Compartilhar Tweet 1



Um grupo de 16 paraquedistas europeu sobrevoou o céu da cidade de Fonteiras nesta quarta-feira (22/11) e chamou a atenção da população. O esportistas alemães, franceses e suíços anualmente realizam um tour pelos estados do Pernambuco, Ceará e Piauí terminando na cidade de Oeiras.

A última vez que os mesmos pousaram em Fronteiras foi no ano de 1998. Desde então não haviam mais retornado à cidade por falta de autorização de pouso no aeroporto do município, que até então estava sob a responsabilidade da empresa Itapissuma, antiga fábrica de cimento Nassau que fechou as portas deixando centenas de pessoas desempregadas.

 


Fonte: Portal Lagoa do Rato

Compartilhar Tweet 1



Após ficar com o calçado preso em uma das escadas rolantes do Shopping Rio Poty, em Teresina, um menino de cinco anos teve o dedo mindinho do pé amputado.

O caso aconteceu por volta das 16h deste sábado (18/11) no empreendimento localizado na Zona Norte da capital e a criança ainda está internada no Hospital de Urgência de Teresina, mas passa bem.

Após o acidente, o garoto foi atendido por socorristas do shopping, mas devido a gravidade do ferimento, não houve como salvar o seu dedo.

Na hora do ocorrido, o menino estava com uma sandália Crocs, que devido a sua aderência, costumeiramente fica presa aos degraus de escadas rolantes. É comum que esses equipamentos tenham alertas sobre o cuidado com o uso do calçado e vários acidentes já foram registrados ao redor do mundo, como o caso de Teresina.

NOTA DO SHOPPING RIO POTY
Na tarde deste sábado, dia 18 de novembro, uma criança acompanhada de seus pais sofreu um acidente na escada rolante. O seu sapato, modelo Crocs, ficou enganchado ocasionando ferimento. 

Os primeiros socorros foram prestados e a direção do Shopping Rio Poty lamenta profundamente o ocorrido.

O uso da escada rolante requer bastante atenção e cuidados que são lembrados na sinalização existente em todas as escadas do shopping.


Compartilhar Tweet 1



Teresina sediou pela segunda vez o Pré-Congresso da Rede Feminina Nacional de Combate ao Câncer (RFNCC) com a presença de voluntários de alguns Estados do Brasil. Com o tema “Capacitando o Terceiro Setor para melhor servir”, a 12° edição do evento trouxe renomados palestrantes que durante três dias abordaram assuntos como captação de recursos no Terceiro Setor, legislação, gestão de pessoas, planejamento estratégico, importância das redes sociais para o voluntariado e remuneração de dirigentes.

 

De acordo com a presidente da Rede Feminina Nacional de Combate ao Câncer, Carmen Lúcia Campelo, as palestras do congresso possibilitou a capacitação de voluntários que atuam diretamente no terceiro setor, não somente das Redes Femininas Estaduais, mas também de outras instituições do nosso Estado. “Essa foi uma oportunidade ímpar para o público voltado ao terceiro setor. Tudo o que foi explanado na área jurídica, social e empresarial poderá ser aplicado no dia a dia das entidades. Os participantes foram orientadas a conseguir recursos para suas instituições, aprenderam a como se relacionar melhor e receberam uma injeção de motivação para encarar as dificuldades no trabalho e na vida”, declara a presidente.

 

No último dia do evento, a administradora Rosana Pereira apresentou diversas orientações durante sua palestra sobre emendas parlamentares e elogiou o tema do Pré-Congresso deste ano. “Esse evento foi uma surpresa para mim porque a presidente está preocupada em capacitar, não somente no que deve ser feito, mais como deve ser feito”, elogiou a palestrante que falou sobre viabilidade de captação de recursos por meio de emendas parlamentares.

 

O Pré-Congresso da RFNCC também contou com a participação de outras instituições sociais sem fins lucrativos. O superintendente da Associação Reabilitar, Walter Oliveira, reuniu uma equipe da organização social sem fins lucrativos para aprender mais sobre o voluntariado. “É de suma importância essa troca de experiências, então nós trouxemos uma equipe para aprender com quem também está fazendo o bem. Usufruímos de bons palestrantes e novidades sobre o terceiro setor, que é um setor dinâmico que precisa estar sempre atualizado”, explica.  

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Pernambuco, Maria da Paz Azevedo Silva, destacou a mobilização as voluntárias para participar de mais uma edição do Pré-Congresso. “Nós fazemos rifas, bazar, venda de lanches e uma série de ações para que possamos viajar e participar. Para nós é um pouco de férias, mas principalmente, busca por informações, daquilo que está sendo feito no Brasil de combate ao câncer e como podemos melhorar nosso trabalho”, pontuou a presidente que veio liderando um grupo de 22 voluntários do Estado de Pernambuco.

A 12° edição do Pré-Congresso da Rede Feminina Nacional de Combate ao Câncer (RFNCC) aconteceu nos dias 8,9 e 10 de novembro no Gran Hotel Arrey.

 

Polícia precisou ser chamada · 24/10/2017 - 17h33

Em protesto contra Uber, taxistas bloqueiam Aeroporto de Teresina


Compartilhar Tweet 1



Vários taxistas bloquearam o Aeroporto Senador Petrônio Portela, em Teresina, no início da tarde desta terça-feira (24/10). O motivo do bloqueio foi o protesto contra a presença de motoristas do Uber no local, da publicidade no aeroporto e as discussões que podem, ou não, regulamentar os aplicativos. 

A assessoria da Infraero informou ao 180 que realmente houve a manifestação dos taxistas, mas que ela foi rápida. Funcionários acionaram a Polícia Militar, que ao chegar ao local, dissipou o ato.

A classe foi bastante incisiva na questão de uma publicidade de Uber no aeroporto e a Infraero informou que esse é um procedimento legal, passou por licitação e que ela ficará pelo período de 90 dias.

O protesto não atrapalhou os voos do aeroporto e nenhum transtorno maior foi ocasionado.

 


Compartilhar Tweet 1



Funcionários avaliam prejuízos
Funcionários avaliam prejuízos    Foto: Jhone Sousa

24h após o incêndio que atingiu a Distribuidora Ibiapina, o quadro ainda é de incerteza. O incêndio foi controlado por volta de 19h deste domingo, 8h após o início das chamas, na manhã desta segunda, novos focos de fogo tiveram que ser apagados e muita fumaça ainda toma conta do local e atinge a região.

A estrutura dos galpões ficou claramente comprometida, mas uma perícia vai avaliar o que deve ser feito a partir de agora. Parte do teto ‘derreteu’ com as altas temperaturas e as paredes estão bastante danificadas, algumas prestes a desabar.

O Comercial Ibiapina é uma empresa de Fortaleza (CE) e a unidade de Teresina está em atividade desde 1999. Segundo funcionários, a diretoria já se reuniu para tratar dos das próximas ações.

A distribuidora estava sediada na avenida Barão de Castelo Branco há 12 anos e 65 funcionários atuavam em várias áreas. Muitos deles souberam da notícia e foram correndo para tentar de alguma forma minimizar a situação. Nesta segunda muitos deles estiveram na empresa e lamentaram as perdas.

Há informações de que um novo galpão já foi providenciado para armazenar os produtos que já estavam chegando à distribuidora através de caminhões. A empresa agora luta para se reerguer no estado após o prejuízo milionário.

 


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) designou a promotora de Justiça Flávia Gomes, coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Educação e Cidadania (Caodec), para acompanhar o caso do incêndio ocorrido nesse final de semana no Assentamento 8 de Março, localizado no Povoado Chapadinha Sul, zona Rural de Teresina.

 

Durante visita ao local, realizada nesta quinta-feira (19/10), a promotora de Justiça ouviu os moradores da região e chamou atenção para a necessidade de identificação de idosos, mulheres, crianças e de todas as famílias que residem no assentamento de acordo com as especificidades de cada um.

 

“Diante de tudo que vimos, nossa preocupação é garantir acesso à água potável, alimentação e saúde para todos, mas também devemos garantir a identificação dessas pessoas. Muitos perderam seus documentos e entendemos que a cidadania tem início, justamente, com a identificação de cada um deles como sujeitos de direitos e deveres. Vamos nos articular com outras instituições para a realização de um mutirão para que eles possam ter seus documentos novamente”, destaca Flávia Gomes.

 

Atendimentos
Uma força-tarefa está sendo realizada por diversos órgãos públicos para prestar maior assistência às famílias desabrigadas. Núbia Lopes, superintendente de Relações Sociais da Secretaria de Governo (Segov), relata que, além das ações imediatas - como a entrega de cestas básicas e de frutas e verduras - também será realizado levantamento do número exato de famílias vítimas do incêndio para que elas sejam encaminhadas aos programas sociais do Governo. “Lamentamos o ocorrido, mas sabemos que o momento é de garantir atendimento qualificado para essa população e chamar atenção de todos para os riscos das queimadas”, complementa a superintendente.

 

O acampamento
Com um modo de vida comunitário após o incêndio, os acampados se uniram ainda mais para ajudar toda a comunidade. João Luis coordenada o acampamento. Segundo ele, desde o dia 8 de março de 2016 as famílias residem na região. “A maior parte das famílias do 8 de março são oriundas do campo. Elas foram para zona urbana em busca de qualidade de vida, mas agora retornaram para a zona rural e buscam na terra a sobrevivência. Outros acampamentos estão nessa situação. Peço aos governos atenção para as famílias que estão em situação de vulnerabilidade social”, diz o acampado.

 

Ele também afirma que há um ano e oito meses foi protocolado no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) o pedido de desapropriação da terra, mas não tiveram retorno da solicitação realizada.

 

 

 


Fonte: Com informações da assessoria

Compartilhar Tweet 1



    Santana Hoje

O incêndio florestal que já queimou grande parte da zona rural de Santana do Piauí, continua incontrolado e dizimando a vegetação nativa do município. O fogo no mato, supostamente criminoso, que teve início a cerca de vinte dias, nas imediações da Serra da Baixa Verde, já transformou em cinzas regiões de mata e propriedades rurais.

Depois de se espalhar por quilômetros, as chamas já atingiram diversas comunidades rurais, ameaçaram a cede do município e deixaram famílias desabrigadas.

As consequências do gigantesco incêndio, até agora, só não foram mais graves graças a uma Força Tarefa formada pela administração municipal, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, 3º Batalhão de Engenharia de Construção e população. Por conta do combate às chamas, o incêndio já se afastou das áreas habitadas e no momento se concentra no sopé da Serra do Tanque, região de roças e pastagens conhecida como Veredas.

Além de dizimar a fauna e a flora, as chamas já devastaram áreas agrícolas e de apicultura, deixando um rastro de destruição e perdas incalculáveis para o município.

Com a aproximação do período chuvoso na região os produtores rurais já começam a recuperar as cercas que foram queimadas em suas propriedades para posterior preparo da terra de plantio.

Nos siga pelo rastro de destruição deixado por um dos maiores incêndios florestais já registrado no município de Santana do Piauí até agora.

 


Fonte: Santana Hoje

Compartilhar Tweet 1



Está sendo realizada nesta terça-feira (10), no auditório da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, uma capacitação do IEGM - Índice de Efetividade da Gestão Municipal, implantado pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE), no âmbito de todos os municípios piauienses. Na solenidade de abertura, estiveram presentes o prefeito Joel Rodrigues, presidente do TCE/PI, conselheiro Olavo Rebelo, prefeito de Rio Grande do Piauí, Maurício Martins e controlador-geral do município, Arnaldo Messias, além de secretários municipais, prefeitos e vereadores de Floriano e cidades vizinhas. 

 Realizada em municípios pólos do Piauí, a capacitação tem o objetivo de orientar e qualificar os servidores e gestores municipais, de forma a modernizar os serviços públicos, avaliando as políticas, atividades e gastos a partir de sete eixos: Educação, Saúde, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Cidades Protegidas e Governança em Tecnologia da Informação. 

De acordo com o presidente do TCE/PI, Olavo Rebelo, é uma preocupação do Tribunal de Contas estar orientando os municípios.

"O TCE não quer apenas punir, é preciso que estejamos fazendo este trabalho de orientação para que só depois possamos receber os relatórios das políticas implementadas em cada área que será medida pelo IEGM", disse.

O IEGM é uma ferramenta inovadora destinada a mensurar as políticas públicas municipais e por isso, a importância dos servidores e gestores na adequação a esse no modelo de gestão. "Agradecemos ao TCE por nos proporcionar este momento de correção de rumos para que possamos reavaliar as nossas prioridades e consolidar o nosso planejamento para uma gestão pública mais aprimorada e transparente", finalizou o gestor municipal, Joel Rodrigues.

 


Fonte: Com informações do Piauí Notícias
Para resgatar a autoestima · 28/09/2017 - 08h30

Presas por tráfico, detentas participam de concurso de beleza


Compartilhar Tweet 1



O Centro de Ressocialização Feminino de Araraquara (SP) promoveu um concurso de 'Miss Primavera' para mulheres presas por tráfico de drogas, com o intuito de resgatar a autoestima. O concurso foi bem organizado com cinco jurados e presença de empresários e instituições parceiras, que contribuíram com decorações, som, iluminação e apresentações de dança.

Contando com o apoio de empresas privadas da cidade que emprestaram os vestidos e sapatos usados pelas concorrentes, além de montagem do palco, D’J, sistema de som e luzes, a produção do evento contou com voluntárias de um instituto de beleza que maquiaram e preparam os cabelos das concorrentes gratuitamente.

A diretora que o objetivo principal do evento foi resgatar a autoestima das mulheres presas e deixar o ambiente mais leve e alegre. “Quando a mulher vai presa acaba perdendo a vontade de se cuidar, pois acredita que perdeu essa capacidade. Com o concurso, nós conseguimos mostrar que elas são capazes de fazer tudo o que quiserem e trabalhamos o empoderamento feminino. Aqui a mulher presa se revela simplesmente mulher. Durante um mês elas fizeram toda a preparação do evento. Isso agregou o grupo e deixou o ambiente bem mais leve. O principal objetivo é mostrar que elas são capazes”, afirmou Jucélia.

 


Fonte: Com informações do Jornal O Imparcial

Compartilhar Tweet 1



A Organização Não Governamental 'Mundo Colorido', da região Norte do Estado, fez a entrega dos primeiros calçados recebidos através da parceria  com o projeto 'Calçados Eficientes', comandando pelo subtenente Jhosyas. O Projeto Calçados Eficientes doa sapatos, sandálias e chinelos para quem se enquadra no perfil.

Dois moradores da cidade de Cabeceiras do Piauí, Júlio e Daniel, foram os agraciados desta primeira 'leva'.  Amandah Paz, integrante da ONG , convoca pessoas amputadas e que necessitem de apenas um pé de calçado que entre em contato com a Mundo Colorido para que possa fazer seu cadastro e também ser agraciado com a ação do Projeto Calçados Eficientes.

Moradores de Cabeceiras contemplados com o projeto
  Moradores de Cabeceiras contemplados com o projeto

“Agradecemos ao nosso pai celestial por termos conhecido o trabalho do senhor Jhosyas e o mesmo ter acatado nosso pedido para juntos fazermos essa linda campanha para beneficiar os moradores das cidades de Cabeceiras”, diz Amandah Paz.

Ela conta que inicialmente foi feito uma busca das pessoas que se enquadram no perfil, porém só vieram calçados que dessem para dois homens, mas que o projeto vai ser ampliados para atender mais pessoas.

“Pedimos que as demais pessoas que tiveram dados coletados aguardem mais um pouco. Em Barras, também está sendo feito o levantamento para intermediarmos as doações. Então, quem conhecer alguém que estiver no perfil para receber os calçados, por gentileza nos comuniquem. Você pode falar conosco através da nossa página no Facebook Mundo Colorido”, explica Amandah.

CONHEÇA O FACEBOOK DO MUNDO COLORIDO

 


Fonte: Longah
Município de Santa Filomena · 26/09/2017 - 18h12

Homem que recebeu fígado novo conhece a família de doadora no Piauí


Compartilhar Tweet 1



No último sábado (23/09) o artista plástico Adécio de Assis Gonçalves, 65 anos, visitou a família de doadora de um fígado no Piauí, na cidade de Santa Filomena. Em 2013 devido a hepatite C necessitou ir para a fila de espera de transplante. Em 2015 em tratamento em Fortaleza, no Ceará, recebeu a doação do fígado da falecida filomenense Claudenice Lopes de Sousa.

Adécio é casado é casado, tem três filhos e quatro netos. Atualmente tem uma vida saudável e pratica Windsurfe. Como forma de gratidão, viajou do recôncavo baiano, passando por Fortaleza, onde tem que retornar a cada 6 meses, até o Bairro Bela Vista, na cidade de Santa Filomena, no extremo oeste do Piauí, para conhecer e agradecer à família de Claudenice (Nice), falecida em Teresina, dia 10 de setembro de 2015, pouco antes de completar 29 anos de idade.

Por decisão da mãe de Nice, dona Josefa Maria Lopes, foram doados os órgãos (fígado,rins e coração) e tecidos (córnea e pele/lábios), permitindo assim que outras pessoas continuassem vivendo, como Adécio. “Decidi que deveria doar, pra dar vida a quem tava precisando. Primeiro eu disse que não aceitava, mas no mesmo momento Deus tocou no meu coração, e aceitei. Aí falei com o médico: eu aceito, pode doar. Eu sempre esperava que um dia alguém ia agradecer, como fez o seu Adécio”, falou, bastante emocionada.

O encontro emocionou não só Adécio como os pais da doadora, Manoel Ferreira de Sousa (Aldênio) e Josefa Maria Lopes, irmãos, filhos e outros parentes presentes. “É um momento ímpar, difícil de descrever. Eu sentia necessidade desse encontro, de estar com essa família solidária. Me sinto feliz de estar ao lado de seu Manoel, de dona Josefa, dos filhos e dos irmãos da Nice, da comunidade em geral, do Padre Isaias, do José Bonifácio, do Carlos Biah, do Erivaldo Araújo... Estou me sentindo aliviado, leve, feliz”, disse o senhor Adécio, após o encontro com os familiares de Claudenice Lopes (Nice).

“Quando vi seu Adécio, senti muita força, é como se tivesse vendo minha filha. A emoção é muito grande. Tô vendo um pedaço da minha filha, ajudou a salvar uma pessoa que tava precisando”, agradeceu o pai, senhor  Aldênio.

 


Fonte: Com informações do Blog do José Bonifácio

Compartilhar Tweet 1



Na manhã desta terça-feira (26/09) um grave acidente entre uma caminhonete Toyota Hilux e um Fiat Punto deixou quatro pessoas mortas e um ferido na BR 135, no município de Barreiras, no Oeste da Bahia. Os veículos colidiram frontalmente e um deles incendiou.

O SAMU, PRF e Corpo de Bombeiros foram acionados. O sobrevivente no acidente foi encaminhado para o Hospital de Barreiras.

"Vimos dois corpos no Punto. Devido as chamas que estavam altas não conseguimos ver se havia mais ocupantes no veículo. Há princípios seriam dois", contou um socorrista em entrevista para o Blog do Sigi Vilares. 

 


Fonte: Com informações do Blog Sigi Vilares
Dados divulgados pelo INPE · 25/09/2017 - 10h52

Piauí é um dos estados onde mais caem raios; veja a lista das cidades


Compartilhar Tweet 1



  Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

De acordo com um levantamento do Instituto de Pesquisa Espaciais (Inpe) com o Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) o Piauí ocupa a 9ª posição no ranking dos estados com maior incidência de raios.

Os dados foram obtidos pelo site da Folha e mostram que o Tocantins é campeão no número de raios, um total de 19,8 por km² durante o período de um ano.

Depois estão Acre e Amazonas, com 15,8 raios, Maranhão, com 13,3, Pará com 12,4, Rondônia com 11,4, Mato Grosso do Sul, com 11,1, Roraima com 7,9, Piauí com 7,7 e o décimo é São Paulo com 5,2 raio por ano em um km².

INCIDÊNCIA EM TERESINA
A capital do piauí tem uma densidade de descargas em 9,02 por km²/ano. No ranking de densidade nacional está na 715ª posição e no ranking de densidade estadual está em 72º lugar.

MUNICÍPIOS DO PIAUÍ
Um estudo anterior o Inpe/Elat divulgou as 10 cidades do estado com maior densidade de descargas por ano, Campo Largo do Piauí ficou em primeiro lugar, com uma incidência de 12,48 raios que caíram em um km no período de um ano. Em 2014, sete mortes foram registradas no estado, ficando em 3º lugar nacional no número de óbitos causados pelo fenômeno. Confira a seguir a lista das 10 cidade onde mais caem raios no estado:

CONFIRA DICAS PARA SE PROTEGER DOS RAIOS

 


Compartilhar Tweet 1



O Corpo de Bombeiros foi acionado neste domingo (24/09) para controlar um incêndio ocorrido em um terreno baldio no bairro Ilhotas, zona Sul de Teresina.

O terreno é cercado por condomínios e o fogo assustou os moradores.

Apesar da ação rápida dos bombeiros, as chamas se espalharam por quase todo o terreno, consumindo a vegetação seca.

Os moradores de um dos condomínios ainda usaram baldes e mangueiras para tentar apagar o fogo, que começou em num amontoado de lixo.

Mesmo após o controle das chamas, a fumaça persistia.

 


Compartilhar Tweet 1



Missa no Santuário de Santa Cruz dos Milagres
  Missa no Santuário de Santa Cruz dos Milagres Foto: reprodução

Santa Cruz dos Milagres é um município pequeno da região Centro do estado, com cerca de 3.800 habitantes, mas durante todo o ano é visitado por milhares de pessoas de diversos lugares do mundo, que buscam alcançar suas preces através da fé. A cidade que fica localizada a 180 km de Teresina e é o terceiro maior destino de fiéis do Nordeste, onde chagam a passar por ano cerca de 100 mil pessoas, atrás de Canindé e Juazeiro do Norte, ambas no Ceará.

UMA HISTÓRIA DE DOIS SÉCULOS
Segundo conta a história popular, há 200 anos um beato, também chamado de profeta, que naquele tempo andava de lugar em lugar, falando de penitência e outras devoções, encontrou com um vaqueiro local e o levou ao alto de um morro próximo, e ali, entregando a ele um cavador de madeira, mandou que abrisse um buraco na pedra bruta, que cobre quase todo o monte. Logo depois, o beato entrou na mata e voltou trazendo uma cruz de madeira feita por ele. O vaqueiro não havia cavado nada.

Santa Cruz dos Milagres
  Santa Cruz dos Milagres Foto: João Albert / Ccom

O profeta abaixou-se, traçou com o dedo um círculo na pedra, e com a mão, sacou um extrato dela, ficando aberto o buraco um tanto profundo e circular, como ainda pode ser visto ao lado da Igreja. Ali fincou a cruz e disse ao vaqueiro que, por aquele sinal, um dia aconteceriam maravilhas. Em seguida desceu o morro e já próximo ao rio São Nicolau, mostrou-lhe uma nascente de água, ou olho d’água, que o vaqueiro não conhecia, apesar de tantos anos campeando naquela região. Também falou que, por aquelas águas, até milagres haveriam de acontecer. 

Marco que representa o local da Cruz original
  Marco que representa o local da Cruz original

A história não relata ao certo se o profeta seguiu viagem ou simplesmente desapareceu. O vaqueiro voltou a sua vida normal após esse encontro, e foi esquecendo o incidente. Tempos depois, sua filha ficou doente, piorando cada vez mais, apesar das rezas, promessas e remédios caseiros.

Em meio ao desespero, o vaqueiro lembrou da cruz que ficara lá no morro. Levou a criança até lá, rezou com ela e depois, no olho d’água, deu-lhe um banho e a fez beber daquelas águas límpidas. Após isso voltou para casa com a filha completamente curada.

    Padre Valdiano e fiéis no olho d'água de Santa Cruz dos Milagres
    Padre Valdiano e fiéis no olho d'água de Santa Cruz dos Milagres

O Vaqueiro passou a contar a história a todos, da admiração e gratidão que o fato provocou, e de muitos outros “acontecimentos”. A partir daí surgiu uma devoção que já se espalhava por todo o Nordeste, acrescida cada dia por mais histórias, mais lendas e mais “casos”, atrações estas que levam milhares de pessoas a Santa Cruz dos Milagres todos os anos.

Santuário de Santa Cruz dos Milagres
  Santuário de Santa Cruz dos Milagres

MILAGRES ACONTECEM
Atualmente o santuário é cuidado pelos padres Almir Camelo, Raniery Moura e Valdiano Araújo, que em conversa com o 180graus relataram que o santuário é tido por muitos como último recurso de fé, onde as pessoas chegam desesperadas e muitas alcançam suas bênçãos. Depois retornam trazendo peças de madeira com as formas de braços, pernas, coração, cabeça, que simbolizam os milagres recebidos.

Recebemos fiéis de todos os lugares... Todos movidos pela fé na Cruz, pois é a fé que traz todos os milagres

“Recebemos fiéis de todos os lugares, alguns vem de São Paulo, Minas, Rio grande do Sul, Portugal, Suécia, Alemanha, Itália, entre outros. Todos movidos pela fé na Cruz, pois é a fé que traz todos os milagres”, declarou o padre Valdiano.

Prefeito Wilney e vaqueiros em frente a igreja Matriz
  Prefeito Wilney e vaqueiros em frente a igreja Matriz

O prefeito Wilney Moura tem buscado projetos e recursos para ampliar a estrutura do turismo, serviços ofertados e levar desenvolvimento, preservando a cultura religiosa.

Os Festejos de Santa Cruz dos Milagres iniciaram na última segunda-feira (04/09). O primeiro dia foi comemorado com a tradicional Festa do Vaqueiro, como homenagem a história local. As festividades continuarão até quinta-feira (14/09). No encerramento será realizada uma procissão pelas ruas do município, onde milhares de pessoas são aguardadas.

 


Compartilhar Tweet 1



Lídia Josefa de Jesus de 63 anos, natural de Vila Nova do Piauí procura a filha Janaína de 39 anos. Janaína foi dada para adoção ainda bebê para uma senhora natural de Fronteiras conhecida apenas por Francisca. Dona Lídia teve um único contato com a filha no ano de 1994, quando Janaína já tinha 16 anos. O encontro aconteceu no hospital de Fronteiras, na ocasião à senhora não se encontrava bem de saúde e a filha fez uma visita à mãe biológica.

Há informações que Janaina e sua mãe adotiva moravam em Fronteiras, mas atualmente  residem em Fortaleza. A mãe biológica procurou por varias vezes se informar sobre a filha através de parentes e pessoas conhecidas em Fronteiras, mas não obteve sucesso nas suas buscas, as pessoas dizem apenas que não sabem informar.

Dona Lídia é moradora da Localidade São João no município de Vila Nova do Piauí, e se encontra com problemas de saúde, já é bem idosa, ela disse que quer muito reencontrar a filha Janaina “não podia criar minha filha por falta de condições, queria revê-la e manter contato, quando ela me visitou no hospital ela falou que também gostaria de conhecer os dois irmãos, e ela também tem três sobrinhas” mencionou a idosa.

A senhora de 63 anos faz um apelo, para que se alguém souber de algo levem essa mensagem até a filha, que viu apenas uma vez aos 16 anos de idade e não teve mais notícias, “Peço que se alguém conhecer ou tiver alguma informação entre em contato e nos informe. Se for do desejo dela, quero revê-la e toda a família deseja conhece-la” falou Lídia.

Contatos

Edivan (irmão de Janaína)  (89) 9 94392814

Val (Tia de Janaína) ( 89) 9 94314751

   


Fonte: CG Notícias