Compartilhar Tweet 1



A Águas de Teresina informou que vai registar boletim de ocorrência pela propagação de notícia falsa e uso indevido das imagens de colaborador e da marca da concessionária. Isso se dá porque começou a circular em grupos de WhatsApp, vídeos, áudio e texto que acusam indevidamente colaborador da concessionária de tentar entrar em condomínios da Zona Leste para cometer assaltos. 

Em nota, a Águas de Teresina informou que esteve no condomínio Montana Premiére, na noite de quarta-feira (22/01), para verificar ocorrência de falta d’água na região. O colaborador, devidamente uniformizado, com crachá e carro adesivado da Águas de Teresina, buscava aferir a pressão da água. Ele, inclusive, reportou ao Centro de Controle e Operações (CCO) a impossibilidade de acesso ao condomínio, o que inviabilizou o serviço.

"A Águas de Teresina lamenta profundamente a violação da imagem, da vida privada e da honra de seu colaborador. Tais violações asseguram o direito a indenização por dano material e/ou moral. Cabe destacar ainda que notícias falsas podem resultar na responsabilização criminal de quem as cria ou compartilha, pela prática de crime contra a honra, como calúnia, injúria e difamação", informaram em nota.

A concessionária destaca que acompanha o trabalho de seus colaboradores através de Ordem de Serviço Online e que todos os serviços são monitorados pelo CCO, inclusive, com rastreamento total da frota. Em caso de dúvidas, a Águas de Teresina orienta que os usuários entrem em contato via 0800 223 2000.

 

Comentar
Já passou por quatro cirurgia · 23/01/2020 - 15h04

À espera de transplante, menino faz sucesso em vídeo dançando no hospital


Compartilhar Tweet 1



Um menino de 12 anos, identificado como Jhonnathan Ribeiro, gravou um vídeo dançando no Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) para mostrar que está bem. Ele se encontra internado, tratando de infecção, e aguarda transplante de rim para superar uma insuficiência renal crônica. As informações são de Metrópoles.

Mesmo em situação clínica adversa, o menino encara com bom humor o que vem passando e resolveu realizar uma performance ao som de “O Rei Leão” — versão em funk — para tranquilizar sua família.

Jhonnathan já passou por quatro cirurgias, alem de ter sofrido AVC hemorrágico. O garoto também teve problemas com cerca de cinco bactérias que o afetaram.

O menino deve fazer o transplante do órgão em Porto Alegre (Rio Grande do Sul). Entretanto, precisa se curar de uma inflamação na membrana que reveste parte da cavidade e das vísceras abdominais, além de se recuperar das infecções causadas pelas bactérias.

 

Comentar
Um Toyota Corolla usado · 23/01/2020 - 15h00

Influencer sorteia o próprio carro de R$ 66 mil para seguidores


Compartilhar Tweet 1



Com mais de 480 mil seguidores no Instagram, o influenciador digital belo-horizontino Arnon Henrique, de 27 anos, resolveu seguir o exemplo de outras "personalidades da internet" e organizou um sorteio entre os seus seguidores. O prêmio? Um Toyota Corolla usado. As informações são de O tempo

Segundo ele, o objetivo é ajudar alguém que não tem dinheiro para comprar um carro. "A intenção foi de ajudar mais pessoas, uma pessoa que não pode comprar. Às vezes, ela ganha um carro daquele lá, vende, arruma a casa, pode fazer outras coisas", disse.

O jovem, que mora no bairro Cabana, região Oeste de BH, afirmou que se inspirou em outros influencers. "A  inspiração foi de outros digitais influencers de outras regiões, como de São Paulo, tem o Weley Alemão; de Brasília tem o Hugo Mil Grau, que é uma referência muito grande. Já vem acontecendo vários sorteios e eu queria fazer um de BH, alguma coisa para beneficiar alguém", comentou.

 

Comentar
Assista ao vídeo! · 23/01/2020 - 13h40 | Última atualização em 23/01/2020 - 13h41

Sopa de morcego causa revolta e pode ter ligação com coronavírus


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Vídeos de pessoas comendo uma sopa de morcego se espalharam pelas redes sociais após vários estudos identificarem que esses animais são os hospedeiros nativos do coronavírus. Nas imagens, gravadas em Wuhan, na China, uma mulher aparece comendo um morcego imerso em um caldo. As informações são do Metrópoles.

O morcego também é muito usado na medicina chinesa para o tratamento de várias doenças, como malária e gonorreia. Ainda de acordo com os tratamentos alternativos chineses, as fezes desse animal são capazes de curar doenças nos olhos.

Um estudo da revista científica Science China Life Sciences, a pedido da Academia Chinesa de Ciências de Pequim, apontou que o vírus está relacionado com os morcegos. No entanto, afirma que para a transmissão aos humanos é preciso um hospedeiro intermediário, como as cobras.


Segundo a revista New Scientist, que comparou o genoma de cinco amostras do novo vírus com outros 217, o coronavírus é semelhante ao encontrado em morcegos, mas também se assemelha ao achado em cobras.

Comentar
Pediu depósito de R$ 3 mil · 23/01/2020 - 12h36

Mulher é presa por forjar sequestro e pedir dinheiro à família


Compartilhar Tweet 1



    REPRODUÇÃO

Uma mulher de 26 anos foi presa após forjar o próprio sequestro, em Goiás. O objetivo da vendedora, segundo a polícia, era pedir dinheiro para a família. As informações são do Metrópoles.

A polícia informou que falsos criminosos teriam gravado vídeo que simulava agressão, afogamento e tortura. À família, os suspeitos pediram um depósito de R$ 3 mil para não matar a vítima.

Depois de começar as investigações e conseguir informações sobre o paradeiro da mulher, o delegado Carlos Levergger informou que ela havia sido liberada.

Ao ser interrogada, confessou se tratar de um falso sequestro. A polícia já identificou os suspeitos e procura por eles. A mulher foi autuada por extorsão e pode pegar pena de até 10 anos de prisão.

Comentar
Ação do MP-PI · 23/01/2020 - 12h21 | Última atualização em 23/01/2020 - 15h10

Acumulação ilícita de cargos públicos por médico em cidade do Piauí é investigada


Compartilhar Tweet 1



Fórum de Bom Jesus
Fórum de Bom Jesus    TJ-PI

O Ministério Público do Piauí, através da Promotoria de Justiça de Bom Jesus, converteu uma notícia fato em inquérito civil público para apurar a  possível ocorrência de acumulação ilícita de cargos públicos por médico no município.

O nome do médico não foi informado em portaria, mas a promotora Lenara Batista carvalho Porto levou em consideração que as regras constitucionais de acumulação de cargos e vencimentos no setor público são de observância obrigatória pelos
estados e municípios, que não poderão se afastar das hipóteses taxativamente previstas na Constituição Federal.

A promotora determinou que a Secretaria Municipal de Saúde do Município de Bom Jesus fosse oficiada, com cópia da Portaria de instauração do Inquérito Civil Público, requisitando, no prazo de 10 dias, a escala de frequência com os horários (entrada e saída) dos profissionais da saúde referentes aos anos de 2013 e 2015, objetivando aferir a assiduidade em caso de verificação de indício do não exercício das funções em cargos/empregos públicos, bem como a carga horária para aferir eventual incompatibilidade de horários.

 

Comentar
Emocionou as redes sociais · 23/01/2020 - 10h22 | Última atualização em 23/01/2020 - 10h55

Com casa 'caindo aos pedaços', menino de Teresina faz vídeo para vender pintura da irmã


Compartilhar Tweet 1



Isaac com a irmã
Isaac com a irmã    Reprodução Instagram/ Neyara Pinheiro

Isaac Cavalcante tem apenas 6 anos e emocionou as redes sociais com o vídeo que fez tentando vender a pintura da sua irmã mais nova para conseguir dinheiro e consertar a casa que está caindo.

Ele, três irmãos a mãe e a tia moram na ocupação Terra Prometida, região do Bairro Três Andares, na Zona Sul de Teresina, numa casa de taipa de apenas um cômodo.

    Reprodução TV Clube

Na última chuva, a casa quase caiu, e vendo o desespero da mãe, resolveu gravar um vídeo para vender a pintura da irmã de quatro anos.

“Oi, galerinha, aqui é o quadro da minha irmã, ela tem 4 anos, eu não sei o que é isso, mas parece que é um dragão, aqui é o corpo dele, o pescoço dele, os olhos. Parece um dinossauro herbívoro, mas eu não sabia que ele soltava fogo. Eu queria vender esse quadro aqui pra arrecadar dinheiro pra consertar minha casa. Eu ‘tô’ com problema porque ela ‘tá caindo. Será que a chuva vai derrubar? Eu peço a Deus. Galerinha, me ajuda, vai”, disse o menino no vídeo.

    Reprodução TV Clube

A matéria feita pela jornalista Neyara Pinheiro e exibida no PI TV 2ª edição, da TV Clube, exibida nesta quarta-feira (22/01) emocionou o Piauí e várias pessoas já procuraram a família para fazer doações.

Assista a matéria da TV Clube

    Reprodução TV Clube
    Reprodução TV Clube

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução/TikTok

A pequena Blakely Jerningan, de apenas nove meses, parece não acreditar que algo possa ser TÃO gostoso. Então, sem pensar duas vezes, ela agarra com suas duas mãozinhas a bola de sorvete, e nem se importa com a sensação gelada ou a bagunça que está fazendo – porque, afinal, é MUITO gostoso! As informações são do Metro.

A reação da bebê norte-americana ao provar um cone de sorvete da marca Baskin-Robbins pela primeira vez representa todos nós com nossas comidas preferidas. Confira o vídeo, que viralizou nos últimos dias nas redes sociais nos Estados Unidos:


A cena foi capturada e publicada pela mamãe, Brittani Jernigan, em sua conta na rede social TikTok. Na tarde desta quarta-feira (22), o vídeo já contava com quase 490 mil curtidas, mais de 5 mil comentários e 93 mil compartilhamentos – sem contar as repostagens feitas em outras redes, como o Twitter, Facebook e Instagram.

Comentar
Rajadas de vento de 60 km/h · 23/01/2020 - 09h42 | Última atualização em 23/01/2020 - 10h02

Ciclone poderá se formar na costa brasileira nesta quinta


Compartilhar Tweet 1



Uma queda de pressão sobre o mar pode originar uma tempestade ou ciclone subtropical na costa do sudeste brasileiro entre a quinta (23/01) e a sexta-feira (04/02), segundo o Climatempo. As informações são do Metro.

Entre a noite de quinta-feira e a madrugada de sexta, os efeitos deste fenômeno já devem começar a ser registrados. "Tudo acontece sobre o mar, mas algumas rajadas de vento, com até 60 km/h poderão ser observadas sobre o continente", afirma o instituto.

O ciclone que pode se formar, caso concretizado, receberá o nome de "Kurumi" – "menino" na língua tupi-guarani. O nome é dado pela Marinha do Brasil, que nomeia todos os sistemas meteorológicos especiais formados em áreas oceânicas do país.

O aviso emitido pela Marinha relata uma "possível formação de ciclone subtropical (…), com deslocamento para o sul".

Segundo o Climatempo, na costa do Brasil, o mais comum é que ciclones subtropicais e tropicais se desenvolvam em março, que é fim do verão no Hemisfério Sul, quando a água do mar está com maior quantidade de calor armazenado.

Comentar
Melhores iniciativas do Piauí · 23/01/2020 - 09h29 | Última atualização em 23/01/2020 - 09h35

Prêmio Inclusão Social entrega troféus nesta quinta-feira durante evento em Teresina


Compartilhar Tweet 1



As melhores iniciativas piauienses do ano de 2019, na área de inclusão social, vão receber nesta quinta-feira (23/01) o troféu referente à 15ª edição do Prêmio Piauí de Inclusão Social. O evento acontecerá no auditório da Tupperware, no centro de Teresina, com transmissão ao vivo pela Rede Meio Norte,  a partir das 20h. A solenidade de entrega será comandada pela apresentadora Maia Veloso. A matéria é de Waldelúcio Barbosa para o jornal Meio Norte.

Um time de apresentadores da Rede Meio Norte vai fazer o anúncio dos vencedores de cada categoria. Já a entrega dos troféus ficará a cargo de personalidade e figuras públicas que estarão presentes no evento. Além disso, haverá links ao vivo direto da solenidade e coquetel de confraternização, mostrando a expectativa de cada um dos participantes e a felicidade dos vencedores.

Durante todo ano, o Grupo Meio Norte de Comunicação (GMNC) mostrou importantes iniciativas voltadas para a busca da inclusão social, tanto em Teresina como em outros municípios do Estado. Elas foram apresentadas aos leitores e telespectadores através de matérias especiais veiculadas na TV Meio Norte, Jornal Meio Norte, e Meionorte.com, às quintas-feiras, no período de maio a novembro do ano passado.

    Crédito: Wellington Benário/Meionorte.com

Entre as 25 iniciativas que concorreram ao Prêmio, foi escolhida uma de cada categoria, totalizando as cinco que receberão o Troféu de Inclusão Social na noite desta quinta-feira. O Prêmio é oferecido às categorias Empresas, Organizações Governamentais, Organizações Não Governamentais, Cooperativas/Associações e Empreendedores Individuais, que desenvolvam práticas consistentes de desenvolvimento econômico, de geração de emprego e renda, de elevação humana e inclusão social, elementos construtores de uma cultura de prosperidade, crescimento harmonioso, paz e cooperação.

“Ao longo desses 15 anos de execução, o Prêmio Piauí de Inclusão Social já propiciou a produção e veiculação de mais de 900 páginas de Jornal, cerca de 60 horas de reportagens especiais na Rede Meio Norte de Televisão, e centenas de postagens de matérias e vídeos em nosso portal de Internet, todos reveladores de uma sociedade que supera obstáculos e avança no caminho de uma construção justa e feliz”, destacou José Osmando de Araújo, diretor de Jornalismo do GMNC.

Além dos prêmios conferidos às cinco categorias fixadas no regulamento, também serão agraciadas, com Menção Honrosa, pessoas e instituições que sejam reconhecidas como executores permanentes de inclusão e de promoção humana no Estado do Piauí. O julgamento das experiências ficou a cargo de uma Comissão Julgadora formada por membros e integrantes da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Sest/Senat, e Sesc/Senac.

O Prêmio Piauí de Inclusão Social é responsável por divulgar iniciativas que mudam a realidade de centenas de pessoas, com ações positivas, que estimulam o empreendedorismo, geração de emprego e renda, acesso à    educação e ao mercado de trabalho e inclusão social. Na sua 15ª edição, o Prêmio conta com o apoio do Governo do Estado, parceiro desde a primeira edição do evento.

Comentar
Criança está em estado grave · 23/01/2020 - 09h28 | Última atualização em 23/01/2020 - 09h41

Bebê de nove dias é internada em estado grave após sofrer abuso sexual


Compartilhar Tweet 1



Uma bebê de nove dias está internada em estado grave no Hospital Regional do Marajó, no município de Breves, desde a última sexta-feira (17) após suspeita de ter sofrido abuso sexual. A história causou imensa comoção na cidade após a população tomar conhecimento do caso. As informações são do DOL.

A bebê estava com falta de ar quando foi avaliada por uma equipe médica, que constatou as lesões na região íntima da criança. O Conselho Tutelar foi acionado e a Polícia Civil informou que instaurou um inquérito para investigar o caso. "Equipes da delegacia do município de Portel realizam diligências para localizar e prender o autor do crime", informou em nota.

Ainda segundo a Polícia Civil, com base no exame sexológico forense, foi concluído que os abusos foram recentes e que as lesões eram de “natureza gravíssima”.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Muitas pessoas acordam cedo todos os dias para ganhar dinheiro e… conquistar a felicidade. Porém, parece que ela está em outro lugar: na atividade física. De acordo com pesquisas das universidades de Yale e Oxford, os exercícios físicos podem fazer você mais feliz do que o dinheiro. As informações são do Metro.

Os participantes do estudo, publicado no The Lancet, foram questionados: “quantas vezes você se sentiu mal mentalmente nos últimos 30 dias, por exemplo, devido a estresse, depressão ou problemas emocionais?”.

A vida diária das pessoas também foi avaliada. Muitas faziam tarefas domésticas e realizavam atividades físicas, como correr e andar de bicicleta.

O resultado foi o seguinte: as pessoas mais ativas eram mais felizes no seu dia a dia. “Os cientistas descobriram que, enquanto aqueles que se exercitam regularmente tendem a se sentir mal por 35 dias por ano, os participantes não ativos se sentem mal por 18 dias mais, em média.”

Além disso, as pessoas que praticavam algum tipo de atividade física por dia se sentiam mais felizes do que aquelas que ganhavam 25 mil dólares ou mais por ano, mas que não se exercitavam.

Mas atenção, exercitar-se demais também pode ser prejudicial, mesmo que pareça contraditório. “A relação entre a duração do esporte e a carga mental tem forma de U”, disse o autor do estudo, Adam Chekroud, da Universidade de Yale, em entrevista ao Die Welt.

Segundo a pesquisa, exercitar-se três a cinco vezes por semana, durante 30 a 60 minutos, é o mais saudável. A saúde mental diminui quando as sessões de exercício excedem três horas por dia, pois elas levam o corpo ao seu extremo.

Comentar
Empresa não se manifestou · 23/01/2020 - 09h03 | Última atualização em 23/01/2020 - 17h01

Vídeo: usuário denuncia corte ilegal de energia pela Equatorial em Teresina


Compartilhar Tweet 1



Um usuário da Equatorial Piauí denunciou ao 180 que a distribuidora de energia tem feito cortes em dias proibidos. Em registro feito pelo usuário em um condomínio na Zona Leste de Teresina, ele mostra dois funcionários da empresa fazendo cortes numa sexta-feira, perto das 18h. Veja o vídeo:

A lei municipal nº 5323 de 21/12/2018  proíbe o corte de fornecimento de água e energia às sextas-feiras, sábados, domingos e dias de feriados, no âmbito do município de Teresina.

Apesar do consumidor falar da proibição de corte após as 16h, na lei municipal não faz menção a isso.

O usuário denunciou que a seu imóvel nem estava na lista de corte, tinha um talão em atraso, mas já havia pago um talão posterior, portanto, não sendo permitido o corte, como cita resolução da Aneel.

O homem chegou a chamara polícia no dia do vídeo, mas quando a viatura chegou ao local, os funcionários já haviam ido embora.

O registro foi feito em novembro do ano passado, mas o consumidor resolveu divulgar o caso agora, pois vai levá-lo para a justiça. Ele também denuncia que sua conta de energia triplicou de valor nos últimos meses.

Nota de Esclarecimento
A Equatorial Piauí esclarece que não executa suspensões do fornecimento de energia aos finais de semana (sábado e domingo), salvo os casos em que uma vistoria constata situações de auto religação, configuradas como procedimento irregular e que atua de forma regular, somente no horário comercial de 8h ás 18h, de segunda a sexta-feira para realização da suspensão do fornecimento de energia por inadimplência.

Sobre o débito do cliente, a distribuidora informa ainda que o cliente que após uma fatura vencida, é reavisado do vencimento da conta e após recebimento deste reaviso, tem até 15 dias para regularizar a situação, sendo essa situação possível o vencimento de uma fatura.

 

Comentar
Não queria tristeza! · 23/01/2020 - 08h54 | Última atualização em 23/01/2020 - 09h05

Amigos de idoso fazem velório com cerveja, marchinhas e foguetes


Compartilhar Tweet 1



    Arquivo/ Pessoal

Um idoso, residente do município de Maués, a 356 quilômetros de Manaus, no Amazonas, fez um último pedido antes de morrer: não queria clima de tristeza no velório dele. E assim foi feito por parentes e amigos dele nesta terça-feira (21). A cerimônia fúnebre teve cerveja, marchinha e até foguetes. As informações são do DOL.

O velório foi celebrado na residência onde o idoso Andrelino da Silva morava. A festa teve  cerveja, marchinhas de carnaval, foguetes e muita descontração. O caixão foi coberto com uma bandeira do time Vasco da Gama. 

    Arquivo/ Pessoal

O idoso faleceu por volta das 6h30 da terça-feira e era muito boêmia. Tinha diversos apelidos como “Drikiles”, “Agulhas “Negras” e “Savalas”. Nas redes sociais alguns amigos o velório inusitado. , 

“Ele queria assim: música, amigos, foguete, ninguém chorando… Ele queria uma festa no seu velório. Quem conviveu com ele sabe disso. Amigo Savalas, estamos fazendo o que você nos pediu. Eterno Savalas”, escreveu Roberto Góes, amigo do falecido, nas redes sociais. 

    Andrelino da Silva não queria tristeza no velório dele. Foto: Arquivo Pessoal

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

A ex-sinaleira Cleomar Marques teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho (RO). A mulher não tem as mãos nem as pernas, devido uma infecção generalizada que deixou os seus membros necrosando. As informações são do Metrópoles.

Cleomar afirma que entrou com três pedidos no INSS em 2019, mas todas as solicitações foram negadas. Uma delas porque Cleomar não poderia assinar os papéis. “Uma servidora puxou os papéis e perguntou: ‘Quem vai assinar? Você assina?’. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: ‘Ah, então não vale’. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora”, contou.

Depois do episódio, Cleomar fez um novo requerimento para tentar um benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência, que também foi rejeitado por ela ter uma renda per capta familiar superior a 1/4 do salário mínimo, ou seja, uma média de R$ 238,50.

Nota do INSS

De acordo com a assessoria de comunicação do instituto, foi solicitado um auxílio-doença para Cleomar e este foi indeferido por falta de período de carência, no ano passado. Depois, um novo benefício foi solicitado, também sendo indeferido – no caso, por apresentar renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo.

A nota também afirma que a renda da família foi apurada em razão das informações constantes do cadastro único para programas do governo federal. O INSS informou ainda que atendeu pessoalmente a filha de Cleomar e foi prestada a informação de que um novo requerimento poderia ser feito se houvesse alteração da composição do grupo e também da renda familiar junto ao Cadúnico.

Por fim, o INSS afirmou que Cleomar pode procurar o instituto, para solicitar um novo benefício.

Comentar
Perigo para os moradores · 22/01/2020 - 17h35 | Última atualização em 22/01/2020 - 17h39

Vídeo: caminhão derruba vários postes na Zona Sul de Teresina e deixa casas sem energia


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução TV Cidade Verde

Um caminhão derrubou vários postes nesta quarta-feira (22/01) no bairro Parque Piauí, Zona Sul de Teresina.

    Reprodução TV Cidade Verde

Apesar da rua ser estreita e os fios de energia serem baixos, o condutor do caminhão insistiu em passar pelo local, derrubando os postes.

    Reprodução TV Cidade Verde

O motorista não ficou no local e agentes da Strans e técnicos da Equatorial foram chamados. Várias residências ficaram sem energia elétrica.

Um vídeo da TV Cidade Verde mostrou a situação no local:

 

Comentar
Confira o vídeo! · 22/01/2020 - 17h20

Vídeo: vendaval arranca parte de telhado de universidade


Compartilhar Tweet 1



    REPRODUÇÃO

A forte chuva que atingiu Salvador na manhã desta quarta-feira (22/01/2020) destelhou o ginásio de esporte do Centro Universitário Unirb. O vídeo mostra o momento em que o vento forte arranca o teto do local. As informações são do Metrópoles.

O reitor da Unirb, Joel Pereira, informou que não houve feridos no incidente porque a faculdade está no período de férias. De acordo com Joel, todo o telhado será trocado antes do retorno às aulas. 

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) ressaltou que a intensificação dos ventos das chuvas causa o fenômeno, que é registrado como um vendaval, não um tornado. O vendaval registado no bairro de Patamares foi explicado pelo meteorologista Ricardo Rodrigues por causa do movimento circulatório do vento, cujo fluxo pode aumentar devido a diferenças de pressão atmosféricas.

Confira o vídeo:

 

Comentar
Mulher ficou em choque · 22/01/2020 - 17h02 | Última atualização em 22/01/2020 - 17h10

Mulher foge de casa ao encontrar jiboia que estava no seu banheiro há 6 meses


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

Uma mulher ficou desesperada ao encontrar uma jiboia de 2,4 metros dentro do banheiro de sua própria casa, em Birkenhead, na Inglaterra. Em entrevista ao jornal Metro, Alisson Jones, de 42 anos, afirmou que abandonou a residência após o encontro horripilante, em 30 de dezembro do ano passado. As informações são do Metrópoles.

“Entrei no banheiro e fiquei paralisada. Eu vi a cabeça e pensei: se a cabela é grande assim, como será o corpo? Foi assustador”, desabafou ela.

Após fugir de casa, ela ligou para a polícia, que acionou a Sociedade Protetora dos Animais. As autoridades suspeitam de que a jiboia seja uma das duas cobras que fugiram de uma residência vizinha à de Alisson.

Além disso, os agentes acreditam que o animal conviveu com a inglesa por seis meses. A notícia triste para Alisson é que a outra cobra não foi encontrada.

A jiboia resgatada foi enviada ao zoológico de Chester, também na Inglaterra.

Comentar
Ação do MP-PI · 22/01/2020 - 12h01 | Última atualização em 22/01/2020 - 14h40

Justiça condena ex-gestora do Fundeb em cidade no Piauí por improbidade administrativa


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de São João do Piauí, obteve decisão favorável em ação civil pública de improbidade administrativa contra a ex-gestora do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) do município de Capitão Gervásio Oliveira, Patrícia Aparecida Nunes Torres Tapety, após irregularidades apontadas na prestação de contas no ano de 2016 no município.

Isto porque, enquanto gestora do FUNDEB, ela atrasou propositalmente o recolhimento da contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ocasionando repetidamente o pagamento de encargos moratórios. Desta forma, o ônus recaiu indevidamente sobre as finanças públicas, quando este deveria ser de responsabilidade do ordenador de despesas. Este ato se caracteriza como improbidade administrativa por afrontar princípios administrativos constitucionais, como a legalidade e moralidade, dispositivos legais e constitucionais e ocasionar prejuízo ao erário no valor de R$ 5.832,67.

"Por diversas vezes, houve ciência da irregularidade, seja na preparação da prestação de contas para apresentação no Tribunal de Contas, na apresentação de defesa, após cientificada pelo Relatório do Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal (DFAM) das irregularidades apontadas, seja durante todo o trâmite do processo perante o Tribunal de Contas do Estado do Piauí. Mesmo ciente das irregularidades apontadas, a requerida não tomou atitude para a punição de quem efetivamente deu causa ao prejuízo ao erário municipal", explica o promotor de Justiça Jorge Luiz da Costa Pessoa.

Diante disso, a Justiça considerou procedente o pedido do MPPI para que a ex-gestora devolva ao município de Capitão Gervásio o valor integral do dano, com a devida correção monetária e juros de mora, correspondente aos encargos pelo não pagamento do INSS, além de multa civil de R$ 5.832,67.


Fonte: MP-PI
Comentar
Novo Odorico Paraguaçu · 22/01/2020 - 11h44 | Última atualização em 22/01/2020 - 16h42

Prefeito morre e “inaugura” cemitério


Compartilhar Tweet 1



prefeito de Bonito de Minas (MG), Zé Galego, de 64 anos, faleceu na última sexta-feira (17/01/2020). O corpo dele foi o primeiro a ser sepultado na parte da ampliação do cemitério municipal, considerada, na prática, como um “novo cemitério”, construído durante sua própria gestão. A obra ainda está em fase de acabamento. As informações são do Diário de Pernambuco

O “novo” cemitério de Bonito de Minas fica ao lado do antigo cemitério da cidade, do qual é separado por um muro. Mesmo assim, a obra foi iniciada pela prefeitura há cinco meses como uma “ampliação” do cemitério antigo, que tem mais de 70 anos. As vagas para sepultamento no local se aproximam do fim, o que motivou a expansão.

O episódio remete à novela O Bem-Amado, da TV Globo, exibida em 1973. Prefeito da fictícia Sucupira, Odorico Paraguaçu (Paulo Gracindo) elegeu-se com a promessa de inaugurar o cemitério municipal.

Mas, depois disso, ninguém morria na cidade. A “inauguração” da obra coube ao próprio Odorico, assassinado a tiros por Zeca Diabo (Lima Duarte), um matador que o prefeito havia contratado para “providenciar” o primeiro morto do novo cemitério.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Professores do município de Barra d'Alcântara, localizado na região Centro do Piauí, denunciaram ao 180 vários atrasos salariais.

Segundo uma professora, deste novembro de 2019 eles estão sem salário e '13º nem sonhar'. O prefeito da cidade é Claudison Brito.

"Enquanto isso, a programação do aniversário da cidade acontece a todo vapor, com bandas contratadas e tudo mais. Serão três dias de programação", completou  a docente.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O garoto Luiz Neto, de 11 anos, ficou famoso no país inteiro após o caso em que ele foi humilhado por vender bombons de chocolate em uma pizzaria de Teresina viralizar.

Não só o menino tem colhido bons frutos da sua linda história de determinação, seus pais também têm sido agraciados.

O pai de Luiz, Neto Moreira, trancou o curso de Direito faltando dois semestres para conclusão, por causa das condições financeiras. Mas nesta quarta-feira (22/01) o apresentador Ieldyson Vasconcelos anunciou no seu programa, Bom Dia Meio Norte, que o Centro Universitário Santo Agostinho havia lhe dado uma bolso de estudos para que ele concluísse o curso.

Vários presentes
A vida do menino Luiz Neto deu uma tremenda reviravolta nesta terça-feira (21/01). Antes humilhado por uma mulher por vender bombons de chocolate em uma pizzaria de Teresina, agora ele colhe os frutos de uma verdadeira lição de humanidade que deu a milhares de pessoas.

Após a TV Meio Norte divulgar o caso e a matéria do 180 viralizar nas redes sociais, o garoto e a família foram agraciados com uma verdadeira onda de energias positivas, e não só isso, Luiz, de 11 anos, também ganhou presentes especiais.

Primeiro o garoto ganhou todo material escolar que ele pôde escolher no R. Carvalho, as Lojas Noroeste também presentearam Luiz com roupas, além de uma bolsa de estudos que recebeu do Colégio CPI.

A história da Família Trufas conquistou o Brasil, inclusive o perfil no Instagram deles (@familiatrufas) está quase dobrando o número de seguidores. Luiz também tem recebido inúmeros convites para participações em entrevistas.

Sobre o caso
Luiz Neto tem apenas 11 anos e já ajuda no sustento da sua família. Mas a criança ficou extremamente triste com uma situação enquanto vendia trufas em uma pizzaria de Teresina.

Segundo matéria da TV Meio Norte, o garoto ofereceu os bombons em uma mesa e escutou coisas desagradáveis de uma mulher.

    Reprodução TV Meio Norte

"Eu cheguei na mesa para oferecer e eu escutei a mulher falando pras duas filhas dela que era para elas estudarem, para não ficarem igual eu, vendendo bombom", disse ele.

A criança conta que chorou, ficou muito triste, mas não contou para família de imediato, mas depois acabou contando o que aconteceu para o pai.

"Ele ficou muito triste, eu também, ele chorou comigo", disse o menino, afirmando que não vai parar de ajudar sua família por causa disso.

    Reprodução TV Meio Norte

"Não importa o que as pessoas falam, não importa o que as pessoas pensam, eu nunca vou parar de vender bombom, um dia elas vão cruzar o meu caminho e talvez eu seja um defensor público e a gente vai ver, que o mundo dá voltas", afirmou.

O menino está no 6º ano do Ensino Fundamental e a família toda ajuda na produção e comércio dos bombons. Eles são conhecidos como a Família Trufas.

    Reprodução TV Meio Norte

Ao repórter Kilson Dione, o pai do garoto informou que já alertou o filho de que na vida ele vai encontrar pessoas assim.

"Eu agradeço a esta pessoa por me dar a oportunidade de estar mostrando ao meu filho a se defender de pessoas assim, porque a vida vai proporcionar a ele outros desafios", afirmou o pai.

O pai é acadêmico de Direito, mas está com o curso trancado por causa das dificuldades financeiras. Ele diz que a venda de trufas é uma forma de ajudar na renda da família.

A mãe de Luiz é estudante de Psicologia e comentou sobre o caso. "Eu sempre busco ensinar que a forma mais digna de se crescer na vida é trabalhando. Ele é uma criança muito inteligente e entende isso".

O pai diz que o filho é muito especial e dá muito orgulho para a família. Segundo ele, Luiz aprendeu a ler com três anos, joga xadrez com ele, canta, toca violão, joga futebol muito bem. "Tudo que ele se dispõe a fazer, faz com maestria, com dedicação, é um garoto que nunca me deu trabalho com nada. Ele não tira nota abaixo de 8, ele também me ajuda em trabalhos sociais, sou fã dele", completou.

Assista ao vídeo:

Siga o Instagram da Família Trufas e acompanhe o dia a dia da família: @familiatrufas

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

OBRIGADO POR TENTAR NOS HUMILHAR Olá! Gostaria de compartilhar com vcs, algo que aconteceu ontem com meu filho, Luizinho em pizzaria do bairro Buenos Aires enquanto trabalhávamos vendendo nossas trufas. Pois bem! Luizinho tem 11 anos, aprendeu a ler aos três anos, e ler muito bem, hábito que mantém até hoje. Desde do o primeiro 1° ano na escola até agora no 6° ano que as suas notas é sempre acima de 8. jogar xadrez, canta, tocar violão joga maravilhosamente futebol. Educado dentro de uma realidade humilde, mas com muita dignidade, seu sonho e ser DEFENSOR PÚBLICO. Sua MÃE a 10 é empregada doméstica e estudante de psicologia. seu PAI ( eu ) ESTUDANTE do 8° período de DIREITO. Buscamos sempre motivar nosso filho a ser cidadão independente do ele venha a ser na vida, e por isso o levamos conosco nessa trabalho que nos dar muito orgulho, para que ele aprenda de cedo a ver como trabalho dignifica e gratifica. meu filho tem um bom videogame, bom celular, tudo que uma criança gostaria de ter fruto do seu trabalho e desde então não me pedi um centavo. Ontem ele veio triste, envergonhado, pois em uma mesa, de uma pizzaria uma mãe com suas filhas o constrageram por conta do seu trabalho, e sorriam de forma debochada e jogaram piadinha. Meu filho veio chorando desanimado e triste, e isso me partiu o coração, pois nunca o vi assim. Mas meu motivo aqui, não é criticar a mãe e suas filhas não, estou aqui para agradecer A eleas, pois me deu a oportunidade de falar para meu filho, que pessoas que não tem brilho so querem apagar o brilho dos outros, e motiva- lo a ser grande, a ter ambição, e deixar por conta do destino a verdadeira resposta para essas pessoas. Como diz a musica: " trabalhar não ADOECE, não MATA e engrandece, só cresce a moral e respeito à quem merece" que DEUS abençoe a todos. FAMÍLIA TRUFAS

Uma publicação compartilhada por Famíliatrufas (@familiatrufas) em

 

Comentar
Falta de licenças · 22/01/2020 - 09h16 | Última atualização em 22/01/2020 - 09h31

Boate de Teresina onde jovem foi queimada durante show é multada em R$ 5,8 mil


Compartilhar Tweet 1



A boate The Lounge, localizada na Zona Leste da capital, foi multada em R$ 5,8 mil por permitir shows com pirotecnia no interior do estabelecimento. No último final de semana uma jovem sofreu queimaduras de 2º grau durante a apresentação da banda Vitor Amaral.

Segundo informações da TV Cidade Verde, a multa foi aplicada pela Prefeitura de Teresina porque a boate não apresentou licença para promover apresentação com uso de fogos de artifício, mesmo que sejam os de menor porte.

R$ 800 do valor da multa é referente a falta de licenças da Vigilância Sanitária e de órgãos do meio ambiente.

Vídeo mostra momento em que jovem é queimada
Um vídeo divulgado pela TV Cidade Verde mostra o momento em que a jovem Raylla Matos é atingido por fagulhas de fogos que foram usados durante um show da banda Vitor Amaral, na boate The Louge, na última sexta-feira (17/01), na Zona Leste de Terresina.

O vídeo mostra a jovem ao lado do palco quando os fogos são acionados e ela fica em desespero quando sua roupa e cabelo começam a pegar fogo, assista:

A própria jovem já havia comentado que o cantor continuou o show normalmente, sendo que o fato aconteceu na frente dele. Nas imagens é perceptível que o show continua, mas não é possível afirmar que ele viu a jovem desesperada. 

Um vistoria teria sido feita na boate e o Corpo de Bombeiros não teria encontrado nenhuma irregularidade. Os alvarás também foram verificados pela Prefeitura de Teresina.

Os envolvidos no caso já participaram de uma conversa e a jovem teve queimaduras de segundo grau. A banda se comprometeu a dar assistência para a estudante de Direito.

Sobre o caso
Uma jovem identificada como Raylla Matos denunciou nas suas redes sociais que sofreu queimaduras durante um show realizado na boate The Louge na noite desta sexta-feira (17/01) na Zona Leste de Teresina.

Através de seu stories no Instagram, que foi compartilhado em outros perfis, ela afirma que havia comprado um lounge por R$ 2 mil, que ficava próximo ao palco, quando um show iniciou com pirotecnia. As faíscas atingiram sua roupa e cabelo, que começaram a pegar fogo.

"Comecei a queimar, roupa e cabelo. Entrei em pânico e rasguei minha roupa para que não queimasse mais ainda", disse.

Ela postou ainda que foi um momento desesperador, mas o cantor, Victor Amaral, continuou o show como se nada tivesse acontecido. Ela cita ainda que o exemplo da Boate Kiss não serviu para nada, pois a The Louge permitiu que fogos fossem usados no ambiente fechado.

Um boletim de ocorrência foi registrado e até o momento a boate não se manifestou. O cantor Victor Amaral emitiu um esclarecimento:

O que chama atenção é que a boate postou um stories com emotion de fogo antes da festa começar.

Um vídeo que a The Louge também postou mostra que fogos foram usados em mais de um show, como no exemplo abaixo, que nada tem a ver com o ocorrido com a jovem, confira:

Esclarecimento da banda Júnior Masca
Falamos em nome dos representantes e assessoria jurídica da banda “JÚNIOR MASCA”. Apresentamos-nos na virada de sexta-feira pra sábado, 17-18/01/2020, na boate “THE LOUNGE”, na cidade de Teresina/PI, no exato intervalo de 01:05 às 2:18 hrs hrs. Nossa arte envolve, além da produção musical, acessórios que engrandecem a apresentação dos músicos e agregam ao espetáculo, tais como iluminação, sonorização e pequena pirotecnia. Logo após nossa apresentação, o artista Victor Amaral nos sucedeu no palco para conduzir os trabalhos da citada casa noturna, ocorrendo nesta última apresentação um incidente em relação à pirotecnia por ele e/ou boate/terceiros executada junto a uma dos espectadores, a qual sofrera queimaduras e, por isso, reportou o ocorrido às autoridades competentes, fato que repercutiu negativamente em todas as mídias sociais, como era de se esperar, pela seriedade que o caso requer. Todavia, a divulgação reportada por esse meio de comunicação reporta o ocorrido reproduzindo vídeo de apresentação da banda musical “Júnior Masca”, quando da execução de sua pirotecnia naquela ocasião, a qual não surtiu qualquer intercorrência e/ou prejuízo a nenhum dos espectadores, o que associa negativamente a lamentável situação aos trabalhos deste grupo artístico que vos fala, ao invés de remeter a atenção do leitor/intérprete aos reais responsáveis. Sendo assim, pela seriedade e dever de informação dos canais de imprensa, no intuito de levar ao público da forma mais transparente e imparcial, impositivo é o esclarecimento de que o vídeo exibido a que se reporta a notícia do prejuízo suportado pela jovem não guarda qualquer relação com o acontecido, tanto que o próprio artista que estava executando apresentação no momento da ocorrência já presta esclarecimentos em seus meios de comunicação nesse sentido, bem como o B.O. registrado pela jovem especifica detalhadamente que o resultado se deu sem nenhuma responsabilidade da banda “Júnior Masca”. Além da necessária retificação do que está nos anais deste meio de comunicação, com a pública e destacada errata à mesma proporção da veiculação, mais importante ainda é a retirada imediata do citado vídeo, sob pena de adoção das medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis. Ressaltamos, ainda, que os trabalhos executados pela banda “Júnior Masca” segue toda a normatização aplicável à atividade e sempre está atenta aos cuidados de seus espectadores e envolvidos em suas apresentações. Colocamo-nos à disposição para qualquer esclarecimento

Comentar
Medidas estão sendo tomadas · 22/01/2020 - 07h54

Identificada doença de pele que “come vivos” os presos


Compartilhar Tweet 1



A Secretaria Estadual de Saúde de Roraima divulgou nesta terça-feira (21) o diagnóstico para a doença de pele que acomete os presos da Penitenciária Agrícola do Monte Cristo, em Boa Vista (RR): piodermite, uma infecção de pele causada por bactérias e resultante de uma sarna não tratada.As informações são de revista Forum.

De acordo com a reportagem a secretária informou “É uma infecção de pele oportunista, que ocorre quando já existe uma lesão de pele tipo escabiose. As análises laboratoriais feitas pela CGVS (Coordenação Geral de Vigilância em Saúde) descartaram a hipótese de bactéria não identificada”.

“Exames diários e tratamento continuado estão sendo feitos. Todos os pacientes estão tendo progressiva melhora. A Sesau destaca que estão sendo adotados todos os protocolos para garantir a segurança no HGR (Hospital Geral de Roraima)”, conclui a nota.

Nos últimos dias, o Ministério Público estadual tem denunciado superlotação e falta de higiene nas celas, que têm até 15 presos em um espaço de 6 metros quadrados. Nessa segunda (20), a CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos) publicou nota dizendo que sabia do problema e cobrando soluções das autoridades responsáveis.

O Ministério Público quer impedir que novos presos sejam levados ao local e entrou com pedido de interdição do presídio.

Comentar
Recebeu vários presentes · 21/01/2020 - 16h01 | Última atualização em 21/01/2020 - 17h57

Menino humilhado em Teresina por vender bombons ganha bolsa de estudos


Compartilhar Tweet 1



A vida do menino Luiz Neto deu uma tremenda reviravolta nesta terça-feira (21/01). Antes humilhado por uma mulher por vender bombons de chocolate em uma pizzaria de Teresina, agora ele colhe os frutos de uma verdadeira lição de humanidade que deu a milhares de pessoas.

Após a TV Meio Norte divulgar o caso e a matéria do 180 viralizar nas redes sociais, o garoto e a família foram agraciados com uma verdadeira onda de energias positivas, e não só isso, Luiz, de 11 anos, também ganhou presentes especiais.

Primeiro o garoto ganhou todo material escolar que ele pôde escolher no R. Carvalho, as Lojas Noroeste também presentearam Luiz com roupas, além de uma bolsa de estudos que recebeu do Colégio CPI.

A história da Família Trufas conquistou o Brasil, inclusive o perfil no Instagram deles (@familiatrufas) está quase dobrando o número de seguidores. Luiz também tem recebido inúmeros convites para participações em entrevistas.

Sobre o caso
Luiz Neto tem apenas 11 anos e já ajuda no sustento da sua família. Mas a criança ficou extremamente triste com uma situação enquanto vendia trufas em uma pizzaria de Teresina.

Segundo matéria da TV Meio Norte, o garoto ofereceu os bombons em uma mesa e escutou coisas desagradáveis de uma mulher.

    Reprodução TV Meio Norte

"Eu cheguei na mesa para oferecer e eu escutei a mulher falando pras duas filhas dela que era para elas estudarem, para não ficarem igual eu, vendendo bombom", disse ele.

A criança conta que chorou, ficou muito triste, mas não contou para família de imediato, mas depois acabou contando o que aconteceu para o pai.

"Ele ficou muito triste, eu também, ele chorou comigo", disse o menino, afirmando que não vai parar de ajudar sua família por causa disso.

    Reprodução TV Meio Norte

"Não importa o que as pessoas falam, não importa o que as pessoas pensam, eu nunca vou parar de vender bombom, um dia elas vão cruzar o meu caminho e talvez eu seja um defensor público e a gente vai ver, que o mundo dá voltas", afirmou.

O menino está no 6º ano do Ensino Fundamental e a família toda ajuda na produção e comércio dos bombons. Eles são conhecidos como a Família Trufas.

    Reprodução TV Meio Norte

Ao repórter Kilson Dione, o pai do garoto informou que já alertou o filho de que na vida ele vai encontrar pessoas assim.

"Eu agradeço a esta pessoa por me dar a oportunidade de estar mostrando ao meu filho a se defender de pessoas assim, porque a vida vai proporcionar a ele outros desafios", afirmou o pai.

O pai é acadêmico de Direito, mas está com o curso trancado por causa das dificuldades financeiras. Ele diz que a venda de trufas é uma forma de ajudar na renda da família.

A mãe de Luiz é estudante de Psicologia e comentou sobre o caso. "Eu sempre busco ensinar que a forma mais digna de se crescer na vida é trabalhando. Ele é uma criança muito inteligente e entende isso".

O pai diz que o filho é muito especial e dá muito orgulho para a família. Segundo ele, Luiz aprendeu a ler com três anos, joga xadrez com ele, canta, toca violão, joga futebol muito bem. "Tudo que ele se dispõe a fazer, faz com maestria, com dedicação, é um garoto que nunca me deu trabalho com nada. Ele não tira nota abaixo de 8, ele também me ajuda em trabalhos sociais, sou fã dele", completou.

Assista ao vídeo:

Siga o Instagram da Família Trufas e acompanhe o dia a dia da família: @familiatrufas

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

OBRIGADO POR TENTAR NOS HUMILHAR Olá! Gostaria de compartilhar com vcs, algo que aconteceu ontem com meu filho, Luizinho em pizzaria do bairro Buenos Aires enquanto trabalhávamos vendendo nossas trufas. Pois bem! Luizinho tem 11 anos, aprendeu a ler aos três anos, e ler muito bem, hábito que mantém até hoje. Desde do o primeiro 1° ano na escola até agora no 6° ano que as suas notas é sempre acima de 8. jogar xadrez, canta, tocar violão joga maravilhosamente futebol. Educado dentro de uma realidade humilde, mas com muita dignidade, seu sonho e ser DEFENSOR PÚBLICO. Sua MÃE a 10 é empregada doméstica e estudante de psicologia. seu PAI ( eu ) ESTUDANTE do 8° período de DIREITO. Buscamos sempre motivar nosso filho a ser cidadão independente do ele venha a ser na vida, e por isso o levamos conosco nessa trabalho que nos dar muito orgulho, para que ele aprenda de cedo a ver como trabalho dignifica e gratifica. meu filho tem um bom videogame, bom celular, tudo que uma criança gostaria de ter fruto do seu trabalho e desde então não me pedi um centavo. Ontem ele veio triste, envergonhado, pois em uma mesa, de uma pizzaria uma mãe com suas filhas o constrageram por conta do seu trabalho, e sorriam de forma debochada e jogaram piadinha. Meu filho veio chorando desanimado e triste, e isso me partiu o coração, pois nunca o vi assim. Mas meu motivo aqui, não é criticar a mãe e suas filhas não, estou aqui para agradecer A eleas, pois me deu a oportunidade de falar para meu filho, que pessoas que não tem brilho so querem apagar o brilho dos outros, e motiva- lo a ser grande, a ter ambição, e deixar por conta do destino a verdadeira resposta para essas pessoas. Como diz a musica: " trabalhar não ADOECE, não MATA e engrandece, só cresce a moral e respeito à quem merece" que DEUS abençoe a todos. FAMÍLIA TRUFAS

Uma publicação compartilhada por Famíliatrufas (@familiatrufas) em

 

Comentar