Greve continua · 17/05/2022 - 19h40 | Última atualização em 17/05/2022 - 20h01

Prazo de cinco dias para que Dr Pessoa cumpra piso dos professores é dado pelo Ministério Público


Compartilhar Tweet 1



Há 100 dias a atual gestão da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) enfrenta uma greve de professores que parece não ter fim. A mesma teve início na segunda-feira (07/02), pois segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais De Teresina (SINDSERM), a PMT não teria pago o efetivo do piso salarial dos professores da educação pública de Teresina. As informações são do Portal O Dia

Nesta terça-feira (17/05), o Ministério Público do Estado do Piauí (MP/PI) recomendou que o prefeito de Teresina, Dr Pessoa, e o Secretário de Educação, Nouga Cardoso adotem, no prazo de cinco dias úteis, as medidas necessárias para regularizar o pagamento efetivo do percentual de piso salarial nacional para os profissionais do magistério público da educação básica de Teresina.

 

Em nota oficial a PMT afirmou que “Sobre a recomendação do Ministério Público do Piauí, a Prefeitura de Teresina informa que já segue a mesma e cumpre integralmente o pagamento do piso nacional do magistério para os profissionais da rede municipal de ensino.”

PostMídia - (86) 99927-1422

 

Comentários