino, Sigefredo Pacheco, União.

 

PostMídia (99) 8175-5041

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Ascom

O Hospital Regional Tibério Nunes, na cidade de Floriano, está com o sistema das linhas telefônicas desativado após o furto dos cabos na região. Além da unidade hospitalar, outras residências e estabelecimentos comerciais, no bairro Manguinha, também estão sem a linha de telefone. O furto foi confirmado nesta quinta-feira (02/06). As informações são do Portal Ponto X.

A direção informou que já entrou em contato com a empresa responsável pelos cabos, mas que não há previsão rápida para a substituição dos fios. Diante dessa situação, a direção buscou pela contratação de outra empresa do ramo, que deu o prazo inicial de 15 dias para normalizar a situação.

A Avenida Santos Dummont, onde os fios foram furtados, fica está localizada a duas quadras no hospital regional. Essa avenida separa os bairros Manguinha e Irapuá I.

Leia a nota de esclarecimento

Nossas linhas estão desativados, devido ao furto de cabo de internet de 200 pares da empresa Oi Velox, na Avenida Santos Dumont, cabos que alimentam o sistema de telecomunicação das linhas telefônicas da nossa Central. Em busca de solucionar o problema e reduzir os transtornos, entramos em contato com a empresa ‘Oi’, porém, não estipularam prazos devido mudanças institucionais da empresa, e para evitar mais desgastes e buscando atender da melhor forma, buscamos soluções eficazes com outro responsável experiente no ramo, e a previsão para normalizar é de 15 dias, onde será feita a mudança da linha convencional para fibra óptica.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

A região Centro-Norte do Piauí está sobre alerta para chuvas intensas, segundo aviso do Instituto Nacional de Meteorologia divulgado nesta quarta-feira (01/06) e válido pelas próximas 24 horas.

Teresina é uma das cidades piauienses que constam no aviso com chuvas que podem chegar a 30 mm/h ou 50 mm/dia e ventos com intensidade entre 40 km/h e 60 km/h. Quem precisa se deslocar deve ficar atento aos riscos de queda de galhos de árvores e alagamentos.

O mais recomendado é não sair durante a chuva, mas o INMET da algumas recomendações:

Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda);Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada;Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar
Veja os registros · 01/06/2022 - 10h59 | Última atualização em 02/06/2022 - 05h08

Banhistas são surpreendidos por tubarão em praia do Piauí


Compartilhar Tweet 1



Banhistas da praia de Barra Grande no Piauí tiveram uma surpresa incomum e um tanto assustadora, isso porque um tubarão foi avistado na tarde desta terça-feira (31/05). 

Segundo um instrutor de kitesurf da região, o animal é um filhote de tubarão e, provavelmente, entrou pela área dos corais e ficou preso depois que a maré baixou. 

O animal conseguiu voltar para as águas profundas assim que a maré subiu e não houve nenhum tipo de incidente, ficando somente o registro da passagem do tubarão pela praia do litoral piauiense.

Veja o vídeo:

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A agência do Banco do Brasil de Barras segue retirando a paciência de quem precisar fazer saques. A falta de dinheiro nos terminais eletrônicos são a maior reclamação. As informações são do Longah.

Imagem mostra o tamanho da fila às 19 horas desta terça-feira (31/05). Muitos são servidores públicos municipais que tiveram o dinheiro depositado em suas contas desde a última sexta-feira (27/05) não puderam fazer saque.

"É uma falta de respeito com o cliente. O banco precisa colocar dinheiro suficiente e em todos os terminais. É uma situação que se repete há muito tempo e ninguém faz nada", diz usuário, que pediu para não ser identificado.

Comentar
Saiba como votar · 24/05/2022 - 18h56

Município do Piauí promove o concurso 'Miss Vaquejada'


Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Sebastião Barros, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, deu início na manhã desta terça-feira (24/05) ao concurso de fotos das candidatas a Miss Vaquejada Pitombas 2022. As informações são do Portal Corrente.

As fotos das 20 candidatas estão disponíveis na página oficial da prefeitura no Instagram até às 23h59min da próxima sexta-feira (27/05).

De acordo com o prefeito Pablo Carvalho, o principal objetivo concurso Miss Vaquejada é o de valorizar a beleza das mulheres sebarrienses. "Vamos eleger entre as nossas próprias conterrâneas a mais bela representante, que será a musa dos vaqueiros!", disse.

A comunidade pode participar votando na sua candidata escolhida. As 8 mais votadas estarão classificadas para participar do do desfile, que vai acontecer no dia 10 de junho, dia da abertura oficial da 19° Vaquejada de Pitombas, no Parque Antônio Pereira Lisboa.

Acesse a página e participe:

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar
Audiência extrajudicial · 24/05/2022 - 15h50 | Última atualização em 24/05/2022 - 16h41

MP-PI apura falta de profissionais, medicamentos e equipamentos no Hospital Regional de Bom Jesus


Compartilhar Tweet 1



    MP-PI

A Promotoria de Justiça Regional de Bom Jesus, realizou, com o apoio do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde do Ministério Público do Piauí (Caods/MPPI), audiência extrajudicial sobre denúncias feitas ao MPPI em relação à Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional Manoel de Sousa Santos. Foi abordada a necessidade de contratação de mais médicos diaristas e de profissionais de fisioterapia, especialistas em UTI.

A reunião foi promovida também para que os integrantes do MP pudessem averiguar a veracidade de informações, que indicam a escassez de medicações e de materiais procedimentais na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A diretora-geral do Hospital Regional, Maria da Guia Pereira, explicou que na unidade não há falta de medicamentos, visto que a Sesapi tem efetuado remessas à unidade com regularidade. Ela afirmou, ainda, que não é verídica a informação sobre falta de fisioterapeutas, visto que todas as escalas estão preenchidas, e a UTI de Bom Jesus tem equipamento de gasômetro em bom estado de funcionamento. A diretora declarou ainda que a denúncia acerca da falta de médico diarista não procede, uma vez que a UTI possui um profissional médico responsável.

O presidente do CRM-PI, Dagoberto Silveira, afirmou ser necessário fazer uma nova vistoria no hospital para verificar a situação atual da unidade de saúde. Na última inspeção, o presidente do CRM-PI disse que foram encontradas várias deficiências, como a falta de insumos hospitalares, medicamentos e aparelhos para fazer procedimentos.

Os representantes da Sesapi informaram que existe uma significativa dificuldade na contratação de profissionais especializados nos municípios do interior do estado. O presidente do Crefito-14, Rodrigo Amorim, diante da dificuldade de encontrar profissionais de saúde com especialização, propôs uma atuação conjunta entre a Sesapi, o MPPI e o Crefito-14, para realizar formações visando a capacitar dos profissionais que já atuam no interior.

A audiência foi realizada por videoconferência. Os debates foram conduzidos pelos Promotores de Justiça Márcio Carcará, titular da PJ Regional de Bom Jesus, e Karla Carvalho, coordenadora do Caods/MPPI. Além dos membros do MPPI, a audiência contou com a participação de representantes da Sesapi (Secretaria de Estado da Saúde), do CRM-PI (Conselho Regional de Medicina do Piauí), do Coren (Conselho Regional de Enfermagem), do Crefito-14 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 12ª Região) e das direções geral e técnica do hospital de Bom Jesus.

Deliberações

A direção do hospital deve atualizar os dados da unidade de saúde no sistema CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde), em particular, àqueles referentes aos profissionais ativos, para que na plataforma, conste a situação atual da UTI e do Hospital Regional Manoel de Sousa Santos.

Ao Crefito e ao Coren foram solicitados relatórios atualizados com informações sobre a existência e a discriminação dos responsáveis técnicos existentes no âmbito do Estado do Piauí. Os dados devem conter o título de especialidade de intensivista, nas suas respectivas áreas de atuação, e o valor recebido a título de salário.

O médico responsável técnico pela UTI deverá solicitar à AMIB (Associação de Medicina Intensiva Brasileira) e ao CFM (Conselho Federal de Medicina) um parecer sobre a posição das duas entidades a respeito da regulamentação da telemedicina no contexto das Unidades de Terapia Intensiva. Ele, também, deverá apresentar um cronograma de capacitação para cumprimento do programa de educação continuada, exigência da RDC Nº 7/2010.

A responsável técnica de Enfermagem do Hospital Regional deverá encaminhar ao MPPI, um relatório acerca da área de nefrologia da UTI do Hospital Regional indicando o corpo técnico que a compõe e suas qualificações.

Os representantes da Sesapi, no prazo de 10 dias, devem atuar para conseguir profissionais de fisioterapeuta, devidamente capacitado com a especialidade e título em UTI, para compor e atuar frente à UTI do Hospital Regional de Bom Jesus.

 

PostMídia (99) 8175-5041


Fonte: Ministério Público do Piauí
Comentar
3 óbitos · 18/05/2022 - 15h12 | Última atualização em 18/05/2022 - 17h43

Piauí teve aumento de 745,6% nos casos de dengue, diz boletim


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-A secretaria de estado da saúde liberou na manhã desta quarta-feira (18/05) mais um boletim epidemiológico de dengue do estado do Piauí de 2022. Segundo dados do boletim o estado do Piauí registrou um aumento de 745,6% nos casos de dengue e um aumento de 5.112,9% nos casos de chikungunya.

O boletim confirma também três casos de óbitos no estado do Piauí, aumentando o alerta e preocupação com os surtos de dengue que tem ocorrido por todo o estado.

Segundo informações até o momento o estado já enviou 40 carros fumacês para todo o estado, na tentativa de conter o número de casos da doença, mas é importante a conscientização por parte da população.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Ascom

Pelo segundo ano consecutivo, de acordo com dados divulgados pela Aneel, o Piauí tem, proporcionalmente, a maior aderência à Tarifa Social de Energia Elétrica no país. O Estado também alcançou o melhor desempenho nacional (86,6% – dado atualizado em 2022), quando se compara a aderência em relação ao número de famílias com perfil, inscritas na base do CadÚnico. Isso significa que aproximadamente 87 em cada 100 famílias aptas ao benefício estão incluídas no sistema da Distribuidora para desconto na fatura de energia.

Em 2021, foram cerca de 50 mil novos cadastros, o que resultou em mais de 520 mil famílias com o auxílio em todos os 224 municípios piauienses. Os números representaram uma economia total para os beneficiados de, aproximadamente, R$ 184 milhões, possibilitando que esse recurso fosse investido em outras necessidades, movimentando a economia local de cada município.

Esse resultado é fruto de um esforço coletivo que envolve municípios, Governo do Estado – por meio da Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc) – e Equatorial Piauí. Para reconhecer o trabalho das equipes que atuam frequentemente na busca ativa de famílias com perfil baixa renda, será realizado, nesta terça-feira (17), às 11h, no Theatro 04 de Setembro, o Prêmio “Boas Práticas da Tarifa Social de Energia Elétrica 2021”. Durante o evento, haverá o lançamento da Campanha 2022 da Tarifa Social.

O ranking nacional divulgado pela Aneel indicou também outras distribuidoras do Grupo Equatorial entre as cinco melhores do país. “Os números de 2021 apontam que nossas ações têm alcançado o público baixa renda e garantido a essas famílias descontos de até 65% na fatura de energia. Ainda existe, em todo o Piauí, mais de 90 mil famílias com perfil para cadastro na Tarifa Social. Por isso, continuaremos com a busca ativa em 2022, não só para manter os resultados alcançados, como também para ampliar o número de piauienses assistidos”, declara Lener Jayme, presidente da Equatorial Piauí.

    Ascom

O Prêmio ‘Boas Práticas da Tarifa Social” será transmitido ao vivo pelas redes sociais da Equatorial Piauí e do Governo do Estado. Durante o evento, os municípios piauienses com melhor destaque em número de cadastros da Tarifa Social serão premiados por suas ações de busca ativa. “É satisfatório saber que a cada ano mais piauienses, acima de tudo, acessam um direito adquirido, impactando positivamente o orçamento familiar, e também os resultados no comércio, com a injeção mensal de milhões de reais na economia local”, afirma José Santana, secretário da Sasc.

 

PostMídia (99) 8175-5041


Fonte: Governo do Piauí
Comentar
Operação Petróleo Real IV · 15/05/2022 - 19h00

Procon identifica 33 postos de combustíveis com irregularidades no Piauí


Compartilhar Tweet 1



    MP-PI

Fiscais do Procon/MPPI (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público do Piauí) concluíram, na última sexta-feira 13 de maio, a Operação Petróleo Real IV. O trabalho de fiscalização foi iniciado na última segunda-feira, 09 de maio, e contou com o apoio do IMEPI (Instituto de Metrologia do Piauí), da DECCOTERC (Delegacia Especializada no Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária e as Relações de Consumo) e da SEFAZ (Secretaria de Estado da Fazenda).

A operação foi realizada em postos de combustíveis dos municípios de Água Branca, Agricolândia, Amarante, Angical, Arraial, Floriano, Francisco Ayres, Hugo Napoleão, Jardim Mulato, Lagoa do Piauí, Lagoinha do Piauí, Miguel Leão, Olho D’ Água do Piauí, Regeneração e São Pedro do Piauí.

No total foram fiscalizados 47 postos de combustíveis. As irregularidades encontradas foram as seguintes: medida baixa (12 postos), falta de Código de Defesa do Consumidor (07 postos), extintor vencido (03 postos), irregularidade no teor de etanol no gás (01 posto), falta de equipamento para teste de análises de combustíveis (09 postos) e falta de pessoal para realizar testes de combustíveis (01 posto). As informações sobre os estabelecimentos fiscalizados serão inseridas no Painel de Postos Fiscalizados, elaborado pelo Procon.

“Estamos gradualmente ampliando o raio de atuação do Procon. Nosso intuito é chegar a mais municípios e assim garantir que os consumidores piauienses tenham os seus direitos respeitos, no que se refere a questão dos combustíveis. O Procon está atento e atuante”, disse o chefe da Secretaria de Fiscalização do Procon/MPPI, Arimatéa Arêa Leão.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução INMET

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) divulgou alerta neste sábado (14/05) em que coloca Teresina e a região Centro-Norte do estado do Piauí em alerta amarelo para chuvas intensas.

Segundo o alerta na região pode ter chuvas intensas com volume de até 50 mm/dia, ventos fortes que variam entre 40 km/h e 60 km/h. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas. O aviso é válido por 24 horas.

Orientações

·  Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).

·  Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

·  Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou neste sábado (16/04) alerta de chuvas intensas para 42 municípios das regiões Centro-Norte e Sul do Piauí. O alerta é válido para as próximas 24 horas.

A previsão é que ocorra chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, bem como ventos intensos (40-60 km/h) nessas regiões. Os municípios piauienses que deverão ser atingidos são: Alto Longá, Altos, Barras, Barreiras do Piauí, Batalha, Beneditinos, Boa Hora, Boqueirão do Piauí, Cabeceiras do Piauí, Campo Largo do Piauí, Campo Maior, Cocal de Telha, Coivaras, Corrente, Cristalândia do Piauí, Curralinhos, Demerval Lobão, Esperantina, Gilbués, Jatobá do Piauí, José de Freitas, Lagoa Alegre, Lagoa do Piauí, Luzilândia, Madeiro, Matias Olímpio, Miguel Alves, Monsenhor Gil, Morro do Chapéu do Piauí, Nazária, Nossa Senhora de Nazaré, Nossa Senhora dos Remédios, Novo Santo Antônio, Palmeirais, Parnaguá, Pau D'Arco do Piauí, Porto, São Gonçalo do Gurguéia, São João do Arraial, Sebastião Barros, Teresina e União.

O Instituo ainda prevê baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. O instituto orientou que, em caso de rajadas de vento, não se deve procurar abrigo debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Instituto Federal do Piauí (IFPI) em parceria com a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) lança oficialmente nesta segunda-feira (18/04), às 14 horas, o Projeto Hortas Comunitárias Sustentáveis. Idealizado pela reitoria do IFPI, o projeto visa contribuir com o fortalecimento e valorização da horticultura comunitária na cidade de Teresina enquanto fonte de alimentação saudável e geração renda, que tem destaque no cenário nacional entre as hortas comunitárias urbanas.

O Piloto contempla em sua primeira fase a região sudeste, beneficiando 22 horticultores e horticultoras das Hortas do Dirceu, e em sua segunda fase será executado na região da grande Santa Maria da Codipi. As Hortas beneficiadas receberão intervenções da Prefeitura, por meio da Secretaria de Produção Agropecuária (SEMP), com ações que incluem apoio e assistência técnica, organização e sinalização das hortas e incentivo à comercialização, e da Secretaria de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Sudeste, através de serviços de manutenção e intervenções estruturais nesses espaços produtivo e seu entorno, favorecendo a produção e fomentando melhores condições socioambientais nas hortas e comunidades.

O Projeto é uma iniciativa de natureza multidisciplinar e intercampi articulada pela Pró-reitoria de Extensão do IFPI junto ao Campus Teresina Central, o Campus Avançado Dirceu e o Campus Avançado de José de Freitas, o que possibilitará a qualificação profissional dos horticultores e horticultoras nos eixos de recursos naturais e gestão de negócios, além da realização de diagnóstico socioambiental. A formação profissional realizada pelo IFPI terá ênfase nas aulas de campo, que serão acompanhadas pela equipe técnica da Secretaria de Produção Agropecuária e estudantes bolsistas do projeto, o que possibilitará o aprendizado e aplicação de técnicas de produção de alimentos orgânicos, além da gestão e comercialização da produção, favorecendo o desenvolvimento desse arranjo produtivo de forma sustentável na cidade de Teresina, impactando sobre a produção, meio ambiente e renda dos horticultores e suas famílias.

O Projeto Hortas Comunitárias Sustentáveis consolida a parceria institucional entre o IFPI e a Prefeitura de Teresina na promoção da educação, empreendedorismo, geração de renda, alimentação saudável, desenvolvimento comunitário e meio ambiente, agregando valor e incentivando a criação de novas oportunidades para os horticultores e horticultoras da cidade de Teresina e suas comunidades.

 

PostMídia (99) 8175-5041


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar
Sistema precário · 12/04/2022 - 20h44 | Última atualização em 12/04/2022 - 20h49

Moradores de comunidade do Piauí reclamam que estão há dias sem água


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-Moradores estão denunciando que há dias está faltando água na comunidade só Deus, que fica localizada na zona rural de Altos.

Em vídeo, o repórter águia, um comunicador da região mostra imagens da precariedade da casinha que fica a bomba, a base da caixa d'água está cheia de cupim e falta até a limpeza do local que está tomada de mato.

“Pronto, aqui está à bomba, gente. Esse aqui é o poço, não tem não tem nada,  olha só a situação aí”, comenta o comunicador.

 Os moradores reclamam não só da falta d'água. Mas também do abandono de toda a estrutura que deveria estar funcionando. Para fornecer água para a localidade. Eles pedem providências da prefeitura municipal de Altos.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Band Piauí-Após várias negociações chegou ao fim à greve dos trabalhadores do transporte público de Teresina, mas para voltar à normalidade os trabalhadores aguardam a assinatura da convenção coletiva.

A reunião começou por volta das 11h17 com a presença dos representantes do sindicato que representa os motoristas e cobradores e também das empresas de transportes públicos de Teresina além de advogados também que representam os sindicatos.

Passaram cerca de sete horas em discussão, analisando a proposta que foi feita para os motoristas de ônibus que ficou de R$ 2.000,00 e cobrador de R$ 1.231,00 mil e também fiscais com salário de R$ 1.325,00. Além disso, foi acordado também o auxílio alimentação de R$ 170,00 e o auxílio saúde de R$ 60,00. Benefícios, que não estavam sendo pagos desde o ano de 2020.

Agora para a normalidade do transporte público coletivo na capital, tem expectativa para a assinatura da convenção coletiva, que é uma garantia que a categoria quer neste momento.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-Estamos na Semana Santa, época em que muitos seguem a tradição de não comer carne vermelha. Período em que o consumo de peixe aumenta e os preços também. Para garantir uma boa compra, preservando a saúde é preciso ficar atento.

Para levar o produto pra casa é preciso encarar o aumento, 67%. O tambaqui, um dos mais procurados, está custando cerca de R$ 15,00 o kg, já o tilápia, cerca de R$ 19,00.

Apesar do aumento dos preços dos peixes, a movimentação surge em plena terça-feira (12/04) da Semana Santa em forma de uma demanda. A procura tem aumentado em 90% em relação ao mesmo período do ano passado.

“É um contexto que motiva a animação dos permissionários. A movimentação está muito boa, os permissionários estão muito felizes. A gente está com 90%, dos clientes que vindo ao mercado aqui o movimento está aumentando e a tendência é melhorar ainda mais”

O cliente pode ficar à vontade para pesquisar os preços, mas a vigilância sanitária explica que é preciso observar as condições de armazenamento dos pescados e assim evitar problemas à saúde ao consumi-los.

“Se o peixe for fresco, ele deve estar coberto com gelo, de guelras avermelhadas, olhos brilhantes e salientes e possuir uma carne firme. Se o peixe for congelado, também deve possuir uma carne com textura firme e não ter sinais de descongelamento”, disse a gerente da vigilância sanitária.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Ascom

Para oferecer um atendimento cada vez mais acolhedor e de qualidade, membros do Grupo de Trabalho em Humanização (GTH) e convidados participaram da oficina sobre a Política Nacional de Humanização (PNH), no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O encontro aconteceu no auditório do hospital, na manhã desta terça (12/04).

A oficina foi ministrada pela professora da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Lucia Vilarinho e Scarlet Barros, mestranda em Políticas Públicas, com o objetivo de fortalecer as práticas de atenção e gestão, qualificando a saúde pública, abrangendo os seguintes temas: gestão humanizada, identificação da necessidade do paciente, resolutividade, integralidade, direitos dos usuários SUS e solução de conflitos de forma produtiva.

“Convidamos representantes de todas as áreas: assistenciais, atendimento e administrativos, desde os gestores até os auxiliares lá na ponta. É preciso oferecer o atendimento com a maior qualidade possível, não apenas na prestação do serviço, mas principalmente no respeito aos direitos dos pacientes, na empatia e solidariedade”, reforça Osfrany Martins, assistente social e membro do GTH.

Para Fábio Marcos, diretor geral do HUT, a proposta é melhorar a relação entre pacientes, familiares e profissionais com acolhimento do paciente desde a entrada na unidade até a saída. “O tratamento apresenta resultados bem melhores quando há essa preocupação”, afirmou.

Criado em 2021, o Grupo de Trabalho em Humanização do HUT segue as diretrizes estabelecidas pela Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde. Atualmente, o grupo é composto por 22 colaboradores, entre gestores, ouvidor, assistentes sociais e servidores assistenciais e administrativos.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-De janeiro a abril deste ano o Piauí registrou 1780 casos de dengue. Destes, 279 pessoas foram contaminadas com o vírus da chikungunya. Os dados apontam um crescimento de 489,3 % dos casos de dengue no mesmo período do ano passado. Em Teresina foi registrado também duas mortes provocadas pela dengue. Os números de Chikungunya também aumentaram em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados são do boletim da 13ª semana epidemiológica de 2022.

 Os cinco municípios com maior incidência a cada 100 mil habitantes são Curimatá, São Pedro do Piauí, Antônio Almeida, Santa Filomena e Novo Santo Antônio. Já entre as cinco cidades com os maiores números de casos de dengue estão Teresina com 424 casos, Campo Maior 227 casos, São Pedro do Piauí com 197, Curimatá com 166 e Piracuruca com 107. Com relação a Chikungunya as cidades com maior incidência para 100 mil habitantes são São Pedro oeiras, São Julião, Curralinhos, Alagoinhas do Piauí e Simplício Mendes.

Atentos ao aumento exorbitante dos casos a venda de repelentes quase que triplicou. A procura pela loção protetora está desde o fim do mês de março.

Usar o protetor na pele é uma das melhores maneiras de combater a picada do mosquito, mas para a proteção ser efetiva é preciso que a aplicação seja feita de maneira correta.

Com o aumento do número de casos o governo do estado também está elaborando e executando um plano de contingência para tentar frear o aumento do número de casos das doenças. O secretário de saúde faz um pedido para que a população também tome cuidado.

“E além do uso do repelente não deixe água parada em casa. Nesse período chuvoso, nós temos um aumento, na procura desses produtos. E esse ano a demanda não está suprindo a realidade da procura porque nós temos uma epidemia generalizada de dengue na capital e no interior e com alguns sintomas atípicos, disse.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-O metrô de Teresina teve problema por volta de 07h00 logo na primeira viagem. No primeiro percurso já realizado pelo trem, houve um problema.

A companhia metropolitana de transporte público já adiantou certamente o problema se deve pelo sensor do transporte que ao identificar alterações nos trilhos praticamente trava, com isso a equipe foi até o local e fez toda uma análise. A situação já está resolvida muita gente já está sabendo que o trem voltou a funcionar, é o caso aqui do seu Ivo Santos

“Foi assustador porque a nossa cidade está sem transporte e esse metrô ele é muito bom pra quem mora no Dirceu. Eu queria que fosse à cidade toda”, disse.

O VLT é uma das opções para população, já são 22 dias de greve nos ônibus e com a paralisação do trem o transtorno ficou ainda maior para os usurários do transporte público de Teresina.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar
Próximo triênio · 08/04/2022 - 19h23 | Última atualização em 08/04/2022 - 19h57

Novo presidente do Tribunal de Justiça Eleitoral do Piauí toma posse em solenidade


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-O desembargador Ivan Lopes tomou posse nesta sexta-feira (08/04) como presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí.

A solenidade ocorreu na nova sede do Tribunal de Justiça do estado localizada no bairro São Raimundo Zona Sudeste de Teresina. Erivan Lopes substitui o desembargador José Janes Gomes Pereira que deixou o cargo na última quarta-feira (06/08) encerrando a administração a frente da Justiça Eleitoral piauiense.

Erivan, José da Silva Lopes, é piauiense, nascido em Santo Antônio de Lisboa, hoje tem 54 anos, graduado em direito pela Universidade de Fortaleza, a Unifor e ocupa o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça desde o ano de 2009. Terá a missão de conduzir os trabalhos da Justiça Eleitoral do Piauí nas eleições estaduais de 2022.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-A justiça decretou nesta sexta-feira (08/04) a ilegalidade da greve dos profissionais do magistério da rede municipal de ensino de Teresina.

Depois de 61 dias o Tribunal de Justiça do Piauí decretou ilegalidade da greve dos professores da educação da rede municipal em Teresina. Os professores reivindicam o pagamento do piso nacional do magistério de 33,23%, enquanto a prefeitura aprovou o aumento de 16%.

Os professores fizeram atos e manifestações a fim de pressionar o governo municipal e vereadores.

“A categoria está resistente. Os profissionais da educação só estão em greve porque não teve esse repasse. E então enquanto esta lei não for cumprida de 33,23% nós não voltaremos à sala de aula”, disse.

Hoje pela manhã depois da decisão da justiça eles realizaram a assembleia na Praça da Bandeira, Centro da capital piauiense e as informações são de que a greve continua, mesmo com a decisão judicial que prevê multa de até R$ 10 mil por dia.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Band Piauí-A SAAD Centro notificou  proprietários de terrenos no Centro de Teresina por foco e risco de proliferação do mosquito da dengue. De acordo com a fiscalização um total de 98 notificações ocorreu somente nesse mês de abril.

“Recentemente o prefeito doutor Pessoa nos pediu que agente fizesse um mutirão de fiscalização. E assim a gente identificou 277 terrenos baldios e casas abandonadas que foram notificados, sendo esses 98 só em abril. A intenção é em parceria com a Fundação Municipal de Saúde combater os focos de mosquito da dengue”, disse o Superintendente da SAAD Centro.

 Após ser notificado o dono do terreno tem 30 dias pra fazer a limpeza senão ele é autuado e multado.

“Mas não podemos esquecer que a intenção da prefeitura de Teresina não é multar a intenção é que eles façam a limpeza e assim ajude com a saúde pública da capital”, disse.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar
Equivale a 56% do salário · 07/04/2022 - 19h49

Valor da cesta básica subiu mais de 40% no Piauí em três anos


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Band Piauí-Tem sido cada vez mais difícil para o piauiense. Só nos últimos três anos o preço da cesta básica subiu mais de 40% e já compromete mais da metade da renda de quem vive de um salário mínimo.

Com inflação alta o custo da cesta básica subiu 48,3% em três anos. O grupo de alimentos essenciais para os brasileiros formados, por exemplo, pelo arroz, feijão, café e açúcar passou de R$ 480,00 em fevereiro de 2019 para mais de R$ 700,00no mesmo  mês de2022, custo esse que pesa no bolso do consumidor.

“Está horrível, não pode mais comprar nada daquela coisa que a gente comprava de um quilo e agora tem que comprar a metade. São insuportáveis esses preços”, disse a consumidora.

A alta é o dobro da inflação acumulada no período, de 21,5% de acordo com o índice nacional de preços ao consumidor amplo. Com isso segundo o economista Valmir Falcão os trabalhadores que ganham o salário mínimo comprometem mais da metade de seu rendimento mensal com a ida ao supermercado.

“O setor de alimentos hoje está pesando muito no bolso do trabalhador brasileiro. O que chega a comprometer quase 56% do salário mínimo. Então é preciso que o consumidor busque determinadas alternativas para não sacrificar o seu orçamento mais do que já é sacrificado”, comenta o economista Valmir Falcão.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Municipal de Teresina por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF) iniciou o curso de “Panificação”, que está sendo realizado na U.E Antônio Almeida, no bairro Parque Piauí, na zona Sul de Teresina, com duas turmas no turno tarde, no horário de 14h00 ás 17h00, com carga horaria de 80h00. Esse curso faz parte do projeto “Capacitando para novas oportunidades” em parceria com o Instituto de Gestão e Desenvolvimento (IGDS).

No curso de “Panificação” os alunos estão aprendendo métodos de panificação, tipos de massas, ingredientes utilizados na fabricação de massas, e também as técnicas de armazenamento, embalagem e conservação. Esse curso foi elaborado especialmente para as pessoas que desejam conseguir uma vaga no mercado de trabalho, aprender uma nova profissão e aprimorar os seus conhecimentos. O profissional egresso no curso será habilitado para executar suas atividades em padarias, confeitarias, em empresas na área de produção de alimentos e também abrir seu próprio negócio.

“É uma determinação do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, que a FWF capacite toda a população, e esse curso tem o objetivo de formar profissionais para atuar no mercado de panificação e também em outros ramos alimentícios, já que é um mercado amplo Teresina”, pontua Maykon Silva, presidente da Fundação Wall Ferraz.

    Ascom

Essa parceria tem como objetivo levar qualificação profissional gratuita para toda a população de Teresina. Os alunos recebem material didático básico gratuito e acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocar em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho. Esse projeto conta com recursos de emenda parlamentar do vereador Edilberto Borges (Dudu).

 

PostMídia (99) 8175-5041


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar