Inquérito foi instaurado · 11/06/2019 - 16h54 | Última atualização em 11/06/2019 - 21h02

Prefeitura é investigada após denúncia de irregularidades na Secretaria de Educação


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Piauí, através da Promotoria de Justiça da cidade de São João do Piauí, instaurou inquérito civil público para apurar uma série de irregularidades praticadas pela prefeitura do município de Campo Alegre do Fidalgo.

O MP-PI levou em consideração uma representação formulada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Campo Alegre do Fidalgo, em que noticia as seguintes irregularidades:

  • Utilização de servidores concursados como auxiliar de serviços gerais para exercer magistério na Unidade Escolar Umbelino Manoel Rodrigues e
  • Unidade Escolar Jerônimo de França,  o que caracterizaria desvio de função de servidores;
  • Contratação de pessoal sem concurso público ou processo seletivo, incluindo a   sobrinha do prefeito;
  • Redução de salários com a retirada de segundo turno de professores efetivos;
  • Aumento ilegal de carga horária de outros professores.
Prefeito Israel da Mata
Prefeito Israel da Mata 

O promotor Jorge Luiz da Costa Pessoa determinou a instauração de inquérito civil para investigar e apurar a conduta do prefeito  Israel da Mata e do secretário de Educação Antônio Mariano da Mata.

 


Comentários