Após perder liderança · 18/10/2019 - 09h52

'Me livrei de um grande peso', diz Joice Hasselmann, ex-líder de Bolsonaro


Compartilhar Tweet 1



    Valter Campanato/Agência Brasil

A crise no partido do presidente Jair Bolsonaro, o PSL, parece estar longe de acabar. Poucas horas depois de saber pela imprensa que havia deixado de ser a líder de governo, a deputada Joice Hasselmann disse, pelo Twitter, que se livrou de um grande peso. Ela foi trocada por Eduardo Gomes, do MDB do Tocantins. As informações são do Diário de Pernambuco.

A crise no partido do presidente Jair Bolsonaro, o PSL, parece estar longe de acabar. Poucas horas depois de saber pela imprensa que havia deixado de ser a líder de governo, a deputada Joice Hasselmann disse, pelo Twitter, que se livrou de um grande peso. Ela foi trocada por Eduardo Gomes, do MDB do Tocantins.
 

Em entrevista ao Estado de S.Paulo, Hasselman afirmou que o presidente Jair Bolsonaro usou do cargo para interferir no Legislativo e pressionar os deputados a assinar uma lista. O documento era para tirar a liderança do PSL de Delegado Waldir (GO) e emplacar o filho Eduardo Bolsonaro (SP) em seu lugar.

 

Hasselmann sofreu retaliação por apoiar a permanência do líder, que conseguiu se manter no cargo por articulação do presidente nacional do PSL Luciano Bivar, desafeto de Bolsonaro.

 

Segundo a parlamentar, a gratidão não está entre as qualidades do presidente. Ela afirmou que carregou muitas coisas nas costas e apagou incêndios e que, na semana passada, já havia comunicado ao partido que deixaria a liderança.

 

Também em entrevistas nessa quinta-feira, a ex-líder de Bolsonaro disse que a inteligência emocional do presidente é de menos 20. A deputada, que vem sendo alvo de críticas de apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais, afirmou também que o presidente dispõe de um batalhão de perfis pagos que atuam em sua defesa.


Comentários