Milhões torrados com mídia · 17/06/2016 - 09h22

Temer corta portais 'pró-Dilma', mas no PI, comunicação não cede à crise

Temer corta portais 'pró-Dilma', mas no PI, comunicação não cede à crise


Compartilhar Tweet 1



O blog “O Antagonista” divulgou que pelo menos R$ 11 milhões foram pagos pelo governo Dilma Rousseff a blogs considerados petistas. A fonte foi cortada depois que Michel Temer assumiu o governo interinamente. O valor é parte do total de R$ 94,7 milhões em contratos assinados às vésperas da votação do impeachment, destinados à mídia na internet.

A prática lembra muito a adotada pela Coordenadoria de Comunicação do Estado do Piauí, que paga diversos veículos de internet para promover ações do governo e fazer a defesa ferrenha da gestão de Wellington Dias, tudo sob os olhos de João Rodrigues Filho, coordenador de Comunicação.

A lista de “O Antagonista” traz como maior beneficiário dos pagamentos o portal Brasil247, que teria recebido R$ 2,1 milhões. Aqui no Piauí, o líder de pagamentos até o mês de maio foi o portal GP1, de Júlio César Holanda, que garantiu R$ 443 mil do governo do Estado para publicidade institucional. A quantia paga pela CCOM a portais, desde o início do ano, chega a 1,8 milhão no Piauí.

____________

Leia ainda

Deputado vê indício de lavagem de dinheiro nos pagamentos da CCOM
____________________

No total, foram R$ 14,8 milhões já empenhados pela Coordenadoria de João Rodrigues para empresas de comunicação no Estado.

Mas se de um lado Temer cortou a verba dos sites pró-PT na intenção de enfraquecer a retaguarda de Dilma, o presidente em exercício recorreu ainda ao controle de gastos diante da situação econômica. Enquanto isso no Piauí, nem mesmo o choro dos secretários que alardeiam um 2017 preocupante para as finanças do Estado fazem João Rodrigues repensar nos gastos com publicidade.

São receitas em queda, déficit previdenciário, arrecadação em baixa, tudo sinalizando para reduzir a marcha das despesas. Contudo os gastos com comunicação seguem a todo vapor, afinal, para João Rodrigues, a imagem do governo não pode ser comprometida, com isso, não dá para cortar na carne da propaganda institucional.

Resta saber se os apelos da equipe econômica do governo W.Dias serão ouvidos por João, ou se a democratização dos pagamentos com mídia vai falar mais alto.

CONFIRA OS PAGAMENTOS DA CCOM EM MAIO

______________

Veja também

Fábio Sérvio amarga falta de espaço com hegemonia da S/A Propaganda

Em maio, a CCOM empenhou R$ 239 mil às rádios que divulgam governo

Senador agora diz que 'não' indicou João Rodrigues para assumir CCOM

CCOM: S/A Propaganda retoma topo da lista de empenhos para agências

Chargista ironiza os pagamentos da CCOM para jornalista Cínthia Lages

Maio foi o mês em que a CCOM mais gastou com portais de notícias no PI

Empresas vão ser incluídas em ação contra licitação milionária da CCOM

Robert Rios ameaça acionar o MP-PI e solicitar prisão de João Rodrigues