Riscos no mundo digital -

Educação e tecnologia planejam projeto de cibersegurança para jovens

O Piauí vive um momento de transformação digital. Inseridos nesse cenário, crianças e jovens passam grande parte do tempo conectados e, muitas vezes, expostos a riscos no mundo digital.  

Com vistas a mitigar esses riscos, a Empresa de Tecnologia da Informação do Piauí (Etipi), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), planejam a realização do projeto CyberEduc.  

A ação visa à realização de ações informativas, como a produção de podcasts sobre temas relacionados à cibersegurança, além de palestras em escolas, universidades e empresas.

Foto: Thanandro Fabrício / Etipi

 

Nesta quarta-feira (5), equipes da Etipi e Seduc se reuniram para planejar as primeiras ações do projeto. Keoma Sousa, analista de segurança da informação da Etipi, coordena a ação e explica que a ideia conta também com colaboração de estudantes do Instituto Federal do Piauí (IFPI) que, na oportunidade, fizeram explanações sobre a temática da cibersegurança voltada aos jovens.  

“A ideia é unirmos forças para que possamos levar informação a esse público e garantir que os jovens possam ter a oportunidade de aprender sobre cibersegurança, protegendo-se e contribuindo para uma sociedade mais segura e informada”, disse Keoma Sousa.  

Foto: Thanandro Fabrício / Etipi

Ainda na reunião de alinhamento, foi proposta a inclusão de disciplinas sobre cibersegurança no currículo das escolas públicas e a produção de materiais educativos para veiculação na plataforma de educação por mediação tecnológica - Canal Educação, visando levar a informação para mais pessoas, conscientizando-as sobre os riscos online.

Foto: Thanandro Fabrício / Etipi

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco