Estimular a leitura · 06/05/2022 - 10h32

CMEI Lindalma Soares cria projeto “Pote da leitura: tudo pode virar biblioteca”


Compartilhar Tweet 1



O incentivo à leitura infantil é um ensinamento que deve ser amplamente praticado, por isso a equipe do Centro Municipal de Educação Infantil Lindalma Carvalho Soares, localizado no bairro Teresina Sul, lançou o projeto “Pote da leitura: tudo pode virar biblioteca” como estratégia pedagógica para estimular a habilidade de ler dos alunos. O projeto faz parte do Alfabetiza Teresina, iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (Semec) para promover ações de fortalecimento das práticas de leitura com alunos do ciclo de alfabetização.

    Ascom

A diretora do CMEI, Thaise Maria, detalha que o projeto foi incluso na rotina da escola a fim de potencializar a leitura dos alunos do II Período ao 1º ano do Ensino Fundamental, e que o objetivo maior é convidá-los ao hábito de ler e ouvir histórias infantis. “Preparamos no pátio do CMEI o Jardim da Leitura, uma espécie de cabana colorida recheada de livros, fantoches, almofadas e placas que ensinam a valorizar o cuidado e zelo pelos recursos. Também trouxemos confortáveis tatames para permitir que a criança se deite ou sente bem à vontade para realizar suas leituras”, conta a gestora.

A prática de contação de história será de forma coletiva na acolhida dos alunos, uma vez por semana, envolvendo a equipe escolar na caracterização dos personagens e cenário. O projeto promete reforçar a ideia de que “tudo pode virar biblioteca”, usando um pote de leitura para que o aluno transporte a prática para sua casa e possa voltar com o reconto.

A professora Francisca Bacelar tem boas perspectivas e relata seu desejo com o projeto. “Almejamos incentivar tudo que envolve a alfabetização das crianças, aperfeiçoar a leitura dos que já leem e instigar a vontade de aprender das crianças que ainda estão caminhando nesse processo. Para isso, pretendemos contar com o apoio, sensibilização e mobilização das famílias, em busca do melhor para nossas crianças”, pontua a professora.

Já a professora Marina Moura destaca a emoção com todo capricho das famílias na preparação dos potes de leitura e confirma a relevância da ação como prática fortalecedora do hábito de ler. “É um estímulo à prática no espaço escolar e também em casa, ampliando o vocabulário do aluno e melhorando cada vez mais sua fluência e habilidade de interpretação”, declara Marina.

 

PostMídia (99) 8175-5041

Comentários