Inclusão socioeconômica -

Ministério das Cidades anuncia edital de R$ 11,2 milhões para catadores de materiais recicláveis

O Ministério das Cidades anunciou um novo edital no valor de R$ 11,2 milhões destinado ao fortalecimento das cooperativas de catadores de materiais recicláveis. O objetivo principal é promover a inclusão socioeconômica desses trabalhadores, através da estruturação e melhoria dos sistemas de coleta seletiva, triagem e tratamento de resíduos recicláveis secos operados por cooperativas e associações.

O edital, intitulado "Apoio à Estruturação e ao Fortalecimento das Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis", será gerido pela Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental e busca selecionar entidades da sociedade civil para financiar projetos que visem aprimorar essas infraestruturas. Os recursos estão distribuídos para propostas que variam entre R$ 120 mil e R$ 1 milhão, com prazo para envio das propostas entre (12/07  e 12/08), e o resultado final será homologado e publicado até (07/10).

Foto: Reprodução/Agência Gov (Foto: Ricardo Stuckert / PR).

Os critérios de seleção incluem a capacidade das propostas de promover autonomia, inclusão financeira e desenvolvimento sustentável dos catadores. As despesas financiáveis abrangem desde a compra de veículos e equipamentos permanentes até materiais de consumo e serviços necessários para a operação das cooperativas.

Além do edital, o governo federal reforçou seu compromisso com a sustentabilidade e o apoio aos catadores de materiais recicláveis através da Lei de Incentivo à Reciclagem, iniciativa que busca valorizar esses profissionais em todo o país. Iniciativas como o Programa Pró-Catadores, recriado no início do governo do presidente Lula em 2023, demonstram o engajamento em promover melhores condições de trabalho e inclusão social para esses trabalhadores essenciais.

Durante a reunião do Comitê Interministerial para Inclusão Socioeconômica de Catadoras e Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis (CIISC), realizada no Palácio do Planalto, o presidente Lula enfatizou a importância desta pauta, destacando o tratamento prioritário dado aos catadores de material reciclável no governo atual. A presença de representantes de 19 ministérios e seis movimentos nacionais sublinha o compromisso amplo e integrado com essa causa.

Fonte: Reprodução/Agência Gov

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco