Servidor do Itamaraty · 28/06/2022 - 10h04 | Última atualização em 28/06/2022 - 10h12

Piauiense que trabalhava na Embaixada do Brasil na África morre aos 67 anos


Compartilhar Tweet 1



O piauiense Raimundo Nonato dos Santos, natural de Piripiri, no Norte do Piauí, morreu em Conotu, em Benin, na África. Ele era servidor concursado do Itamaraty e tinha 67 anos. 

Segundo o Sindiitamaraty, Raimundo estava no continente africano desde dezembro, mas atuou no Ministério das Relações Exteriores há cerca de 30 anos. A direção prestou solidariedade a família enlutada.

Ele colecionava diversas missões transitórias e permanente, como como Embaixadas Brasileiras em Malabo e Bissau, ambas na África. No último posto, o servidor estava exercendo o cargo de vice-cônsul. 

Raimundo Nonato é da comunidade quilombola Sussuarana, em Piripiri, onde corpo será sepultado.

    Reprodução

 

Comentários