Veja a avaliação do prefeito · 17/12/2019 - 17h00

Credibilidade/São Miguel do Tapuio: Pompilim lidera intenção de voto para prefeito


Compartilhar Tweet 1



Pompilio Evaristo Cardoso Filho, mais conhecido como Pompilim, lidera intenção de voto para prefeito na cidade de São Miguel do Tapuio. Em levantamento estimulado realizado pelo Credibilidade, ele tem 54,67% de preferência. Está bem à frente de Miguel Vieira, segundo colocado na pesquisa, que soma 16%.

A pré-candidata Neide Alves ficou em terceiro, com 13%. Neste cenário, 15% dos entrevistados não souberam ou não quiseram opinar, e 1,33% respondeu nenhum, nulo ou branco.

Na espontânea, o nome mais lembrado foi o de Pompilim, mencionado por 39,33%. Citados ainda Miguel Vieira (13%), Neide Alves (5,33%) e Lincoln (4%). Indecisos foram 38,33%.

Confronto direto

Dois cenários de confronto direto foram simulados pelo Instituto, que seguem:

- Cenário 1

  • Pompilim - 55,33%
  • Miguel Vieira - 18,67%
  • Não sabe/Não opina - 21,67%
  • Nenhum/Nulo/Branco - 4,33%

- Cenário 2

  • Pompilim - 58,67%
  • Neide Alves - 14,33%
  • Não sabe/Não opina - 23%
  • Nenhum/Nulo/Branco - 4%

Transferência de voto

Questionados, 40,33% dos entrevistados disseram que não votariam em um candidato apoiado por Lincoln Matos. 16% respondeu que sim. Para 33%, depende do candidato. Indecisos somam 10,67%.

Maior líder político

Em questionamento espontâneo, 44% dos entrevistados apontaram Pompilim como o maior líder político de São Miguel do Tapuio, atualmente. Para 23,67%, é Lincoln Matos. Seguem Miguel Vieira (6%), Jandira (3%) e Neide Alves (1%). Os restantes 22,33% não souberam ou não quiseram opinar.

Avaliação do atual prefeito

O Credibilidade mediu a avaliação do prefeito Lincoln Matos. Foi considerada Ótima por 3%. É boa para 19,33%. Regular na opinião de 42,67%. Ruim para 28,67%, e Péssima na opinião de 5% dos entrevistados. 1,33% não souberam ou não quiseram opinar.

Dados da pesquisa

O levantamento do Credibilidade em São Miguel do Tapuio foi realizado nos dias 23 e 24 de novembro, ouvindo 300 eleitores das zonas Rural e Urbana.

Tem margem de erro de 5,6% e nível de confiança de 95%.


Comentários