Com salário de mais R$ 32 mil -

Vídeo: procurador do estado de Minas Gerais cospe em funcionária de cinema por causa de pipoca

Um procurador do Estado de Minas Gerais foi flagrado tentando agredindo uma funcionária de cinema em um shopping de Belo Horizonte na noite da última segunda-feira (08/07). Câmeras de segurança registraram o momento em que Bruno Resende Rabello, servidor da Advocacia-Geral do Estado (AGE-MG), cuspiu na cara da funcionária após ela se recusar a levar pipoca até a sala de cinema em que ele estava.

Foto: Reprodução

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima, de 25 anos, estava na recepção do cinema quando Bruno chegou esmurrando a porta e gritando que queria sua pipoca. A funcionária o informou que os produtos da sessão do procurador deveriam ser retirados e reabastecidos fora da sala, conforme as regras do cinema.

Inconformado, Bruno começou a filmar a funcionária e a ofender, dizendo que ela era "obrigada a fazer o que ele mandava". A vítima respondeu que não autorizava a filmagem e, em seguida, foi cuspida no rosto pelo procurador. Ele ainda tentou agredi-la fisicamente, mas foi contido por outros clientes.

O gerente do cinema acionou a polícia, mas Bruno Rabello já havia fugido do local. A polícia conseguiu identificá-lo através do CPF registrado na nota de compra da pipoca.

Em nota oficial, a rede Cinemark repudiou o ocorrido e informou que está prestando todo o apoio à funcionária. A empresa também disse que está colaborando com as investigações e cedeu as imagens das câmeras de segurança para a polícia.

Confira imagens da câmera de segurança:

A administração do shopping onde o cinema está localizado também se manifestou, informando que acompanhou o caso e prestou o apoio necessário à funcionária.

A AGE-MG, por sua vez, declarou que "não compactua com eventuais desvios de conduta de seus membros, ainda que fora do exercício de suas funções", mas ressaltou o direito ao contraditório e à ampla defesa.

Bruno Resende Rabello atua na Procuradoria de Direitos Difusos, Obrigações e Patrimônio do Estado de Minas Gerais e recebe um salário bruto mensal de mais de R$ 32 mil.

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco