Cidade se originou do rio · 11/07/2020 - 11h19 | Última atualização em 11/07/2020 - 12h05

Três meses após a última cheia, lixo e esgoto já se acumula no Rio Piauí em São João do Piauí


Compartilhar Tweet 1



Três meses depois da última cheia, onde o nível da água chegou a subir mais de 4 metros, é possível ver uma grande quantidade de lixo poluindo o Rio Piauí, forte odor e degradação da natureza. A imagem é comum, pois a cena se repete há mais de 3 anos após as cheias. As informações são do Portal Sanjoanense.

Em uma breve caminhada pelo o trecho do rio, partindo do Beco da Ingazeira, a altura do Ginásio Poliesportivo da Avenida Henrique Coelho, até o Beco do Bugio na cidade de São João, é possível sentir o forte odor dos esgotos que não param de cair no rio, além do lixo lançando em suas margens e leito.

A tristeza fica mais forte ao lembrar que o Rio Piauí foi responsável por hoje existir a cidade, quando foi ponto determinante na criação da Fazenda Malhada do Jenipapo e que desde 1906 é a cidade de São João do Piauí.

Um rio que foi fonte de água para o consumo da população no primórdio da urbanização e por muito tempo foi ponto de lazer e hoje encontra-se moribundo, mas com visíveis chances de recuperação.

Com o Rio Piauí recuperado, proporcionaria muitas opções de fonte de renda como atração turística, na irrigação, na criação de peixes e outros.

 


Comentários