Foram investidos R$ 15 milhões · 22/10/2021 - 16h53

Obras de esgotamento avançam e novo trecho será interditado na avenida Centenário


Compartilhar Tweet 1



Com as obras de esgotamento sanitário avançando pela cidade, a concessionária Águas de Teresina vem fazendo um planejamento para causar o menor impacto possível na mobilidade urbana. Algumas etapas necessitam da interdição de vias para viabilizar o trabalho de implantação das novas redes de coleta de esgoto. Na próxima segunda-feira (25/10), mais um trecho da avenida Centenário será interditado devido às obras. Portanto, a concessionária tem feito a comunicação prévia no sentido de orientar quem circula pela região.

O trecho da avenida Centenário que ficará temporariamente interditado em razão dos trabalhos será no sentido Norte-Sul, entre a rua Batalha e a rua Gonçalves Lêdo, nas proximidades do restaurante Novo Point da Picanha. Toda a área estará devidamente sinalizada.

“O bairro Aeroporto é um dos contemplados por esta fase de obras aqui na região do Lagoas do Norte e os trabalhos estão avançando. Na medida que isso acontece, há a necessidade dessas intervenções para que possamos implantar as redes. A compreensão da população é importante e reforçamos que trabalhamos para dar melhores condições sanitárias aos moradores”, diz Cassiano Costa, gerente de Engenharia da Água de Teresina.

Orientações de percurso – Neste período, o motorista que irá transitar no sentido Norte-Sul deverá seguir na avenida Centenário até a rua Batalha, onde irá fazer uma leve curva à esquerda, seguirá pela faixa contrária da avenida até a rua Gonçalves Lêdo, e fazer uma leve curva à direita para seguir o fluxo normal. Já a orientação para quem vem no sentido Sul-Norte será fazer a conversão à direita na rua Gonçalves Lêdo, e uma nova conversão à esquerda na rua Desembargador Pires de Castro ou na rua Primeiro de Maio, seguindo até a rua Batalha, onde deverá realizar uma conversão à esquerda e seguir até a avenida Centenário.

As intervenções no trânsito seguirão pelas próximas semanas. É importante frisar que os seguimentos serão sucessivos até que as obras avancem nas proximidades da Praça do Itaperu. A Águas de Teresina fará a comunicação dos novos trechos interditados e das novas rotas de desvios na medida que as obras avançarem, sempre em parceria com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS).

Até o momento, já foram investidos R$ 15 milhões na ampliação da cobertura de esgotos na capital. A Estação Elevatória de Esgoto Aeroporto está com 60% dos trabalhos executados e a Estação Elevatória de Esgoto Castelo do Piauí está com 40%. Já foram implantados 2.600 metros de rede de recalque, o que representa 60% do total a ser executado. Ao longo de todo o contrato de subconcessão, a Águas de Teresina investirá o total de R$ 1,7 bilhão. Deste montante, 80% será para a ampliação do serviço de esgotamento.

Em quatro anos, Teresina já evoluiu sua cobertura de esgoto de 19% para 35,65%. A expectativa da empresa é encerrar o ano de 2021 com 40%. A concessionária está investindo R$ 23 milhões nesse pacote de obras na região do Lagoas do Norte, com previsão de entrega no primeiro semestre de 2022.


Fonte: Governo do Piauí

Comentários