Documento aponta necessidade · 24/03/2021 - 08h03 | Última atualização em 24/03/2021 - 08h10

Senador Marcelo Castro adere à moção de apelo mundial por vacinas para o Brasil


Compartilhar Tweet 1



O senador piauiense Marcelo Castro aderiu à moção de apelo internacional do Senado Federal, juntamente com 64 senadores, chamando a atenção do mundo para a atual situação do país diante da Covid-19 e destacando a urgência de uma vacinação mais ampla e rápida.

No texto, senadores destacam que o Brasil se tornou o epicentro mundial da pandemia, representando risco real para o mundo, e citam a atual média móvel de 72 mil novos casos e mais de 2 mil óbitos por dia. "Portanto, necessitamos urgentemente vacinar no mínimo um terço (1/3) da população brasileira, o que equivaleria a receber 100 milhões de doses no curto prazo", defendem.

"O país reclama atenção emergencial do mundo. Nosso ritmo de imunização é insuficiente para conter a propagação da doença. Até o momento, cerca de 5% dos 210 milhões de brasileiros foram vacinados. Dependemos de vacinas e insumos farmacêuticos ativos (IFA) importados, que chegam em ritmo lento, se comparado ao desafio posto pela segunda e devastadora onda da pandemia no Brasil", diz trecho da moção.

O documento deve ser encaminhado aos países do G20, Organização das Nações Unidas (ONU), especialmente a Organização Mundial da Saúde (OMS), países da OCDE, os parlamentos europeu e inglês, o Congresso americano, Assembleia Popular Nacional da China, além de embaixadores do Brasil no mundo, embaixadores estrangeiros no Brasil, empresas produtoras de vacinas, presidentes das comissões de Relações Internacionais dos principais países e imprensa nacional e internacional.


Fonte: Com informações da assessoria

Comentários