Com a presença do governador · 26/10/2021 - 15h45

Seplan inaugura prédio anexo nesta quarta-feira (27/10)


Compartilhar Tweet 1



A secretaria de Estado do Planejamento vai inaugurar prédio anexo que abrigará a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (Cepro), a Superintendência de Gestão de Projetos (Suepro) e outros setores, além do auditório. O evento será realizado nesta quarta-feira (27), às 9h, com a presença do governador Wellington Dias.

Na ocasião, serão homenageados o ex-secretário do Planejamento, Antônio Neto, e o ex-presidente da Fundação Cepro, Antônio José Medeiros, que iniciaram o processo para reforma e construção no novo edifício.

Ainda durante o evento será assinado um Acordo de Cooperação Técnica entre o Governo do Estado e o Instituto Floravida para a execução do Projeto Jaborandi, com o objetivo de desenvolver, fortalecer e regularizar a cadeia de valor de coleta de folhas do jaborandi no Piauí, especificamente nos Territórios dos Cocais e Entre Rios, trazendo benefícios às comunidades envolvidas e promovendo ações de preservação e educação ambiental.

O projeto prevê elaboração de diagnóstico, execução de planos de manejo, capacitações para práticas sustentáveis de coleta das folhas, visando reduzir o impacto ambiental da atividade. O jaborandi tem propriedades medicinais, destacando-se a substância chamada pilocarpina, usada na produção de colírios para tratamento do glaucoma.

Segundo a secretária do Planejamento, Rejane Tavares, o acordo de cooperação não envolve recursos, mas sim conhecimentos e técnicas em torno da preservação e da exploração do jaborandi, organização dos folheiros e será desenvolvido em parceria com as secretarias do Planejamento, do Meio Ambiente, da Agricultura Familiar, de Assistência Social e com o Instituto Emater.

“O projeto proporcionará geração de renda e organização de comunidades com folheiros nos dois territórios. O processo estimulará a formação de associações e cooperativas e a implementação de sistema agroflorestal, de modo a aumentar a produção e melhorar a renda. A empresa estabelecerá uma relação direta com os folheiros, aumentando o valor do preço da folha e, consequentemente, a renda das famílias envolvidas”, concluiu Rejane Tavares.


Fonte: Governo do Piauí

Comentários