Empresa não se manifestou · 23/01/2020 - 09h03 | Última atualização em 23/01/2020 - 17h01

Vídeo: usuário denuncia corte ilegal de energia pela Equatorial em Teresina


Compartilhar Tweet 1



Um usuário da Equatorial Piauí denunciou ao 180 que a distribuidora de energia tem feito cortes em dias proibidos. Em registro feito pelo usuário em um condomínio na Zona Leste de Teresina, ele mostra dois funcionários da empresa fazendo cortes numa sexta-feira, perto das 18h. Veja o vídeo:

A lei municipal nº 5323 de 21/12/2018  proíbe o corte de fornecimento de água e energia às sextas-feiras, sábados, domingos e dias de feriados, no âmbito do município de Teresina.

Apesar do consumidor falar da proibição de corte após as 16h, na lei municipal não faz menção a isso.

O usuário denunciou que a seu imóvel nem estava na lista de corte, tinha um talão em atraso, mas já havia pago um talão posterior, portanto, não sendo permitido o corte, como cita resolução da Aneel.

O homem chegou a chamara polícia no dia do vídeo, mas quando a viatura chegou ao local, os funcionários já haviam ido embora.

O registro foi feito em novembro do ano passado, mas o consumidor resolveu divulgar o caso agora, pois vai levá-lo para a justiça. Ele também denuncia que sua conta de energia triplicou de valor nos últimos meses.

Nota de Esclarecimento
A Equatorial Piauí esclarece que não executa suspensões do fornecimento de energia aos finais de semana (sábado e domingo), salvo os casos em que uma vistoria constata situações de auto religação, configuradas como procedimento irregular e que atua de forma regular, somente no horário comercial de 8h ás 18h, de segunda a sexta-feira para realização da suspensão do fornecimento de energia por inadimplência.

Sobre o débito do cliente, a distribuidora informa ainda que o cliente que após uma fatura vencida, é reavisado do vencimento da conta e após recebimento deste reaviso, tem até 15 dias para regularizar a situação, sendo essa situação possível o vencimento de uma fatura.

 


Comentários