Ocorrida nesta sexta-feira · 20/06/2020 - 09h00

Reunião de ministros de Bolsonaro com Moraes tem tom de ''missão de paz''


Compartilhar Tweet 1



A reunião ocorrida na tarde desta sexta-feira (19/06) entre os três ministros do governo do presidente Jair Bolsonaro e o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) ocorreu em tom de missão de paz e foi vista como “construtiva”.

Esse foi o primeiro passo do governo para levantar uma bandeira branca na tentativa de pacificar as relações entre o Executivo e o Judiciário. O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Luiz Mendonça, o ministra da Secretaria-Geral, Jorge Oliveira, e o advogado-geral da União, José Levi Mello viajaram a São Paulo com a missão de “baixar as temperaturas” e restabelecer a ponte de comunicação entre os poderes. 

Os três ministros desembarcaram no final da tarde em Brasília e se dirigiram diretamente ao Palácio da Alvorada para relatar a Bolsonaro os termos da conversa com o magistrado.

De acordo com a agenda dos três, o encontro com Moraes aconteceu às 12hs. Eles trataram ainda sobre temas diversos, como demarcação da terra indígena Raposa Serra do Sol (RR); prejuízos do setor sucroalcooleiro; Tribunal de Contas da União (TCU) e indisponibilidade de bens; e controle de armas e munições.

Moraes é o relator de dois inquéritos na Suprema Corte que preocupam o governo federal, como o que investiga a produção de notícias falsas e ofensas contra ministros do STF. Recém-demitido do Ministério da Educação, Abraham Weintraub é um dos investigados, além de uma série de parlamentares pró-governo, ativistas bolsonaristas e empresários que apoiam o presidente da República.


Fonte: Correio Braziliense

Comentários