Imagens fortes! · 07/01/2020 - 08h43

Vídeo: Polícia indicia babá por dopar gêmeos de 3 anos


Compartilhar Tweet 1



    REPRODUÇÃO

A Polícia Civil de Canoas, no Rio Grande do Sul, concluiu o inquérito e indiciou nesta segunda-feira (06/01/2019) uma babá de 39 anos acusada de dopar dois irmãos gêmeos, de 3 anos e 11 meses. A mulher, técnica em enfermagem, responderá, caso vire ré, pelos crimes de lesão corporal grave, omissão de socorro e furto de medicamentos. As informações são do Metrópoles.

O episódio ocorreu na noite de 8 de novembro de 2019, quando a técnica em enfermagem substituía a filha, de 21 anos, babá oficial dos meninos, em um dia no qual a jovem precisou faltar ao serviço.

Imagens de câmeras de segurança do condomínio onde a família mora flagram os pequenos desequilibrados, tropeçando, desabando no chão ao tentarem andar e até batendo com a cabeça em brinquedos e em uma cerca de uma pracinha. O vídeo do condomínio dura cerca de 22 minutos – e a babá passa a maior parte do registro sentada, sem socorrer as crianças.

Quando a mãe dos meninos, uma advogada, chegou, se assustou com o estado das crianças, tentou reanimá-los com um banho, mas, sem conseguir reação, correu a um hospital. Segundo a reportagem de GaúchaZH, os gêmeos ficaram três dias internados, com risco de morrer. Hoje estão em casa, sem sequelas, mas sob acompanhamento.

Um laudo do Centro de Informação Toxicológica da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul constatou, no sangue dos meninos, intoxicação por benzodiazepínicos — substância usada como calmante para diminuir a ansiedade.

Em depoimento à polícia, a babá negou ter dopado os garotos, alegando que eles teriam encontrado o remédio na bolsa dela e ingerido. Ela admitiu, contudo, ter furtado as doses da clínica em que trabalhava, que atende dependentes químicos em Canoas. No local, a suspeita tinha acesso aos remédios, e era responsável pela separação e distribuição deles, conforme a polícia.


Comentários