Dispensado após escândalo · 06/10/2021 - 13h55 | Última atualização em 06/10/2021 - 14h18

Padre envolvido em caso amoroso com jovem é demitido da Diocese de Campo Maior


Compartilhar Tweet 1



O padre Alcindo Saraiva Martins, que no ano passado foi afastado da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, na região de Campo Maior, foi demitido oficialmente do Estado Celestial e dispensado do Celibato pelo bispo diocesano Dom Francisco de Assis, durante manhã dessa terça-feira (05/10). As informações são do Portal de Campo Maior.

Ato administrativo foi feito na presença de dois padres consultores diocesanos, que assinaram o decreto juntamente com o bispo Dom Francisco.

Padre Alcindo ocupava posição de destaque na Diocese de Campo Maior. Ele, antes de ser afastado, acumulava o cargo de pároco e também o de padre chanceler da Diocese de Campo Maior.

Entenda o caso

Em julho de 2020, Dom Francisco de Assis, bispo diocesano, conversou com a jovem, que alegava ter mantido um relacionamento com o sacerdote. Em uma conversa com o bispo, o padre Alcindo não negou o envolvimento com a jovem.

No dia 12 de agosto de 2020, o bispo diocesano determinou por meio de decreto a suspensão das funções do sacerdote como pároco da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, ficando ele proibido do uso de ordens em todo o território diocesano.

Em novo decreto publicado no dia 18 de setembro, Dom Francisco decidiu pela permanência de sua desvinculação de qualquer atividade pastoral e assessorias local ou regional, ficando ele ainda proibido de assistir ou ministrar sacramentos, participar de lives nas redes sociais, e a permanecer em silêncio público sobre o fato, bem como assumir a inteira culpa pelo desgaste a Igreja e às pessoas de boa fé.

Comentários