Primeira vítima confirmada · 16/10/2019 - 18h01

Entregador de água morto em desabamento juntava dinheiro para fazer festa de aniversário da filha


Compartilhar Tweet 1



Uma das vítimas de desabamento do Edifício Andréa, ocorrido na manhã dessa terça-feira (15/10), em Fortaleza-CE, Frederick Santana dos Santos, de 30 anos, juntava dinheiro para fazer o primeiro aniversário de filha aos 7 anos. Ele foi atingindo por escombros quando trabalhava em um mercadinho nas proximidades do prédio onde fazia entrega de água. As informações são do O POVO Online.

De boné, Frederick faz selfie com os colegas de trabalho Rafael (no meio) e Antônio, motorista
De boné, Frederick faz selfie com os colegas de trabalho Rafael (no meio) e Antônio, motorista    Foto: Arquivo pessoal

Ele trabalhava ao lado com outros dois colegas: Antônio, motorista do caminhão, e Rafael, que assim como ele tinha cargo de ajudante. Mas diferentemente dos parceiros de trabalho, Fred não conseguiu sobreviver.

De acordo com amigo da família, Fred era trabalhador, pai de família, era respeitador e não tinha desavença com ninguém. "Era uma ótima pessoa", conta, ao telefone.

  Câmera de segurança mostra Frederick (de boné) abastecendo estabelecimento na mesma área do desabamento, no dia anterior   Foto: Arquivo pessoal

"Ele contava que tava juntando dinheiro para fazer o aniversário da filha de 7 anos, que nunca tinha comprado um bolinho pra filho assim. Ele tava falando isso nas últimas semanas", relatou o amigo.

Fred distribuía de 80 a 100 garrafões de água por semana. "Era uma pessoa tranquila, calma, prestativa. Sempre sorridente, que zelava pela empresa que trabalhava", comenta o dono do mercadinho.

Por telefone, uma pessoa do setor de gerência da empresa Da Fonte, fornecedora de águas da marca Indaiá, confirmou que Frederick Santana dos Santos era funcionário e revela que está dando todo apoio à família.

 


Comentários