Corrida é desnecessária · 17/03/2020 - 20h33 | Última atualização em 18/03/2020 - 08h27

Movimento nos supermercados cresce em Teresina; lojas já limitam itens por cliente


Compartilhar Tweet 1



Mesmo sem necessidade, os teresinenses também entraram na corrida aos supermercados por conta do medo do coronavírus. Desde domingo (15), quando autoridades em saúde começaram a reforçar sobre a importância do isolamento das pessoas - saudáveis ou infectadas - o movimento tem aumentado e em algumas redes praticamente dobrou, como no Pão de Açúcar, que já começa a limitar itens por cliente.

Imagens obtidas pelo 180graus mostram cartazes fixados na loja da Avenida Homero Castelo Branco, próximo à Avenida João XXIII, que alertam os consumidores sobre a limitação de compra, já que muita gente tem decidiu estocar alimentos e produtos de higiene e limpeza, temendo o esvaziamento das prateleiras.

O álcool gel, produto mais procurado pela eficácia na higienização das mãos, está limitado na rede a duas unidades por cliente, e o álcool líquido, a três por cliente. O primeiro já estava em falta. Do segundo restavam poucas unidades.

Já carne ou frango está limitado a 6kg por cliente.

Limitação também para itens como arroz, feijão, leite em pó, desinfetante, sabonete, açúcar, óleos e enlatados, água e suco pronto.

"Entendemos que, neste momento, é papel do Pão de Açúcar cuidar para que não falte nenhum item nos lares de todos os nossos clientes. E contamos com a ajuda de todos para garantir pleno abastecimento. Por isso precisamos limitar a quantidade de alguns itens", diz o aviso. 

Veja a relação:
2 unidades por cliente: álcool gel
3 unidades: arroz (5 kg), feijão, farinha, leite em pó infantil, sabonete líquido, desinfetantes, água sanitária, luvas, saco de lixo, álcool líquido
4 unidades: água (5 e 7,5 litros), limpadores multiusos e perfumados, lenço de papel, lenço umidecido, fralda, papel higiênico e papel toalha
5 unidades: açúcar
6 unidades: óleo de soja, massas tradicionais, atomatado, enlatados (milho, ervilha, peixes), papinhas, congelados salgados (pizza, lasanha, hambúrguer) e proteínas congeladas (carne, frango, peixes)
10 unidades: sabonetes em barra
12 unidades: água (1,5 litro), suco pronto e suco integral
24 unidades: leite longa vida

Em nota divulgada nesta segunda-feira (16), a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) informou que está monitorando a situação em todo país, e até agora não há informações sobre desabastecimento. "Não há risco de falta de alimentos nas lojas. O setor supermercadista brasileiro opera com normalidade. Portanto, a população não precisa se preocupar, os supermercados estão preparados, inclusive, para aumentar o abastecimento, caso necessário, como já acontece em datas sazonais", diz a ABRAS.


Comentários