Entrega foi realizada -

Helder Eugênio Primeiro doa carro para cuidadora de doentes em Teresina

O empresário Helder Eugênio Primeiro doou nesta terça-feira (09/02) um veículo para uma mulher que cuida de pessoas doentes em Teresina.

Luana Vieira é natural da cidade de Sigefredo Pacheco, no Norte do Piauí, e há muito anos dedica sua vida a cuidar de pessoas que procuram tratamento de saúde na capital.

Ela é bastante conhecida no Polo de Saúde, por sempre ajudar as pessoas. A promessa da doação do carro aconteceu ainda no ano passado, quando Helder Eugênio Primeiro conheceu Luana, através das ações da Ordem da Gratidão.

'Vai mudar a minha vida'
"Eu trabalho cuidando de pessoas doentes, ajudando pessoas que precisam, que me procuram, trazendo da minha cidade pra cá, aquelas que não têm onde ficar eu levo pra minha casa. No dia que ele falou que ia doar o carro foi emocionante, fiquei muito feliz. Foi do nada, fiquei surpresa, sem entender. Deus tarda, mas não falha", disse ela.

"Esse carro vai ser muito importante, vai mudar a minha vida. Agradeço muito a Deus, vou botar o Eugênio nas minhas orações. Só gratidão, sem palavras, que Deus abençoe a vida dele, dê muitos anos de vida, saúde e tudo de bom na vida dele", completou Luana.

Testemunhos de quem presenciou
Janalir Barbosa é camelô e estava no dia em que Helder Eugênio Primeiro fez o anúncio da doação do carro para Luana na frente do Ambulatório Azul.

"Eu estava aqui no dia e fiquei muito emocionada e muito feliz, porque ela ganhou esse carro, porque ela é uma pessoa muito boa, ela ajuda muitas pessoas, então é merecedora desse carro", disse.

"O ser humano que não tiver gratidão, amor ao próximo, ele não tem nada, eu acho que a gratidão é uma coisa que não tem nem explicação, não existe nada melhor no mundo que você ajudar seu próximo, isso é fundamental", completou.

O mototaxista Edilson Gonçalves também presenciou o anúncio da doação do carro e a entrega.

"A Luana merece. No dia que o Dr Eugênio falou pra ela, eu acreditei, tinha muita gente dizendo que era mentira, que não ia cumprir, e eu sempre dando força pra ela, que Deus existia. Eu dizia pra ela que no dia 9 de fevereiro umas 8h ela estaria com o carro. Ela é lutadora, ajuda as pessoas nos seus tratamentos, mas sempre a pé, ela mora longe, vem pra cá todos os dias, e sempre a gente deu força pra ela", disse. 

"São poucas pessoas hoje que têm gratidão, quando acontece uma coisa dessas como a que acontece hoje, a gente só tem que agradecer a Deus por ele existir. Porque é um homem de palavra, um homem de Deus, quando a gente vê uma coisa dessas, a gente tem que se alegrar e dar graças à Deus, por existir um ser humano que a gente possa acreditar", concluiu o mototaxista.

Confira o vídeo da entrega

Veja mais fotos

Comentários