Procedimento preparatório · 15/10/2020 - 06h53

Piauí: prefeita é investigada por suposta acumulação de cargo público


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de São João do Piauí, instaurou procedimento preparatório para apurar possíveis irregularidades praticadas pela prefeita de Capitão Gervásio Oliveira, Gabriela Coelho (PT).

Prefeita Gabriela Coelho
Prefeita Gabriela Coelho 

O MP-PI apura  suposta acumulação de cargo público com o seu mandato eletivo de prefeita municipal, assim como o recebimento indevido de sua remuneração do seu cargo na Secretaria Estadual de Saúde, em concomitância com o seu subsídio de prefeita municipal.

O promotor Jorge Luiz da Costa Pessoa levou em consideração a denúncia sigilosa informando que a prefeita não teria de afastado do seu cargo de enfermeira na Sesapi.

Além do seu subsídio de prefeita em exercício desde 2017, Gabriela Coelho  estaria ainda recebendo sua remuneração na Sesapi, não tendo optado por uma das remunerações.

O promotor determinou uma série de diligências para apuração do caso.

Comentários