Participou da sessão -

Segurança hídrica é tema de palestra do ministro Wellington Dias na Assembleia Legislativa do Piauí

Nesta segunda-feira (08.07), o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), Wellington Dias, participou da sessão na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), que inaugurou o projeto “Mais Piauí: a Alepi somando com você”. A iniciativa  busca reunir as bancadas estadual e federal, bem como representantes das três esferas do executivo, para debater assuntos de interesse do estado. O tema inaugural foi “Água no sertão: a segurança hídrica no semiárido do Piauí”. 

Foto: Roberta Aline / MDSRoberta Aline / MDS
Roberta Aline / MDS

No evento, o ministro destacou a importância da iniciativa para a integração entre os poderes e outros setores da sociedade para maior efetividade das políticas públicas. “O projeto garante maior conhecimento entre cada um dos parlamentares, do povo do Piauí, com a presença não só de bandeiras, mas informações sobre o problema e sobre a solução. Isso permite também que a bancada federal possa se  articular melhor com as diversas áreas do Governo Federal”, avaliou. 

Além disso, expôs estratégias executadas pelo MDS para combater a fome e a pobreza e mencionou iniciativas da pasta que buscam aumentar o acesso à agua. “Programas como os que usam tecnologias sociais, como as cisternas, e sistemas simplificados, acredito que vamos ter um resultado melhor a partir desse trabalho conjunto”, comentou.

O Programa Cisternas, retomado em 2023,  é uma política pública de mais de 20 anos que promove o acesso à água para consumo humano e produção de alimentos por meio da implementação de tecnologias sociais simples e de baixo custo. Para participar, as famílias precisam estar inscritas no Cadastro Único.

Já o presidente da Alepi, deputado Franzé Silva, salientou a importância do tema inaugural debatido. “Essa região no Piauí é, por natureza, muito forte na produção da agricultura irrigada, mas, infelizmente, vive-se ali uma insegurança hídrica muito grande”, lamentou.

“A transposição do rio São Francisco, abastecendo o rio Piauí e Canindé, vai mudar a realidade, transformando essa região, que hoje vive a dificuldade de abastecimento de água para humanos e animais, para um local que vai ser produtor de frutas, por meio da agricultura irrigada, como existe na Bahia e em Pernambuco e existe já num trecho do Piauí, perto de São João do Piauí”, concluiu o deputado .

Fonte: MDS

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco