Na cidade de Cocal-PI · 06/12/2018 - 17h04 | Última atualização em 06/12/2018 - 17h07

Adolescente desaparece com namorado e família busca informações


Compartilhar Tweet 1



A família da adolescente Yara Pâmela Nunes Vieira, de 14 anos, que mora no bairro Santa Teresinha na cidade de Cocal, está à procura da menor que desapareceu na tarde do dia 30 de novembro deste ano. A principal suspeita é que a garota tenha fugido com o namorado, um rapaz identificado como Fabrício da Silva Rodrigues, que residia na localidade Brejinho, zona rural de Luís Correia, mas que estava morando com a avó, no bairro Baixa do Mutirão, também em Cocal. 

    Arquivo Pessoal

A mãe da garota, a senhora Paloma Maria, informou ao Blog do Coveiro que a família morava em Fortaleza (CE), e se mudou para Cocal no ano de 2017. A adolescente estuda na escola José Basson, onde cursa o 9º ano. Ainda de acordo com a mãe, a filha frequentava a igreja evangélica com os demais familiares, é uma ótima aluna e só tira notas boas, mas passou a ter um comportamento rebelde depois de começou a se relacionar com Fabrício.

"A única coisa que sei é que a família dele [Fabrício] não quer me dizer onde é que eles estão. Mas pelo o que eu sei eles estão aqui, escondidos no Cocal, e eu já recebi através de terceiros, informações que eles possam estar no Santo Hilário [zona rural de Cocal], por ali, mas não me dizem a casa", complementou a mãe de Yara.   

Paloma disse ainda que há aproximadamente três meses, Fabrício levou Yara para a localidade Brejinho sem o seu consentimento e o caso voltou a se repetir agora. Como não se tem informações acerca da localização de sua filha, o caso foi noticiado aos órgãos competentes. 

"Eles [Yara e Fabrício] me ligaram domingo (02/12) dizendo que eu não fosse pra delegacia fazer o boletim que eles iam chegar na segunda-feira (03/12), só que eu esperei até terça e nada. Então ontem (05/12), eu fui na delegacia, fui no Fórum e fiz os procedimentos", disse a mãe. 

A mãe de Yara registrou o Boletim de Ocorrência na delegacia de Polícia Civil de Cocal, imputando ao jovem o crime de subtração de incapaz. Noticiou o caso também ao Ministério Público e Conselho Tutelar, além de ter divulgado as fotos de Yara e de Fabrício nas redes sociais. 

A mulher pede qualquer informação sobre o paradeiro de sua filha que entre em contato por meio do telefone: (86) 9 9929-9910.

Comentários