Intenção de voto para prefeito · 07/11/2019 - 22h32

Credibilidade/Cocal de Telha | Karyne do Rodrigão 67%, Andrade 14% e Kilson 7%


Compartilhar Tweet 1



A vereadora Karyne do Rodrigão lidera pesquisa de intenção de voto para prefeito na cidade de Cocal de Telha. No levantamento estimulado, realizado pelo Instituto Credibilidade, a pré-candidata soma 67,12% de preferência.

Em segundo, quem a aparece é Professor Andrade, com 14,38%, seguido de Kilson Oliveira, com 7,88%. Os que não souberam ou não quiseram opinar foram 10,62%.

O instituto simulou ainda três cenários de confronto direto entre os pré-candidatos. Entre Karyne do Rodrigão e Professor Andrade, a vereadora soma 69,52% das intenções de voto, contra 15,41%. 15,07% não soube ou não quis opinar.

Na simulação de embate entre Karyne do Rodrigão e Kilson Oliveira, a vereadora também leva a melhor, ficando com 72,95%, contra 7,88% de intenção de voto. 19,18% dos entrevistados não souberam ou não quiseram opinar.

Entre Professor Andrade e Kilson Oliveira, o primeiro aparece com 43,49%, contra 11,64%. Os restante 44,86% dos entrevistados não souberam ou não quiseram opinar.

Rejeição

Os eleitores foram ainda questionados pelo Credibilidade sobre a rejeição dos pré-candidatos. 55,14% responderam que não votariam de jeito nenhum em Kilson Oliveira. 11,64% descartaram voto em Professor Andrade e apenas 5,48% disseram não votar em Karyne do Rodrigão.

27,74% não souberam ou não quiseram opinar.

Avaliação da prefeita

Os entrevistados foram consultados ainda sobre a avaliação da gestão da prefeita Ana Célia. Foi considerada regular por 40,07%. É péssima na opinião de 18,15%, ruim para 17,81%, boa para 17,12% e ótima na opinião de 6,16%. O percentual dos não souberam ou não opinaram ficou em 0,68%.

Questionados se votariam em um candidato apoiado pela atual prefeita, 14,38% responderam que sim. 31,85% disseram que não. Para 46,23%, depende do candidato. 7,53% não souberam ou não quiseram opinar.

Dados da pesquisa

O levantamento do Credibilidade foi realizado nos dias 11 e 12 de outubro, ouvindo 292 eleitores. A margem de erro é de 5,5% e o nível de confiança é de 95%.


Comentários