Em São Paulo -

Tarcísio diz que Bolsonaro “não é um CPF, representa um movimento”

Anfitrião do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o governador de São Paulo (SP), Tarcísio de Freitas (Republicanos) agradeceu a quem chamou de “amigo”: “Eu não era ninguém e o presidente apostou em pessoas como eu”, disse durante ato bolsonarista na tarde deste domingo (25/02) na Avenida Paulista, em São Paulo.

Tarcísio de Freitas foi ministro da Infraestrutura na gestão bolsonarista. Na noite de sábado (24/02) para este domingo (25/02), Jair e Michelle Bolsonaro ficaram hospedados no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo.

Foto: Marcelo Chello/Especial MetrópolesTarcísio diz que Bolsonaro “não é um CPF, representa um movimento”

Num discurso político, Tarcísio lembrou de conquistas do governo bolsonarista como “levar água ao Nordeste”. Neste momento, alguém do caminhão gritou “pix”, como um lembrete para que o governador falasse do sistema de transferências bancárias que foi colocado em prática na gestão de Jair Bolsonaro.

O governador de São Paulo também pediu “segurança jurídica” para a atração de investimentos. E citou censura ao dizer que “o desafio da representatividade só vai ser vencido com liberdade de expressão, de pensamento, de manifestação, sem nenhum tipo de censura”.

Tarcísio terminou seu discurso se direcionando a Bolsonaro, a quem disse: “Você não é um CPF, você representa um movimento de todos os que descobriram que vale a pena brigar pela família, pela pátria, pela liberdade”.

Antes dele, a falaram a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, o deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) e o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG).

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco