Cerca de 50 embaixadas presentes -

Teresina; Delegados do G20 chegam a consenso sobre bases da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza

Durante o terceiro encontro da Força-Tarefa de Combate à Fome e à Pobreza na cidade de Teresina, no estado brasileiro do Piauí, delegados do G20 conseguiram um avanço significativo ao alcançar um consenso sobre as bases da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza. Os documentos fundadores da proposta, elaborados pela presidência brasileira, foram fechados por consenso entre as cerca de 50 delegações presentes, estabelecendo os termos de referência, marcos de governança e declarações de compromisso.

O ministro Wellington Dias, do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), expressou confiança de que o mundo terá a Aliança Global contra a Fome e a Pobreza a partir de novembro, ao término da presidência brasileira do G20. Essa afirmação reflete a convergência alcançada entre os países membros, que agora aguardam a análise financeira por parte dos técnicos e autoridades da Trilha de Finanças.

Foto: Reprodução/ G20 ( Crédito:Roberta Aline/MDS).
Delegações internacionais do G20 chegam a consenso sobre as bases para criação da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza.

Nosipho Nausca, representante permanente junto à FAO, elogiou o papel do Brasil na conceituação e implementação do programa de combate à fome e à pobreza, destacando a inspiração que isso tem gerado em outros países, como a África do Sul, que sucederá o Brasil na presidência do G20 em dezembro deste ano.

A criação de uma plataforma digital online permitirá que os países interessados em aderir à Aliança possam apresentar programas e experiências bem-sucedidas para avaliação. Essa iniciativa visa a facilitar a cooperação entre países desenvolvidos, em desenvolvimento e os mais pobres na erradicação da fome e da pobreza, incluindo acesso a recursos, empréstimos a juros baixos, transferência de tecnologia e capacitação técnica.

O governador do estado do Piauí, Rafael Fonteles, ressaltou a importância de incluir questões sociais nas discussões do G20, historicamente focadas em geopolítica e finanças.

Foto: Reprodução/ Crédito: Audiovisual G20 A sul-africana Nosipho Nausca, representante permanente junto à Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), reforçou a importância do apoio das delegações em relação à Aliança Global contra a Fome e a Pobreza.
A sul-africana Nosipho Nausca, representante permanente junto à Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), reforçou a importância do apoio das delegações em relação à Aliança Global contra a Fome e a Pobreza.

Fonte: Reprodução/G20

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco