Diagnosticada com histiocitose · 26/11/2020 - 14h00

Criança de 2 anos sofre com câncer raro e mãe pede ajuda em cidade do Piauí


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

A pequena Ana Valentina, de 2 anos, de Ipiranga do Piauí, sofre desde os primeiros meses de vida com problemas de saúde. Ela foi diagnosticada com câncer raro, chamado histiocitose. As informações são do Cidades na Net.

O câncer é causado por um distúrbio do sistema reticuloendotelial com proliferação de um tipo específico de células apresentadoras de antígenos, imaturas, as células dendríticas, associadas ou não à reação inflamatória.

Os principais sintomas dessa doença são: Tosse, febre, perda de peso sem causa aparente, dificuldade para respirar, cansaço excessivo, anemia, maior risco de infecções e problemas de coagulação.

A família é natural de Ipiranga do Piauí, mas há 10 anos reside em Floriano. Eliana Maria dos Santos, mãe de Valentina, precisa se deslocar para a capital em busca de ajuda para a realização do tratamento da filha.

“Estamos pedindo ajuda aos nossos colegas, amigos e as pessoas de bom coração quem quiser fazer uma doação pra pequena Ana Valentina, que venha nos ajudar, porque é um momento de luta”, disse Eliana.

A criança passa por tratamento no Hospital São Marcos, em Teresina, porém precisa passar por alguns procedimentos médicos que o hospital não cobre os custos e necessita de medicações que o SUS não dispõe.

Eliana, relata que tem vivido durante esses dois anos com a ajuda das pessoas, com campanhas e doações. Pois no momento, ela está sem trabalhar e apenas o esposo trabalha, porém a renda é muito baixa e não dá para pagar todas as despesas.

“No início foi muito complicado, porque é delicado o caso, eu tive que parar de trabalhar e sair do trabalho. Sair procurando médicos e médicos, até que em janeiro desse ano ela recebeu o diagnóstico de que ela estava com Histiocitose", detalha.

A bebê Ana Valentina terá que passa em breve por uma dentista, pois com o câncer na boca, e em sua fase de crescimento dos dentes, eles precisam ser avaliados, pois por conta da doença, eles já nascem infeccionados e essa etapa é por fora do tratamento no Hospital São Marcos.

A mãe conta que há um atrás procurou ajuda no INSS, e somente agora é que foi possível, através da assistente social, conseguir marcar para fazer a perícia do BPC da Valentina. “Eu creio que agora vamos ter uma aliviada, o salário dela vai dá uma melhorada porque temos muitas despesas e não é fácil, a luta é grande”

Eliana pede ajuda e disponibiliza dados bancários para que as pessoas façam suas doações. Os interessados podem doar pelos dados bancários abaixo!

Agência: 0639

Op: 013

Conta Poupança: 00006324-6

CPF: 025.458.823-99

Titular: Eliana Maria dos Santos Lima

Para mais informações entrar em contato através dos telefones: (89) 9 8803-5154 ou (89) 9 9401-7346


Comentários