Grande quantidade de veículos · 02/11/2019 - 10h37

Sinpolpi teme risco de incêndio em delegacia, motos apreendidas estariam vazando combustível


Compartilhar Tweet 1



As condições de trabalho dos policiais civis no atual prédio da Delegacia Regional de Polícia Civil de Picos,, no bairro Canto da Várzea, foram novamente questionadas pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Piauí (Sinpolpi). Com informações do Grande Picos

Segundo o diretor do sindicato, Joel Joaquim, entre os principais riscos detectados está a ameaça de incêndio. De acordo com ele, devido à grande quantidade de veículos, existe resíduo de gasolina, e tem possibilidade de ocorrer um incêndio.

“Isso é uma tragédia anunciada, muitos veículos motos e carros tanto na fachada da delegacia como no corredor atrás abarretados de motos com resido de combustível, e ainda tem uma quadra atrás”, disse o diretor. 

O sindicalista conta que as motos apreendidas em operações estão sendo armazenadas na parte de trás da delegacia, todas mutuadas. Ele conta que a preocupação da entidade não é somente com os policias, segundo Joel, a parte de trás da delegacia da acesso aos fundos da quadra de uma instituição de ensino.

“ No fundo de uma escola, e uma quadra de esporte pregada na parede e uma bomba tônica armada que essas motos cheias de combustível, e material inflamável”, disse.

Ainda segundo Joel Joaquim dos Santos, os policiais vêm sofrendo com a falta de condições dignas de trabalho pois falta pessoal, viaturas e condições nas instalações do prédio. “ O banheiro só funciona um, policias reduzidos e o pessoal aqui adoecendo, a situação aqui e precária”.

 


Comentários