Atendimento de 30 idosos · 17/09/2019 - 17h22

Teresina ganhará primeiro Centro Dia para Idosos em dezembro


Compartilhar Tweet 1



A cidade de Teresina deve ganhar o primeiro Centro Dia para Idosos do Brasil em dezembro deste ano. O serviço será oferecido pela Prefeitura de Teresina através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) e funcionará no bairro Parque Alvorada, zona Norte da capital.

O Centro Dia terá capacidade de atendimento para 30 idosos que possuem algum grau de dependência ou que tiveram suas limitações agravadas por violações de direitos, tais como isolamento, confinamento, falta de cuidados adequados por parte do cuidador, a desvalorização da potencialidade da pessoa, entre outras circunstâncias que agravam a dependência e comprometem o desenvolvimento da autonomia.

De acordo com o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira, o serviço tem como finalidade acolher as pessoas da terceira idade, promovendo a autonomia, a inclusão social e o fortalecimento dos vínculos familiares.

"É um avanço da Prefeitura de Teresina na valorização e no fortalecimento das políticas públicas para a pessoa idosa. Nosso finalidade é que a população possa envelhecer com qualidade de vida", afirma Samuel Silveira, reforçando que somente neste ano foram inaugurados dois Centros de Convivência para a Pessoa Idosa, um na zona Sul e outro na Leste da capital.

O Centro Dia para Idosos funcionará de segunda a sexta das 8h às 18h na rua Pedro Brito, nº 1545, Parque Alvorada. O serviço é gratuito e poderá ser acessado pela população através da demanda espontânea da comunidade, encaminhamento pelos demais serviços socioassistenciais ou por órgãos do Sistema de Garantia de Direitos.

Centro Dia

O Centro Dia é um serviço social previsto na Política Nacional do Idoso que atende pessoas com 60 anos que necessitam de cuidados durante o dia e que à noite voltam para suas casas, mantendo assim os vínculos sociais e familiares. Trata-se de uma estratégia de garantia dos direitos dos idosos.


Fonte: AsCom

Comentários