"Narrativas" -

Presidente do Uruguai condena fala de Lula a Maduro sobre criação de 'narrativa' na Venezuela

O presidente do Uruguai Luis Alberto Lacalle Pou se disse surpreso nesta terça-feira (30) com a fala do homólogo brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de que havia "narrativas" sobre a situação política da Venezuela.

"Estou surpreso quando se falou em Venezuela ser uma narrativa. Já sabem o que pensamos sobre Venezuela e o governo da Venezuela", afirmou o presidente uruguaio, durante encontro organizado pelo próprio Lula em Brasília.

Foto: Ricardo StuckertLula e Maduro
Lula e Maduro

Lula realiza nesta terça-feira uma reunião entre presidentes da América do Sul para buscar uma nova forma de integração na região.

Um dia antes do evento, o mandatário brasileiro recebeu o ditador venezuelano, Nicolás Maduro, em uma visita oficial. Na ocasião, o brasileiro afirmou que se tratava de uma "narrativa" as acusações de falta de democracia na Venezuela.

"Cabe à Venezuela mostrar a sua narrativa para que possa efetivamente fazer as pessoas mudarem de opinião. É preciso que você [Maduro] construa a sua narrativa. E a sua narrativa vai ser infinitamente melhor do que o que eles têm contado contra você. Está nas suas mãos construir a sua narrativa e virar esse jogo, para que a gente possa vencer definitivamente, e a Venezuela voltar a ser um país soberano, onde somente seu povo, por meio de votação livre, diga quem é que vai governar esse país", afirmou Lula, na ocasião.

Comentários

Trabalhe Conosco