Vence no primeiro turno -

Última pesquisa Amostragem traz vitória de Rafael no 1º turno com 50,66% contra 43,53% de Silvio

O Instituto Amostragem divulgou nova pesquisa para o Governo do Piauí nesta sexta-feira (30/09), a dois dias das eleições 2022. O candidato Rafael Fonteles (PT) ampliou a vantagem na disputa pelo Palácio de Karnak na pesquisa de intenção de voto estimulada, considerando somente os votos válidos, ou seja, quando se exclui os brancos, nulos e indecisos.

Os dados apontam que Rafael Fonteles mantém a liderança com 50,66%, avançando 0,38% em comparação ao levantamento realizado de 19 a 23 de setembro; o cenário indica para uma possibilidade de vitória em primeiro turno para o petista.

Silvio Mendes (União Brasil) vem na sequência com 43,53% das intenções de votos válidos, caindo 0,68% no comparativo com a pesquisa anterior, mas dentro da margem de erro da amostra, que é de 2,19 pontos percentuais para mais ou para menos. O indicativo aponta um cenário de estabilidade para o candidato.

A diferença entre Rafael Fonteles (PT) e Silvio Mendes (UB) cresceu de 6,07 pontos percentuais para 7,13 pontos percentuais.

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 a 29 de setembro, com 2 mil eleitores em 90 municípios piauienses.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considera os votos válidos para divulgar o resultado das eleições no País. A eleição é decidida no primeiro turno quando um dos candidatos recebe mais da metade dos votos válidos. Ou seja, 50% mais um.

Coronel Diego Melo (PL), que desistiu de sua candidatura, é o terceiro colocado com 1,56% dos votos válidos. Gessy Lima (PSC) aparece com 1,32% dos votos válidos.

O candidato Gustavo Henrique (Patriota) tem 0,9%; Geraldo Carvalho (PSTU) tem 0,72%; na sequência aparece Lourdes Melo (PCO), registrando 0,6%.

A candidata Madalena Nunes (PSOL) soma 0,48% dos válidos; seguida por Ravenna Castro (PMN) com 0,24%.

Na estimulada, Rafael tem 42,3% e Silvio 36,35%
Quando se consideram os brancos, nulos e indecisos, o cenário mostra o candidato petista Rafael Fonteles com 42,3% das intenções de voto estimulada, avançando 1,25% no comparativo com a pesquisa anterior. Ele é seguido pelo candidato Silvio Mendes (União Brasil), que aparece com 36,35% da intenção de voto estimulada, ou seja, quando são apresentados os nomes dos concorrentes aos entrevistados.

No comparativo com o levantamento feito entre os dias 26 a 29 de setembro, Rafael Fonteles e Silvio Mendes oscilaram dentro da margem de erro de 2,19%.

Em terceiro lugar aparece o candidato Coronel Diego Melo (PL) com 1,3%; seguido por Gessy Lima (PSC) com 1,1%.

O candidato Gustavo Henrique (Patriota) é o quinto colocado na pesquisa, alcançando 0,75% das menções; na sequência vem o professor Geraldo Carvalho, que é filiado ao PSTU, com 0,6%.

A candidata Lourdes Melo (PCO), registrou no levantamento 0,5% das intenções de voto. A pleiteante do PSOL, Madalena Nunes obteve 0,4%. Por fim, a candidata Ravenna Castro (PMN) foi mencionada por 0,2% dos entrevistados.

Os eleitores que responderam nenhum dos candidatos a governador somam 5,7%. Os indecisos são 8,85%; brancos e nulos representam 1,95%.

FICHA TÉCNICA - Pesquisa do Instituto Amostragem realizada de 26 a 29 de setembro com 2.000 entrevistas em 90 municípios do Piauí. Margem de erro de 2,19%. Registrada no TSE sob o nº PI-00870/2022.

Comentários