Trabalho de conscientização · 18/11/2021 - 16h08

SEMDUH realiza mutirão no Mário Covas e pede ajuda da população para manter local limpo


Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), está realizando um mutirão de limpeza em pontos críticos do bairro Mário Covas, zona sul da capital. Moradores do local estavam preocupados com o acúmulo de lixo em vários pontos críticos. Para evitar que o problema volte a acontecer, as equipes de conscientização também estão no local conversando com a população.

“Três equipes de conscientização ambiental estão no Mário Covas, batendo de porta em porta, conversando com os moradores para explicar os prejuízos causados pelo acúmulo de lixo em local proibido e pedir que os resíduos sejam colocados em local apropriado”, explica o coordenador de Limpeza Pública da SEMDUH, Fabrício Amaral.

Além da conscientização, as equipes estão realizando a capina e a limpeza. Caminhões de transbordo estão retirando o material acumulado na área e será instalada uma placa indicando que é proibido jogar lixo.

“Nossas equipes já fazem a limpeza do local frequentemente, mas existem, no Mário Covas, vários pontos críticos de descarte irregular, que nós limpamos, mas logo em seguida a população volta a sujar. Com essa ação, estamos pedindo que a população colabore. Nós, da Prefeitura, estamos fazendo nossa parte, mas é preciso que cada um faça sua parte também”, enfatiza o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira.

As ações de conscientização de porta em porta foram iniciadas em setembro. A ação no Mário Covas é a nona, e a terceira da zona sul. “Essa é uma das medidas que estamos adotando para combater o descarte irregular de lixo, para reduzir os gastos da Prefeitura com a limpeza desses pontos, evitar a proliferação de insetos, de roedores e de doenças. É uma questão de saúde pública e de cidadania”, frisa o secretário.

Os gastos da Prefeitura de Teresina com a limpeza de lixo colocado em local proibido já chegam a quase R$ 500 mil por mês. “Esse valor poderia ser melhor empregado na saúde, na educação, em infraestrutura… Mas, infelizmente, estamos gastando com limpeza de pontos que deveriam ser mantidos limpos”, lamenta Edmilson.

Locais onde já foram realizadas ações de conscientização:

– Bairro Beira Rio, zona sudeste (29 e 30 de setembro)

Resultado: constatada redução significativa do descarte de resíduos no local

– Bairros Alto Alegre e Vila São Francisco (7 e 8 de outubro), zona norte

Resultado: constatada redução do descarte de lixo somente em alguns pontos da via

– Bairro Promorar (de 13 a 15 de outubro, com plantio de árvores no local), zona sul

Resultado: o descarte irregular de lixo foi zerado no local.

– Bairros Horto, Morada do Sol e Santa Isabel, zona leste (de 20 a 22 de outubro)

Resultado: constatada redução significativa do descarte de resíduos no local

– São Joaquim, Matadouro e Pirajá (de 27 a 29 de outubro), zona norte

Resultado: local continuou sendo alvo do descarte irregular de lixo, especialmente doméstico, apesar da ação da equipe de educação ambiental.

– Avenida Ulisses Guimarães (dia 3 de novembro), zona sul

Resultado: o descarte irregular de lixo foi zerado no local, o que é fundamental para evitar alagamentos no local.

– Bairro Nova Brasília (10 de novembro), zona norte

Resultado: Resultado: constatada redução significativa do descarte de resíduos no local

– Bairro Parque Alvorada, zona norte (11 de novembro)

Resultado: local continuou sendo alvo do descarte irregular de lixo, especialmente doméstico e podas de árvores, apesar da ação da equipe de educação ambiental.


Fonte: Prefeitura de Teresina

Comentários