Equidade Fiscal Global -

Encontros do G20 em Brasília ampliam discussões sobre tributação internacional dos super-ricos

Os recentes encontros do G20 em Brasília, promovidos pela Presidência Brasileira do grupo, destacaram debates cruciais sobre tributação internacional, especialmente voltados para os super-ricos. Organizado por Tatiana Berringer e Felipe Antunes, juntamente com o apoio de João Paulo Martins, chefe da Assessoria Internacional da Receita Federal, os eventos receberam elogios pela inclusão de temas até então pouco explorados.

O Simpósio sobre Tributação Internacional, realizado na Confederação Nacional do Comércio (CNC), e o encontro do G20 Social na Trilha de Finanças, na Universidade de Brasília, uniram públicos diversos em discussões que culminaram na entrega de uma declaração da sociedade civil ao ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Felipe Antunes, coordenador do grupo de trabalho de Arquitetura Financeira Internacional, ressaltou a importância dos debates trazidos pelo Brasil, ampliando a tradicional agenda do G20. "A tributação pode ser uma ferramenta crucial no combate à desigualdade, e esse consenso foi evidenciado durante os debates. A Presidência Brasileira está promovendo uma abordagem mais abrangente, essencial para impulsionar a agenda internacional", afirmou Antunes.

Foto: Reprodução/Agência Gov.

Tatiana Berringer, coordenadora do G20 Social na Trilha de Finanças, enfatizou a convergência entre as preocupações da sociedade civil e as iniciativas brasileiras, especialmente no que diz respeito à tributação dos super-ricos. "Recebemos contribuições significativas da sociedade civil global, todas convergindo para a necessidade de maior equidade tributária, especialmente em relação aos mais privilegiados economicamente", destacou Berringer.

João Paulo Martins, da Receita Federal, sublinhou a importância da cooperação internacional e dos avanços recentes na troca de informações fiscais. "A cooperação entre administrações tributárias é crucial para alcançar consensos e promover uma tributação mais justa. Os debates recentes evidenciam que mesmo em meio a interesses diversos, é possível avançar em direção a políticas mais equitativas", afirmou.

Além das discussões oficiais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva trouxe à tona a questão da tributação dos bilionários globais, ressaltando a possibilidade de usar esses recursos para combater a fome na África.

Fonte: Reprodução/Agência Gov

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco