Réu confessou o crime · 08/10/2019 - 06h34

Acusado de matar pintor a facadas será julgado pelo Tribunal do Júri


Compartilhar Tweet 1



    Divulgação/PC-PI

O Tribunal do Júri de Parnaíba irá julgar Jordy Oliveira, acusado de assassinar a facadas o pintor Francitônio das Neves Santos, em maio deste ano. A sentença de pronúncia, prolatada pelo juiz Georges Cobiniano Sousa de Melo, é do dia 02 de outubro de 2019.

Os indícios de autoria ficaram comprovados a partir dos depoimentos de testemunhas que presenciaram o fato.

O acusado alegou que ele era ameaçado pela vítima e que estavam bringando, ocasião em que pegou a faca da vítima, que caiu no chão, e o esfaqueou nas costas.

Jordy Oliveira foi pronunciado pela prática de homicídio qualificado por motivo torpe e por utilizar recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Na época do fato, o corpo da vítima foi encontrado por populares com duas perfurações, na avenida Pinheiro, em Parnaíba. O acusado foi preso pela polícia em junho deste ano, em Camocim, no Ceará.

 


Comentários