Cuida de 300 crianças · 13/05/2022 - 09h36

Lei estadual reconhece utilidade pública da ONG Caminhos da Esperança


Compartilhar Tweet 1



A governadora Regina Sousa sancionou, na última terça-feira (10/05), a Lei Nº 7.788/2022, de autoria do deputado estadual Franzé Silva (PT), reconhecendo a utilidade pública da Associação Caminhos da Esperança, Organização Não Governamental (ONG) do município de Cristalândia do Piauí, extremo-sul do Estado.

A Caminhos da Esperança foi criada em 2019 e promove ações de combate à desigualdade social, fome e pobreza. A ONG cuida de 300 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e alcança mais de 1.500 pessoas, com ações em educação, qualificação profissional e a autossuficiência das famílias vulneráveis.

Com o título de utilidade pública, a Caminhos da Esperança passa a ter mais acesso a verbas públicas destinadas ao trabalho social e educativo desenvolvido pela entidade, podendo, ainda, reivindicar isenções relacionadas a contribuições com a seguridade social, taxas e questões fiscais.

“Trata-se de um belo projeto social que o nosso mandato conheceu e tem acompanhado e buscado fortalecer. A Caminhos da Esperança ajuda pessoas que mais precisam, famílias em situação de vulnerabilidade. Merece, portanto, nosso apoio e o reconhecimento da utilidade pública vem nesse sentido”, pontua Franzé.

Os representantes da entidade, Norivan Lustosa e Demétrio Dutra, comemoraram a sanção da Lei, agradecendo ao deputado Franzé Silva e à governadora Regina Sousa. “Nossos corações estão transbordando de felicidade. Agradecemos ao amigo deputado Franzé, por se preocupar e se comprometer com nossa causa”, dizem.


Fonte: ALEPI

Comentários