Caso repercutiu nas redes · 25/05/2022 - 14h10

Bebê que morreu no Heda já chegou com infecção generalizada em estado grave, diz hospital


Compartilhar Tweet 1



A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) divulgou nota nesta quarta-feira (25/05) para esclarecer sobre a morte de um bebê no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba, no litoral do Piauí. O pai da vítima denunciou supostos erros médicos e o caso repercutiu nas redes sociais. 

Segundo o Heda, o paciente deu entrada na recepção no dia (22/05), às 21h19, "com aumento das frequências cardíaca e respiratória, pele fria e sudoreica, extremidades arroxeadas, o que evidenciou quadro de desidratação grave com sinais de infecção generalizada e informações complementares da família de existência de investigação anterior de possível doença genética". 

A unidade informou que foi identificado a condição grave na triagem inicial quando a criança chegou. "Ela foi encaminhada para a sala de emergência  pediátrica, onde todas as medidas assistenciais foram realizadas. Todavia, devido à condição do quadro geral grave não foi possível a instalação de um acesso venoso periférico imediato (acesso na veia), sendo necessária a realização de um acesso venoso central pela equipe de cirurgia pediátrica".

Devido piora do quadro previamente instalado, o paciente seguiu com necessidade de uso de drogas vasoativas e intubação orotraqueal.  "Mesmo com todas as medidas possíveis tomadas por essa unidade hospitalar, infelizmente, evoluiu à óbito no dia (23/05), às 16h03".

"O Heda realizou o atendimento psicológico à família do paciente, lamentando a perda e enviando  condolências a todos", destaca nota. 

Veja na íntegra:

    Divulgação /Sesapi

Denúncia 

O pai divulgou nas redes sociais que seu filho deu entrada no Heda com quadro de diarreia. Segundo ele, os profissionais informaram que seu filho estaria desidratado e seria necessário que a criança tomasse soro.

Ele relata que seu filho foi furado diversas vezes na tentativa de aplicar a medicação o que deixou o bebê muito agitado, logo em seguida começou a sentir falta de ar e febre de 40º, e tiveram que socorrer a criança às pressas sendo necessária uma intubação.

Após esse momento de angústia, o pai recebeu a triste notícia que seu filho não havia resistido e morreu.

    Reprodução / Facebook

 

Comentários