Tratamento da Covid-19 · 25/09/2020 - 07h48

MP-PI apura falta de hidroxicloroquina nas farmácias de Teresina


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de Teresina, converteu notícia fato em procedimento administrativo com o objetivo de constatar a suposta falta de hidroxicloroquina nas farmácias tradicionais e de manipulação da capital.

A promotora Maria das Graças do Monte Teixeira levou em consideração que o medicamento hidroxicloroquina tem sido utilizado para tratamento da Covid-19 no país, e não só para isso, mas também para doenças autoimunes como lúpus e artrite reumatoide.

Entre as solicitações da promotora, está a expedição de ofício ao setor de fiscalização do Procon para que proceda com averiguação nas três maiores redes de farmácia de Teresina (Globo, Drogasil e Pague Menos), bem como nas três maiores redes de farmácia manipuladas de Teresina (Botica, Equilíbrio e Fórmula) a fim de
constatar a ausência ou não do fármaco hidroxicloroquina nesses locais.


Comentários