109 cidades já possuem esse serviço -

Sasc auxilia na criação de Conselhos Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa

A Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc) criou o Programa Estadual de Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa.  O documento tem como objetivo criar mecanismos para o enfrentamento da violência contra a pessoa idosa por meio de ações, defesa de direitos, campanhas educativas, formativas e multissetoriais. Dentre as metas do programa consta realizar visitas técnicas a 100 municípios para sensibilização, implantação e implementação do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI). Com a assessoria da Sasc, já foram criados 27 conselhos municipais, totalizando 109 municípios com esse serviço.

Foto: DivulgaçãoSasc auxilia na criação de Conselhos Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa
Sasc auxilia na criação de Conselhos Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa

Uma equipe técnica da Sasc visitou os municípios de Pedro II, Lagoa de São Francisco, Parnaíba, Angical, Amarante,  Nazaré do Piauí, Demerval Lobão, Floriano,  Lagoa do Piauí, Barro Duro, Picos, Lagoinha do Piauí, Elesbão Veloso, São Pedro do Piauí, Agricolândia, Brasileira, Capitão de Campos, Ilha Grande, Luís Correia, Buriti dos Lopes, Altos, Campo Maior, Cocal de Telhas, Piripiri, Parnaíba, Cajueiro da Praia, Novo Santo Antônio, Buriti dos Montes, Boa Hora, Cabeceiras, Miguel Leão, São Gonçalo, São Pedro do Piauí, Amarante, Jardim do Mulato, Francisco Aires, Lagoa do Piauí, Campo Largo, Nossa Senhora dos Remédios, Joca Marques, Madeiro, Esperantina, Joaquim Pires, São João da Fronteira, São João do Arraial, São José do Divino, Morro do Chapéu, Dom Expedito Lopes, Paquetá, São José do Piauí, São João da Canabrava, Vera Mendes e Sussuapara.

Segundo a diretora de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa da Sasc, Maria da Cruz Oliveira Sousa, nessas cidades, a equipe se reúne com os técnicos do Cras para tratar da importância do funcionamento do Conselho e sensibilizar a gestão para a implantação do CMDPI, visando maior proteção à população idosa da cidade.  “Também entregamos o Manual de Direitos da Pessoa Idosa e a Cartilha de Orientação para Implementação e Implantação dos Conselhos Municipais de Direitos da Pessoa Idosa,  produzido pela Superintendência da Pessoa Idosa”, declara Maria da Cruz.

“A Sasc também tem realizado Encontros Estaduais nos Territórios de Desenvolvimento. O primeiro foi no Território da Planície Litorânea e o próximo será no Território Vale do Sambito, dia 26 de junho, no município de Aroazes. O objetivo é incentivar a sociedade e atores municipais para implantação de políticas municipais voltadas à pessoa idosa”, explica a superintendente da Pessoa Idosa,  Gilvana Gayoso.

Fonte: Governo do Piauí

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco