Compartilhar Tweet 1



O paulista Rodrigo Massoni foi o grande vencedor do MasterChef 2019. Com o resultado, restou à piauiense Lorena Dayse o segundo lugar do reality de culinária mais importante do país, por força da decisão dos jurados Érick Jacquin, Paola Carosella, Henrique Fogaça.

"Pedi a Deus que hoje ele traçasse o melhor caminho para mim, e Ele decidiu que o melhor era isso. Vou ter mais liberdade de decidir o que eu quero da minha vida", comentou Lorena em uma live com seguidores no Instagram, logo após a transmissão do programa na Band. 

A piauiense revelou ainda que a filha, Maria Luisa, chorou bastante por conta do resultado. "Está bem abaladinha. Com o passar do tempo vai entender que foi o melhor para ela", conta.

Sobre o menu servido na final, Lorena disse que estava bastante segura, e que não mudaria nada das receitas servidas. "Foi um menu nordestino lindo. Eles [jurados] mesmos não conseguiram dizer nada do meu menu. Me enche de orgulho. Não mudaria absolutamente nada. Foi por esse menu que eu lutei", explica.

Mesmo não tendo levado o troféu e o prêmio de R$ 250 mil, Lorena não teve sérios problemas de execução ao longo da final.

A entrada, primeiro prato servido, tinha o caranguejo como estrela principal. Sua ideia, ela explicou, era fazer uma referência ao Delta do Piauí, com ingredientes característicos da região. "A ideia é que parecesse o fundo do mar", disse aos jurados. O prato rendeu comentários não só pelo bom sabor, mas pelo toque de modernidade.

Para o prato principal, Lorena escolheu fazer carneiro ao molho, acompanhado de baião de dois de feijão verde. A carne, ela admite, não chegou no ponto em que queria. A escolha, disse a piauiense, foi para homenagear a Serra da Capivara.

Na sobremesa, um sorvete de coco e abacaxi servido com crumble de mel com pólen. Uma forma de homenagear a região de Picos, em seu potencial para a apicultura e produção de mel. A sobremesa foi elogiada. A chef Paola, por exemplo, degustou o prato até o fim, e disse que o prato estava bem melhor que os dois anteriores servidos pela piauiense.

Mas não foi o suficiente para superar Rodrigo. Na entrada, o paulista serviu tortellini de camarão em caldo asiático. O prato principal foi barriga de porco ao molho agridoce com vinagrete de feijão manteiguinha de Santarém. Fechando o menu, levou aos jurados sorvete de coco, gengibre e limão com farofa de gergelim.

 

Comentar
Prato será bem extenso · 25/08/2019 - 17h48 | Última atualização em 25/08/2019 - 18h03

Piauiense Lorena Dayse participa hoje da grande final do MasterChef Brasil 2019


Compartilhar Tweet 1



A piauiense Lorena Dayse está na final do MasterChef Brasil, que acontece neste domingo (25/08). Lorena vai disputar a grande final com Rodrigo Massoni. Os dois finalistas terão de preparar um menu completo, com entrada, prato principal e sobremesa.

O grande vencedor vai levar para casa o prêmio de R$ 250 mil, vale mensal de R$ 1 mil em compras no Carrefour, uma cozinha completa da Brastemp, cozinha equipada com produtos da Tramotina, a chance de acompanhar o Pasta World Champion, e também o curso em Paris na LeCordon Bleu. Além do troféu de campeão de 2019.

Prato para prova final 

Ao responder pergunta de seguidores no Instagram, a piauiense Lorena Dayse comentou que seu cardápio na final do MasterChef terá muita representatividade da culinária nordestina.

"É um cardápio que saiu do fundo do coração, que foi muito trabalhado, muito estudado. Me dediquei muito a ele. Vai ter uma representatividade muito grande. Vou levar minha cozinha afetiva, ela que vai estar lá", comentou.

Questionada - mas também elogiada - pela insistência do uso do coentro, o famoso "cheiro-verde", em seus pratos, Lorena disse que sim, em um dos pratos do menu, o tempero estará entre os ingredientes. 

A cozinheira negou ainda que possa fazer a tradicional panelada para os chefs Paola Carosella, Henrique Fogaça e Érick Jacquin.

 

Comentar
Com capacidade de 12mil litros · 25/08/2019 - 12h23 | Última atualização em 25/08/2019 - 12h31

Hércules C-130 da FAB faz voos para apagar focos de incêndio em Rondônia


Compartilhar Tweet 1



O Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira realizou, neste sábado (24/08),  três voos, sem interrupção, para ações de apagamento de focos de incêndio em Rondônia. O objetivo do uso desse tipo de aeronave é acabar com focos de calor, aumentar a umidade da região e criar uma barreira de contenção na área de floresta nativa. A aeronave tem capacidade de despejar 12 mil litros de água a cada operação e continuará sendo empregada nos esforços do Governo Federal no combate aos focos de incêndio na Amazônia.

O Tenente-Brigadeiro do Ar, Raul Botelho, chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, havia adiantado a ação pela manhã em coletiva de imprensa, no Ministério da Defesa.  “A FAB (Força Aérea Brasileira) hoje, às quatro e meia da tarde, nós já estaremos em condições e faremos essa missão já da primeira ação efetiva e de combate contra incêndios”, disse o oficial.


Fonte: Governo Federal
Comentar
Deixou quatro filhos · 25/08/2019 - 12h06

Atriz e roteirista Fernanda Young morre aos 49 anos


Compartilhar Tweet 1



A atriz, roteirista, escritora e diretora Fernanda Young morreu neste domingo (25/08), aos 49 anos, em Gonçalves, Minas Gerais. Ela teve uma crise de asma seguida de uma parada cardíaca.

O corpo será velado a partir das 13h, no Cemitério de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. O enterro está marcado para às 16h, no mesmo local. A reportagem é do portal G1.

Fernanda Young deixa o marido, o roteirista e escritor Alexandre Machado, e quatro filhos: Cecília Madonna, Estela May, Catarina Lakshimi e John Gopala.

No sábado (24/08), Fernanda deixou uma postagem enigmática: “Onde queres descanso, sou desejo”, dizia a legenda. Trata-se de um trecho da música O Quereres, de Caetano Veloso.

Conhecida pela personalidade forte, a atriz publicou, na sexta-feira, uma mensagem contra o atual governo.

“As pessoas me acham maluca, mas estou observando tudo – de dentro e de fora. Pensam que não percebo as suas falcatruas, mas ser gentil não significa ser otária”, escreveu. “Sou uma mulher de 50 anos que sonhou alto e realizou muito. E estou longe de encerrar a minha jornada nessa orbe”, continuou.

Recentemente, Fernanda estava se preparando para estrear a peça Ainda Nada de Novo, na qual dividia a cena com Fernanda Nobre. Com estreia programada para setembro, as duas intérpretes iriam viver um casal gay. Ela também estava na produção da série Shippados, exibida exclusivamente na Globo Play.

Trajetória

O primeiro trabalho de Fernanda Young na tevê foi Iaiá Garcia, minissérie da TV Cultura que foi ao ar em 1989. Três anos depois, ganhou um pequeno papel em O Dono do Mundo, da Rede Globo.

Comentar
Com youtuber Márcio Murta · 25/08/2019 - 11h35 | Última atualização em 25/08/2019 - 12h09

Teresina recebe encontro automotivo e arrecada rações e remédios para instituições


Compartilhar Tweet 1



Aconteceu nesse sábado (24/08) um encontro automotivo no espaço do Teresina Shopping com o Youtuber Márcio Murta. A ação teve finalidade de arrecadar doações para a Instituição Sarapatinhas em Teresina. 

O encontro reuniu mais de 120 carros, entre rebaixados, 'turbinados' e modelos antigos. O local contou também com a presença de diversas pessoas, como apreciadores, montadores e curiosos que foram registrar o momento. O evento foi realizado pela @showcarthe

Com o evento, foi arrecadado cerca de 300 kg em rações de cães e gatos, além de vitaminas, remédios e vasilhas, que foram todas entregues à instituição Sarapatinhas que vem cuidando desses animais. 

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Em sua sétima edição, a caminhada Cultura Negra Estaiada na Ponte reuniu representantes das religiões de matriz afro para dar voz aos povos de terreiro do Piauí.

Com o tema “Liberdade Religiosa” o evento teve início no Parque Potycabana com a apresentação de diversos grupos culturais de música e dança. O Governo do Estado apoiou o evento por meio da Coordenadoria de Comunicação Social (Ccom) e da Superintendência de Relações Sociais (Supres). 

“As estatísticas comprovam que há sim uma discriminação muito forte e que existe inclusive violência praticada contra as religiões de matriz africana. Nesse sentido, é dever do Governo do Piauí oferecer total apoio para que nós possamos passar uma mensagem de paz para a população.

Que nós possamos dialogar sobre a importância dessas religiões que, como todas as demais, precisam ser respeitadas”, disse o superintendente de Relações Sociais do Governo do Estado, João de Deus. 

O secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo, também participou do evento e enfatizou a importância da caminhada. “Somos um país diverso e a forma como os povos habitaram o Brasil, o tornou multicultural. Cada vez mais precisamos apoiar ações como essa para que a sociedade entenda que precisamos viver em paz. Precisamos ser tolerantes com todos os tipos de religiões. As religiões de matriz afro foram as primeiras que chegaram aqui, então, elas não podem ser tolhidas”, disse o gestor. 

Para a sacerdotisa da Umbanda, Eufrasina de Iansã, é um momento de festa, celebração, mas também de cobrança para a sociedade. “Nós existimos, necessitamos de visibilidade, respeito e segurança. Existe ainda um grande preconceito em torno das religiões de matriz afro.

Se todos se propusessem a conhecer, estudar, não haveria tanta ignorância e tanto preconceito. Precisamos ser ouvidos, há um número muito grande de terreiros em todo Piauí. Pela sétima vez estamos aqui para mostrar como nossa religião é linda e não precisa estar escondida”, afirmou a sacerdotisa. 

Além das apresentações culturais, o evento abriu espaço para feiras de produtos afros, uma oportunidade para que o movimento pudesse mostrar aquilo que é produzido nas comunidades tradicionais.

“São roupas, calçados, artesanato, tudo feito dentro da temática afro e espiritual. Produzimos dentro de nossas casas o que possibilita a ocupação de nossas comunidades e o retorno vai para nossas atividades”, explicou o babalorixá Italo de Logun Edé. 


Fonte: Com informações do pi.gov
Comentar
A pedido do Min. da Defesa · 25/08/2019 - 10h35

Economia libera R$ 38,5 milhões para serem usados na Amazônia


Compartilhar Tweet 1



Ministério da Economia aprovou a liberação de R$ 38,5 milhões para serem usados nas ações de combate a incêndios na Amazônia. A pasta recebeu nesse sábado (24/08) o pedido do Ministério da Defesa para descontingenciar o valor. Com informações de Metrópolis.

“Tal montante se refere ao valor contingenciado da ação de Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que conta com uma dotação aprovada de R$ R$ 47,5 milhões, tendo empenhado, até o presente momento, cerca de R$ 7,1 milhões”, explica em nota.

O ministério informa ainda que acompanha a situação e, se for necessário, “tomará as providências necessárias, em conjunto com a Defesa, para atender plenamente o comando presidencial constante do Decreto nº 9.985, de 23 de agosto de 2019”.

Em coletiva de imprensa nesse sábado, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, disse que a pasta tinha R$ 28 milhões contingenciados e pediria a liberação à Economia para usar nas ações de combate às queimadas.


Fonte: Reprodução/Metrópolis
Comentar
Homenageando dois intelectuais · 25/08/2019 - 10h32 | Última atualização em 25/08/2019 - 10h34

Balada Literária traz debates, saraus e apresentações musicais a Teresina


Compartilhar Tweet 1



Em sua terceira edição no Piauí, a Balada Literária 2019 está chegando para misturar música com literatura. O evento, que há mais de dez anos é promovido em São Paulo, foi idealizado por Marcelino Freire, e será realizado nos dias 27 e 28 de agosto em Teresina.

Este ano a balada homenageia dois intelectuais brasileiros, Paulo Freire, considerado um dos pensadores mais notáveis da história da pedagogia mundial, e Élio Ferreira, poeta e professor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), autor do livro “Identidade e Solidariedade na Literatura do Negro Brasileiro”.

A novidade desta edição é a parceria com o Festival de Teatro Lusófono. O evento, inteiramente gratuito, integrará a programação do FestLuso, que ocorre de 26 a 31 de agosto, ambos no Complexo Theatro 4 de Setembro. Os dois eventos tem o patrocínio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

Com mesas sobre o trabalho de Paulo Freire na educação popular; afirmação da negritude; a poética da diversidade; literatura na periferia, dentre outros temas, a Balada Literária deste ano aborda a importância e a influência dos mestres na construção do conhecimento, com ampla curadoria e temáticas que instigam debates críticos e comprometidos com a sociedade, em parceria com o FestLuso.

“É preciso unir esforços em um momento em que o discurso de ódio se espalha pelo país”, explica Wellington Soares, curador do evento em Teresina.

Valter Hugo Mãe é uma das atrações confirmadas no evento. O escritor, detentor do prêmio José Saramago com o livro O remorso de Baltazar Serapião (2006),  tem mais de 30 obras publicadas, dentre elas A máquina de fazer espanhóis (2010) e o O paraíso são os outros (2014).

O evento também contará com a presença de Marcelino Freire, fundador da Balada Literária em São Paulo; Sérgio Vaz, poeta, incentivador da literatura na periferia e criador do Sarau da Cooperifa, realizado na zona sul de São Paulo; Nelson Maca, poeta, ativista social, criador do Coletivo Blackitude: Vozes Negras da Bahia, que reúne poetas, artistas e ativistas do Hip Hop e Abdulai Silá, autor do primeiro romance publicado na Guiné-Bissau – Eterna Paixão (1994), dentre outros.

No grupo dos anfitriões do evento, destacam-se Élio Ferreira, homenageado local da balada; o poeta Kilito Trindade; o professor Feliciano Bezerra; o ator Francisco Pellé; a escritora Ana Kelma Gallas; o contista Noé Filho; e, por fim, os poetas Dani Marques e Demetrios Galvão.

Shows

Além dos debates, saraus e apresentações musicais também fazem parte da programação. A primeira noite do evento estreia com o sarau literomusical “Canto de poesia”, sobre a poética do homenageado Élio Ferreira, com participação dos artistas Machado Júnior, Ricardo Totte, Renata Flávia, Feliciano Bezerra e Iraneide Soares, com participação especial dos poetas Sérgio Vaz e Nelson Maca.

O parnaibano Teófilo Lima abre a segunda noite com rock vindo do litoral piauiense e a festa segue com a maranhense Rita Benedditto, com o show “Suburbano Coração”, acompanhada pelo maestro Jaime Alem.

Enceraando a Balada 2019, o Sarau da Resistência, num coro de vozes entre a Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil-PI e Academia Piauiense de Poesia, Kilito Trindade e Emerson Boy.  


Fonte: CCom
Comentar
Amparados pelo decreto GLO · 25/08/2019 - 10h02 | Última atualização em 25/08/2019 - 11h33

Quatro estados pedem ajuda das Forças Armadas para combate a incêndios


Compartilhar Tweet 1



O governo confirmou nesse sábado (24/08) que os estados de Roraima, Rondônia, Tocantins e Pará pediram ajuda do Executivo federal para combater incêndios florestais. Segundo o Ministério da Defesa, cerca 44 mil militares das Forças Armadas estão continuamente na Região Amazônica e poderão ser empregados nas operações.

A confirmação foi feita pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, durante entrevista à imprensa. Salles adiantou ainda que aguardava os pedidos de ajuda do Acre e de Mato Grosso. Ele participou de uma reunião na manhã deste sábado com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva. 

    Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

 

Na sexta-feira (23/08), o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que autoriza o emprego das Forças Armadas para ajudar no combate aos incêndios na Floresta Amazônica. O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) vale para áreas de fronteira, terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental e outras áreas da Amazônia Legal. 

Segundo o ministro da Defesa, a adesão dos governos locais é importante para que o trabalho de combate a crimes ambientais e a incêndios não se limitem às áreas federais.

"É importante a adesão dos governos senão nós vamos ficar limitados às áreas federais, que são as unidades de conservação e as terras indígenas. Já é alguma coisa, mas não é o suficiente. Tem que ser uma união de todos. Todo mundo ajudando é melhor", disse o ministro. 

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que os estados terão apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgãos que pertencem à pasta, para o combate aos incêndios. 

"Não é possível desenvolver atividades de fiscalização sem o apoio estadual. Com a GLO Ambiental tenho certeza que, com envolvimento do Ministério da Defesa, das Forças Armadas, teremos muita efetividade naquilo que já vínhamos tentando fazer com muita força desde o início do ano", afirmou. 

Segundo o Estado-Maior das Forças Armadas, que coordena as operações, as primeiras medidas foram tomadas neste sábado. Um helicóptero do Ibama e dois aviões de combate a incêndios serão enviados para Porto Velho. 

Um centro de operações instalado no ministério coordena as ações. 

Recursos

    Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

 

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, também disse que a pasta tem previsto no orçamento R$ 28 milhões para gastos com ações de GLO, mas o valor está contingenciado. No entanto, segundo ele, o descontingenciamento já foi acertado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, durante uma reunião. "Eu estou numa fase em que eu só acredito quando eu abrir o cofre e ver", afirmou.

Presidente

O presidente Jair Bolsonaro comentou o trabalho do governo federal ao sair nesse sábado (24/08) do Palácio do Alvorada a caminho de um almoço marcado com o vice-presidente, Hamilton Mourão, no Palácio do Jaburu.

“O que nós podemos fazer estamos fazendo. Se eu tivesse milhões de pessoas não conseguiria fazer prevenção. Pessoal faz queimada. É quase uma tradição da região”, afirmou Bolsonaro, destacando que, se for preciso, vai à Amazônia conferir de perto a situação.

Apoio aéreo

A Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizou duas aeronaves C-130 Hércules para apoio aos trabalhos de combate aos incêndios florestais. Os aviões que saem de Porto Velho (RO) já estão sobrevoando as áreas atingidas pelo fogo.

De acordo com a FAB, as aeronaves tem um equipamento composto por cinco tanques e dois tubos que se projetam pela porta traseira do avião, podendo carregar até 12 mil litros de água.


 


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Divorcio complicado · 25/08/2019 - 10h00 | Última atualização em 25/08/2019 - 10h04

Nasa investiga primeira acusação de crime cometido no espaço


Compartilhar Tweet 1



A NASA está investigando a acusação do que poderia ser o primeiro crime cometido no espaço, de acordo com o jornal The New York Times. O caso estaria relacionado ao divórcio da astronauta Anne McClain e sua mulher Summer Wonder. Com informações de DW.

A astronauta está sendo acusada de acessar a conta bancária da esposa, a agente da Força Aérea americana Summer Worden, de forma ilegal e sem permissão enquanto estava a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em Iinglês).

Worden disse ter ficado "chocada" ao perceber que McClain parecia estar checando seus extratos e seus hábitos de consumo. Ela acusou a ex-mulher de roubo de identidade.

A astronauta negou qualquer irregularidade na ação, alegando que estava apenas verificando as finanças do casal, que ainda estariam atreladas. McClain disse ainda que, no passado, costumava acessar a conta bancária de Worden com frequência, com o consentimento da esposa.

Existem regulamentações específicas para lidar com possíveis questões jurídicas a bordo da Estação Espacial Internacional, estabelecidas há muito tempo pelas agências espaciais dos Estados Unidos, Rússia, Canadá, Japão e União Europeia. Mas esta pode ser a primeira vez que elas venham a ser de fato implementadas.

Confira a notícia completa em "Nasa investiga primeira acusação de crime cometido no espaço".


Fonte: Reprodução/DW
Comentar
4 provas e 30 questões cada · 25/08/2019 - 09h54

Encceja é aplicado neste domingo em 611 municípios brasileiros


Compartilhar Tweet 1



Pessoas que não terminaram os estudos na idade adequada fazem neste domingo (25/08) a prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), para obter a certificação de conclusão do ensino fundamental ou médio. Serão quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma redação. 

As provas serão aplicadas 611 municípios. Os portões de acesso aos locais do exame serão abertos às 8h e fechados às 8h45 para as provas aplicadas pela manhã. À tarde, os candidatos podem entrar as 14h30 até 15h15, de acordo com o horário oficial de Brasília.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador do exame, recomenda que todos os participantes estejam com o Cartão  de Confirmação impresso no dia da prova, apesar de a apresentação não ser obrigatória para a realização do exame.

O documento traz endereço, data, local, número de inscrição, horário das provas, indicação das áreas de conhecimento e do nível de ensino, solicitação de atendimento especializado e nome social, se for o caso.

Para chegar ao cartão de confirmação o estudante deve acessar a página do Enccejae, no sistema, clicar em “página do participante”. A próxima etapa é preencher os campos de CPF, senha, selecionar a figura indicada, e clicar em “enviar”. A página será diretamente direcionada à imagem do Cartão de Confirmação de Inscrição na qual o participante encontrará o endereço do local onde fará a prova.

Veja vídeo explicativo do Inep sobre a consulta sobre o Cartão de Inscrição. 


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Pediu para um filho trocar · 24/08/2019 - 23h56 | Última atualização em 25/08/2019 - 00h04

Marido de Flordelis dispensou carro blindado horas antes da morte


Compartilhar Tweet 1



    REPRODUÇÃO/ REDES SOCIAIS

O pastor Anderson do Carmo de Souza dispensou o seu carro blindado para sair com a mulher, a cantora gospel e deputada federal Flordelis (PSD-RJ), na madrugada em que foi assassinado, em 16 de junho, e pegou o veículo de um dos filhos, que não tinha a proteção. A atitude causou estranheza em Daniel dos Santos de Souza, o filho que trocou de carro com o pai. As informações são do Metrópoles.

Em depoimento à polícia, Daniel contou que havia saído com a namorada em seu Honda Acord, que não é blindado. Por volta das 23h, recebeu uma ligação do pai pedindo que voltasse para casa, em Pendotiba, Niterói, e trocasse de carro com ele. Anderson disse ao filho que sairia com Flordelis. Daniel voltou, por volta da meia-noite, para fazer a troca. Ele pegou o carro blindado do pai, uma Caravan, e deixou o seu veículo com o pastor.

Daniel afirmou à polícia que era comum o pai pedir para fazer a troca de carros, mas isso sempre acontecia com planejamento e nunca naquele horário. Em um de seus depoimentos à polícia, Flordelis afirmou que foi um pedido de Anderson sair no carro de Daniel, que não era blindado.

Ao chegar ao Hospital Niterói D’Or para socorrer Anderson, Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico de Flordelis que está preso por suspeita de participar da morte do padrasto, frisou que a mãe sempre anda no veículo blindado. “Não sei o que houve, cara. Ela saiu sem carro blindado. Não sei se foi assalto”, afirmou ele no balcão de atendimento do hospital.

Em seu depoimento, Flordelis contou que na madrugada de 16 de junho, ela o marido foram até a praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Após comerem petiscos em um bar, eles pararam o carro num local ermo e ficaram namorando. Em seguida, voltaram para casa, em Pendotiba. Eles chegaram ao local por volta das 3h30.

Flordelis entrou em casa e subiu para o quarto de um dos filhos. Anderson, segundo a deputada ficou na garagem. O pastor foi morto a tiros logo em seguida, ao lado do carro do filho. Ele já estava fora do veículo.


Fonte: Metrópoles
Comentar
As imagens impressionam · 24/08/2019 - 23h47

Vídeo: grupo quase é atropelado por carro que capotou no DF


Compartilhar Tweet 1



    VÍDEO/REPRODUÇÃO

Um vídeo chocante mostra o momento em que um motorista perde o controle do carro, capota e quase acerta pedestres na Quadra 39 do Itapoã. As imagens de câmeras de segurança foram gravadas na manhã deste sábado (24/08). As informações são do Metrópoles.

A gravação (veja abaixo) mostra um grupo de cinco pessoas andando pela via residencial, quando o veículo, modelo Hyundai Azera, aparece desgovernado. Por sorte, todos conseguem desviar do carro que, durante o capotamento, ainda atingiu uma mulher em parada de ônibus da quadra. A vítima foi identificada como Luana Pereira de Mendes da Silva.

Segundo informações da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), o motorista teria perdido controle, colidido com uma caçamba de entulho e, em seguida, atropelado Luana. Após o susto, o grupo vai ao carro para tentar socorrer o condutor. De acordo com a corporação, o estado de saúde dele é grave.

Vítima e motorista foram encaminhados pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa). Em decorrência do acidente, a via precisou ser interditada nos dois sentidos.


Fonte: Metrópoles
Comentar

Compartilhar Tweet 1



    REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Um peão morreu depois de cair e ser pisoteado por um touro durante um rodeio na madrugada deste sábado (24/08). O evento foi realizado na cidade de Costa Marques, no interior de Rondônia. As informações são do Metrópoles.

De acordo com o site Extra de Rondônia, a vítima foi atingida no tórax pelo animal e foi socorrido em seguida, mas não resistiu. O corpo foi levado para a cidade de São Francisco do Guaporé.

Vídeos gravados por participantes do rodeio mostram o momento da queda. Logo depois de ser atingido, o peão se mexe no chão, demonstrando sentir fortes dores. Veja imagens divulgadas pelo portal:

 


Fonte: Metrópoles
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Instituto Dom Barreto fez a entrega neste sábado (24/08), toneladas de rações e muitos jornais para instituições que cuidam de animais de rua em Teresina. Uma das instituições foi a Apipa, que agradeceu a iniciativa por parte do local. 

O Instituto realizou nessa semana, uma gincana entre os alunos, como uma das provas, o local incluiu a arrecadação de ração e jornais. Ao todo foi mais de 6 toneladas de rações, que foram distribuídas nos principais locais da cidade. 

Segundo a Apipa, o local está com ração para pelo menos dois meses. "Sem palavras para descrever tamanha felicidade. Há escola, aos alunos e a todos que se empenharam e contribuíram para o sucesso destas provas, nossa mais profunda gratidão", agradeceu a instituição em publicação nas suas redes sociais.

 

Comentar
Jovem foi morto por um sniper · 24/08/2019 - 21h18 | Última atualização em 24/08/2019 - 22h12

Irmã de sequestrador faz depoimento emocionante; confira!


Compartilhar Tweet 1



Nesta sexta-feira (23/08), Thayná Silva compartilhou um depoimento sobre a morte do seu irmão, Willian Augusto da Silva, responsável pelo sequestro do ônibus na ponte Rio-Niterói na terça-feira (20/08). O jovem acabou morto após ser baleado por um sniper do Bope. A reportagem é do Pleno News. 

Em uma rede social, Thayná postou uma foto ao lado de Willian, que tinha 20 anos. Na publicação, ela lembrou de momentos com o irmão e disse que ele não era criminoso.

– Meu irmão? Não era bandido! Não era ladrão! Não era assassino! Não era estuprador! Meu irmão não era nada disso. Sabe quem era meu irmão? Um garoto incrível e inteligente, tinha força de vontade. (…) As pessoas que estão julgando, falando asneiras sem te conhecer são desumanas, e provavelmente devem ser perfeitas porque né… Na verdade não são perfeitas não, são podres por dentro, pessoas com coração ruim e que tem uma vida infeliz – declarou.

O texto da jovem confirmou as informações de familiares, que revelaram que Willian lutava contra a depressão.

– Sei que você deixou a doença te vencer. É triste? Sim muito, sei que os últimos meses você estava sofrendo muito mas nunca deixou de nos amar, cuidar, e fazer a suas piadas – escreveu.

Além de lamentar o fim da vida do irmão, Thayná afirmou que tentará ter forças para ajudar seus pais a seguirem em frente após a perda. Ela concluiu a mensagem ressaltando que sente saudade e que é grata pelos anos que teve ao lado do rapaz.

– Eu sempre vou me lembrar de você, e agradeço por esses 20 anos incríveis, como irmão, como filho, como qualquer outra coisa! Eu te amo e a saudade dói como eu sempre disse que doeria! Meu irmão amado, olha pela gente dai de cima, cuida da gente tá? Sei que sua morte não será em vão como você dizia que não seria, e creio que não foi. Eu te amo muito, tá? – encerrou.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Os Médicos que prestam serviços na Unidade de Pronto Atendimento do Hospital Regional de São Raimundo Nonato vão entregar as escalas a partir do mês de setembro devido à falta de pagamento dos salários referente aos meses de abril e maio de 2019. 

Segundo um médico, que não quis ser identificado, foi protocolado junto a direção da Unidade de Pronto Atendimento do Hospital Regional de São Raimundo Nonato um requerimento solicitando da diretora do referido Hospital, Nilvania, a atualização dos salários atrasados até a data do dia 31/08/2019.

Caso o pagamento não seja  realizado, os médicos que prestam serviços na UPA entregarão as escalas de plantões médicos a partir do dia 01/09/2019. Vale ressaltar que na UPA de São Raimundo Nonato só tem dois médicos concursados em plena atividade, ou seja, praticamente todos os médicos irão entregar as escalas.

Porém, a diretora do Hospital de São Raimundo Nonato justificou aos médicos que  a culpa do atraso nos salários é por conta da mudança da Gestão do Hospital, que neste período era gerido pela  Fundação Hospitalar do Piauí, presidida  pelo Deputado Pablo Santos, passando posteriormente para a Secretaria de Estado de Saúde, e que a Fundação não repassou os valores para o Hospital sanar essas dívidas. E que a gestão atual não pode utilizar os recursos próprios do Hospital para pagar débitos que são referentes a Fundação Hospitalar do Piauí. 

Vale ressaltar que este atraso não ocorre apenas com os médicos, mas com todos os profissionais que prestam serviço nesta Unidade de Saúde, que é referência para toda a região de São Raimundo Nonato (Região da Serra da Capivara).

Os médicos da UPA denunciaram o caso para a presidente do Conselho Regional de Medicina do Piauí, Dra. Miriam, a questão dos atrasos dos salários e denunciaram também a falta de contrato entre a Unidade de Saúde com os médicos, pois nenhum dos médicos que prestam serviços na UPA de São Raimundo Nonato possuem contrato, o que é ilegal.

Os médicos foram orientados pelo CRM a protocolar o caso e a presidente do CRM firmou o compromisso de denunciar  ao Ministério Público o caso, para que sejam tomadas as devidas providências.

Comentar
Manifestação pacífica · 24/08/2019 - 17h14 | Última atualização em 24/08/2019 - 17h50

Milhares de pessoas participaram de marcha contra cúpula do G7


Compartilhar Tweet 1



Milhares de pessoas participaram na manhã desse sábado (24/08) de uma marcha organizada por diversos coletivos sociais contra a cúpula do G7, em Biarritz, no sudoeste da França. Os manifestantes cruzaram a fronteira entre Espanha e França em um ambiente pacífico e festivo.

A marcha contra as políticas liberais do G7 desenvolveu-se entre as localidades fronteiriças de Hendaya, na França, e Irún, na Espanha, próximas a Biarritz, sem que se registrassem incidentes durante o percurso.

Segundo os organizadores, participaram da marcha cerca de 15 mil pessoas. Fontes oficiais francesas, entretanto, estimaram em 9 mil o número de manifestantes.

A manifestação caracterizou-se pelo caráter pacífico, depois da detenção, na noite passada, de 17 pessoas e de quatro policiais terem sofrido ferimentos leves em distúrbios ocorridos localidade basco-francesa de Urrugne.

As autoridades espanholas e francesas chamaram a atenção, há dias, para a possibilidade de elementos violentos contrários ao sistema se infiltrarem no movimento com a intenção de provocar incidentes, embora os promotores da iniciativa tenham reiterado, desde segunda-feira (19/08), que todas as suas atividades seriam pacíficas.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Corina de fumaça cobriu tudo · 24/08/2019 - 12h32

Picos amanhece debaixo de fumaça por causa das crescentes queimadas; Fotos


Compartilhar Tweet 1



Por conta do grande número de queimadas em Picos, a cidade amanheceu, neste sábado (24/08), debaixo de muita fumaça. Além do grande prejuízo causado à natureza com a morte da fauna e flora, a saúde das pessoas também é afetada, principalmente de idosos, crianças e pessoas com problemas respiratórios. A reportagem é do Cidades na Net. 

O Comandante do Corpo de Bombeiros, Tenente Hamylton Lemos, ressalta a importância em denunciar as queimadas, caso sejam criminosas.

“Essa queimada de vegetação pode causar riscos às pessoas e patrimônios. É importante denunciar. Estamos trabalhando nessa questão de descobrir se são pessoas que estão colocando fogo. Nós que moramos próximos à BR sabemos que passam pessoas e jogam cigarros. Pelo grande fluxo nem sempre podemos apontar os moradores de Picos como os responsáveis. Embora saibamos que existem pessoas que ainda possuem aquela cultura de queimar terreno, queimar o lixo para trabalhar o solo. A gente pede que ligue para o 193, que mande vídeos e fotos de pessoas colocando fogo, nós receberemos em sigilo, não divulgaremos o nome das pessoas que mandarem”, disse ele.

Comandante Hamylton disse ainda que outro órgão que deve ser procurado para as denúncias é o Ministério Público. “O bom mesmo é que levem ao Ministério Público, pois esse órgão está trabalhando muito com esse foco de identificar essas pessoas para que possam ser responsabilizadas pelos seus atos, punindo-as dentro da lei, pois é crime ambiental”.

Além do MP, a Polícia Civil, a Secretaria de Meio Ambiente e o Corpo de Bombeiros podem ser acionados em casos de queimadas, a qualquer momento, principalmente, se comprovadas forem que são criminosas.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Oferecendo oportunidade para novos e já conhecidos artistas da cidade, o concurso Canção Para Teresina 167 Anos já possui finalistas. Em uma competição com mais de 30 participantes, apenas dez foram selecionados e, agora, participam de uma disputa que decidirá os vencedores por meio de curtidas na rede social Instagram.

Como uma das atividades desenvolvidas especialmente para a programação de aniversário de Teresina, a Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), promove o concurso que visa evidenciar o trabalho de talentosos artistas locais, além de valorizar a cultura na cidade.

“ A ideia era contemplar Teresina com uma homenagem musical e divulgar os artistas, assim como os seus trabalhos. Tivemos muitas músicas boas”, conta o superintendente da FMC, Abiel Bonfim.

No total, foram mais de 30 composições participantes do concurso. Nesta segunda etapa, foram selecionadas dez canções, levando em conta a letra, o tema, a melodia, a interpretação e a criatividade, que serão repostadas no perfil do Instagram (@cultura_the). Os vídeos com as músicas ficarão disponíveis para visualizações, curtidas e comentários durante um período de quatro dias. As três mais curtidas serão as vencedoras do concurso “Canção Para Teresina 167 Anos”.

O resultado com os grandes vencedores será divulgado nesta quinta (29/08), pelos sites e redes sociais da Prefeitura de Teresina e da Fundação Monsenhor Chaves, além do Diário Oficial do Municipal de Teresina. O candidato que possuir o vídeo com o maior número de likes recebe o prêmio no valor de R$ 5.000,00.

Confira os selecionados:
@uchoa_raimundo
@compositortonycrissy
@edsued69
@irlamilena
@janelaband
@jordanmacedooficial
@mateus_carvs
@patriciamellodi
@toriihuang
@wilsefflago


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O 6º Fórum de Gestão Pública do Piauí (6º FOGESPI) realizado pelo Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI) trouxe palestrantes renomados do âmbito nacional e internacional que compartilharam conhecimento aos profissionais e gestores que buscaram mais ferramentas para tornarem suas cidades cada vez melhores. O evento aconteceu nos dias 22 e 23 de agosto em Teresina.

O evento já entrou no calendário do Estado como um dos maiores de gestão pública, sempre trazendo novidades para melhorar a administração dos Municípios, do Estado e da União.

Nessa edição, a novidade foi o IGM-CFA (Índice de Governança Municipal do Conselho Federal de Administração), ferramenta que apresenta três fatores (gestão, finanças e desempenho) para melhorar a administração de um município, além de realizar um raio-x da situação de cada cidade.

“Nós do CFA criamos o IGM que já está sendo utilizado pelo Governo Federal. Essa ferramenta é muito útil para a gente fazer análise de todos os municípios do Brasil. Nós fizemos um agrupamento de cidades dentro dessa ferramenta que consiste na população do município que estão classificados de 0 a 20 mil, de 20 a 50 mil, de 50 a 100 mil e acima de 100 mil, para que possamos está fazendo um perfil das dificuldades dos municípios.

Com isso podemos fazer gestão de três pontos principais: gestão, finanças e desempenho de cada cidade. Nessa análise colocamos uma métrica que mede se a administração está sendo boa ou ruim”, disse Irany Oliveira, conselheira federal e vice diretora da câmara de gestão pública do CFA.

Quem participou do evento confirmou que o 6º FOGESPI traz grandes ganhos para os profissionais e gestores. Syonara Rodrigues é administradora e destaca que o evento traz mais conhecimentos e mais ferramentas para ajudar o profissional em sua atuação. “O tema do FOGESPI traz muito bem as ferramentas de gestão, são conhecimentos extremamente importantes para qualquer gestor da área e pessoas que se interessem no campo da gestão pública. Nós profissionais da administração que precisamos mais do que nunca instrumentalizar a gestão pública para alcançar o resultado mais esperado necessitamos muito conhecer essas ferramentas”, explicou.

Palestras e workshops enriqueceram o evento

Palestras e workshops trouxeram mais conhecimento ao público que conheceram ferramentas para tornar os municípios cada vez mais eficientes,como o tema “Cidades Inteligentes”, ministrado por Stella Hiroki, doutora no assunto, que estudou casos em Singapura e Irlanda e já ministrou palestra sobre o tema nos Estados Unidos.

“Para tornarmos cidades mais eficientes no sentido de cidades inteligentes é muito mais que aplicar tecnologia no espaço urbano, mas também incentivar a participação das pessoas para que elas usem a tecnologia de maneira crítica e que os cidadãos sejam protagonistas dessas cidades e que ela tenha espaços mais inovadores e sustentáveis”, revelou.

Para mostrar um bom exemplo de gestão pública, o secretário de administração do município de Teresópolis no Rio de Janeiro, Lucas Guimarães, falou do trabalho realizado em sua cidade na qual a prefeitura fomenta negócios dentro do próprio município gerando um ciclo virtuoso.

“Em nossa palestra mostramos como a administração de Teresópolis, principalmente no que diz respeito às compras públicas pode fomentar os pequenos negócios, a palestra falou de como o uso dos processos licitatórios pode gerar fomento para a economia local, é o que chamamos de ciclo virtuoso. Quanto mais as prefeituras, os órgãos públicos contratam empresas de suas cidades elas geram mais empregos, elas distribuem mais renda, elas fazem outros negócios na cadeia produtiva, isso no final resulta em mais impostos para o município”, ressaltou.

O presidente do CRA-PI, Roberthy Barbosa, falou da importância que o evento teve para profissionais e para a entidade de classe, reforçando que o fórum teve o objetivo de aprimorar a gestão pública e apresentar ferramentas para isso.

“Esse evento foi de suma importância não só para administradores, mas para todos participantes da gestão pública. Pois nele os profissionais e gestores podem absorver conhecimento e melhorar administração do seu local de trabalho. Então vários palestrantes de nível nacional e internacional estiveram no evento trazendo formas de como melhor viabilizar os recursos, em que setor precisa mais desses recursos, e com a apresentação da ferramenta IGM o gestor poderá fazer isso”, finalizou.


Fonte: Com informações da Assessoria
Comentar
Ingressos estão disponíveis · 24/08/2019 - 10h41

No começo do B R O-bró, Teresina Shopping traz parque temático com neve


Compartilhar Tweet 1



A partir do dia 1 de Setembro o parque temático Alaska Neve estará no Teresina Shopping para trazer uma clima diferente para a cidade de Teresina. Os ingressos já estão disponíveis no site oficial. 

    Foto: Assessoria

O Alaska Neve é um parque temático de neve, sendo neve de verdade e não artificial, onde é possível vivenciar uma experiência incrível com a nevasca que é realizada.

Com o ingresso está incluso?
- empréstimo de casaco térmico 
- empréstimo de luvas térmicas 
- 30 minutos no Alaska Neve
- muita diversão!

    Foto: Assessoria

 

Comentar
Para pessoas acima de 16 anos · 24/08/2019 - 10h36

Seguro facultativo garante benefícios do INSS a quem não tem emprego


Compartilhar Tweet 1



Cidadãos que não exercem atividade remunerada, como donas de casa, estudantes e desempregados, podem contribuir para a Previdência Social e, assim, garantir benefícios como auxílio-doença, aposentadoria, salário-maternidade e pensão para os dependentes. Este é o segurado facultativo, uma categoria de contribuinte válida para pessoas com mais de 16 anos. A reportagem é da Agência Brasil. 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também oferece a opção de recolhimento para contribuintes individuais (autônomos - têm fonte de renda) e microempreendedores individuais, além da obrigatoriedade de contribuição para aqueles que têm carteira assinada.

Segundo a Secretaria da Previdência do Ministério da Economia, o último dado disponível sobre segurados facultativos é de 2017. Naquele ano, eles eram 1,210 milhão de contribuintes, 2,36% do total de segurados do INSS.

Número de contribuintes para o Regine Geral de Previdência Social – 2017

Total: 51.138.581

Empregados: 39.051.846

Contribuinte Individual: 9.408.057

Trabalhador Doméstico: 1.466.080

Facultativo: 1.210.495

Segurado Especial: 2.103

Por estar desempregado, o consultor administrativo-financeiro Laércio da Rocha Guilherme, de 55 anos, contribui como segurado facultativo há cerca de dois anos e seis meses. O objetivo de Guilherme é ganhar tempo de contribuição para a aposentadoria, enquanto não consegue recolocação no mercado de trabalho. “Como fiquei sem vínculo empregatício, vai contar como tempo de contribuição”, disse.

Uma das formas de contribuição como segurado facultativo e que dá direito a todos os benefícios previdenciários é com a alíquota mensal de 20%. A alíquota é aplicada sobre valores entre o salário mínimo (R$ 998,00) e o teto previdenciário (R$ 5.839,45). Ou seja, o mínimo que pode ser pago é R$ 199,60 (20% do salário mínimo) e o máximo, R$ 1.167,89 (20% do teto).

Há duas outras opções de contribuição: o Plano Simplificado de Previdência, com alíquota de 11% do salário mínimo (R$ 109,78) e o Facultativo de Baixa Renda, com alíquota de 5% do salário mínimo (R$ 49,90). De acordo com as regras atuais, nesses dois tipos de contribuição, o segurado tem direito a todos os benefícios da Previdência Social, exceto à aposentadoria por tempo de contribuição, ou seja, a aposentaria é por idade.

A modalidade Facultativo de Baixa Renda é exclusiva para homem ou mulher de famílias de baixa renda e que se dedique exclusivamente ao trabalho doméstico na sua residência (dona de casa) e não tenha renda própria (incluindo aluguel, pensão alimentícia e pensão por morte, entre outros valores). Nesse caso é preciso ter renda familiar de até dois salários mínimos, sendo que o Bolsa Família não entra no cálculo; estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), com situação atualizada nos últimos dois anos. A inscrição do cadastro é feita no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do município.

Pagamento

Todos os contribuintes que fazem o recolhimento sobre o salário mínimo podem optar pelo pagamento trimestral. Para isso, eles devem usar o código específico de contribuição trimestral e contribuir com valor de remuneração mensal multiplicado por três.

No caso do pagamento mensal, o prazo para pagamento da contribuição dos facultativos é sempre o dia 15 de cada mês, prorrogando-se para o dia útil subsequente quando não houver expediente bancário.

Quando o atraso do pagamento é superior a seis meses, o contribuinte facultativo perde a condição de segurado e, consequentemente, o acesso aos benefícios do INSS.

Inscrição

Para se inscrever como facultativo, o segurado pode ligar para o telefone 135. Se o segurado tiver o número do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), não precisa se inscrever na Previdência. Nesse caso, o número desse documento deverá ser anotado na guia de contribuição (GPS). Essa guia poderá ser preenchida e impressa no site da Previdência ou adquirida em papelarias.

No site do INSS, há a lista de códigos de pagamento para gerar a guia de contribuição.

Vale a pena contribuir como facultativo?

O advogado Alexandre Vasconcelos, membro da Comissão Especial de Direito Previdenciário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), considera a contribuição facultativa benéfica para os cidadãos por envolver “uma proteção social ampla”. “A Previdência Social concede benefícios em diversas situações: idade avançada, tempo de contribuição mínimo, em caso de incapacidade temporária, invalidez permanente, salário-maternidade, em caso de prisão, a família recebe o auxílio, pensão por morte. A previdência pública tem uma teia de proteção social muito alargada”, disse o advogado. Ele destacou que, no caso da previdência privada, não há atualmente garantia de valor mínimo de aposentadoria.

Vasconcelos esclareceu que a reforma não traz nenhuma mudança específica para o segurado facultativo. “A mudança é para todos os tipos de segurados: facultativo, autônomo, trabalhador com carteira assinada. O segurado facultativo que vier a se tornar incapaz fará jus ao auxílio-doença, ou ao se tornar inválido, fará jus à aposentaria por invalidez”, disse.

Com a reforma da Previdência, lembrou Vasconcelos, o calculo de benefícios como auxílio-doença e aposentadoria de invalidez vai mudar para todos os segurados. No caso do auxílio-doença, atualmente são pagos 91% do salário de benefício do segurado e da aposentaria por invalidez, 100%. “Com a reforma, a regra geral será 60% da média [do salário] e mais 2% do que ultrapassar 20 anos de tempo de contribuição. Não importa se é autônomo, facultativo, se é trabalhador regido pela CLT [Consolidação das Leis do Trabalho]. A aposentaria por invalidez só será 100% se for decorrente de acidente de trabalho”, disse.

O advogado acrescentou que o cálculo da aposentadoria é feito atualmente com base nos 80% maiores salários. São desconsiderados os 20% menores valores. “Com a reforma, vai ser feito o cálculo com 100% dos salários de contribuição. Então, isso também faz cair o valor da média e, consequentemente, o valor do benefício.”

“A reforma da Previdência tem cinco pilares: fazer você pagar mais, por mais tempo para receber menos, por menos tempo. O segurado facultativo, assim como os outros, receberá menos. Agora quem contribui na base de um salário mínimo, terá o salário mínimo garantido. Quem ganha mais, o benefício vai se reduzir. O quinto pilar da reforma é, com tudo isso, fazer você migrar para uma previdência complementar, privada”, disse.

Vasconcelos lembrou que o governo pretende enviar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) para criar um sistema de capitalização, que não passou pela Câmara dos Deputados durante a tramitação da reforma da Previdência. A capitalização é um sistema em que cada trabalhador tem uma conta individual de Previdência.

O sistema de capitalização integrava a proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo federal em fevereiro para a Câmara, mas o relator da PEC na Comissão Especial da Câmara, Samuel Moreira (PMDB-SP), retirou esse item de seu parecer. A reforma da Previdência agora está em tramitação no Senado.

O governo enviou a proposta de reforma da Previdência por considerar o sistema atual insustentável no longo prazo, devido ao crescente déficit. Nos 12 meses encerrados em junho deste ano, o déficit da Previdência estava em R$ 199,117 bilhões, de acordo com dados do Banco Central.

Mudança no texto

Atualmente, o Artigo 201 da Constituição Federal determina que a Previdência tenha cobertura para eventos de "doença, invalidez, morte e idade avançada." O texto da reforma muda essa redação, dizendo que a cobertura será para "eventos de incapacidade temporária ou permanente para o trabalho e idade avançada".

Segundo a Secretaria de Previdência do Ministério da Economia, essa alteração no texto “modernizou o conceito de afastamento, para que seja considerada a incapacidade para exercer a atividade habitual, e não a doença em si”. “O critério é utilizado em vários países do mundo. O contribuinte obrigatório continua a ter direito ao auxílio-doença, se comprovada incapacidade para o trabalho. O contribuinte facultativo – caso de estudantes e donas de casa, por exemplo – também continua com direito ao auxílio, se comprovada incapacidade para exercer sua atividade habitual.”

Comentar

Há uma semana, foi noticiado o drama vivido por uma família da Localidade Lagoa do Governo, na cidade de União; eles estavam morando, desde o mês de abril, em uma casa “no aberto” após um desabamento. Com informações do Clique União. 

A família composta por sete pessoas estava precisando de ajuda para reconstruir a casa, que é de taipa, já que o restante da estrutura da residência estava comprometida.

Após a divulgação da situação, várias pessoas se sensibilizaram com o caso e resolveram ajudar. Dentre entras, uma tia da Dona Raimundo e a Prefeitura de União, ajudaram com doações de tijolos, telhas, areia, cimentos e demais materiais de construção.

O prefeito Paulo Henrique esteve na última sexta-feira (16/08) no local para entregar o kit construção disponibilizado pela PMU à famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Agora, a casa está sendo reconstruída com a ajuda de mão de obra de populares. A retirada dos entulhos também foi uma ação conjunta com a população da Lagoa do Governo.

Um grupo de alunos de uma escola de reforço do local realizaram uma campanha e arrecadaram alimentos para a família.

Comentar
Contaminação vem de garimpos · 24/08/2019 - 10h11

Levantamento aponta contaminação por mercúrio em indígenas Yanomami


Compartilhar Tweet 1



Levantamento preliminar de uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) identificou a contaminação por mercúrio em mulheres e crianças do povo Yanomami, no Amazonas.

De acordo com a Fiocruz, 56% dos indígenas apresentaram concentrações de mercúrio acima do limite estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O número é resultado da amostra de cabelo de quase 300 indivíduos, das aldeias de Maturacá e Ariabu, localizadas no norte do estado do Amazonas, próximo ao Pico da Neblina.

Em uma criança indígena de três anos de idade, a concentração de mercúrio foi sete vezes maior que o limite indicado pela OMS e o dobro da concentração limite para o surgimento de efeitos adversos à saúde, que é de 6 microgramas por grama.

De acordo com o Ministério da Saúde, a exposição humana ao mercúrio por meio da ingestão de pescados contaminados pode atingir os rins, fígado e o sistema nervoso central, provocando a perda de coordenação motora, dificuldades na fala e na audição. Em casos mais graves, pode provocar sequelas irreversíveis e até a morte.

A pesquisa para avaliação da exposição dos Yanomami ao mercúrio foi um pedido das próprias lideranças locais, que já desconfiavam da contaminação dos moradores dessa região devido à proximidade aos pontos de garimpo de ouro.

A liderança indígena Dário Kopenawa Yanomami alerta que a contaminação por causa da extração ilegal de ouro preocupa os povos indígenas e deve atingir as populações que vivem nas cidades.

O mercúrio é um metal usado no garimpo em sua forma líquida para auxiliar na separação do ouro do leito dos rios.


Fonte: Radioagência Nacional
Comentar