Carlos Fávaro -

Lei de desmatamento da UE fere soberania do Brasil, diz ministro

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, disse que a lei de combate ao desmatamento da UE (União Europeia) não deve ser imposta ao Brasil e que fere a soberania do país. A declaração foi em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo na 4ª feira (15.nov) depois do 29º Encafé (Encontro Nacional da Indústria de Café).

Foto: Poder 360Ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro.
Ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro.

“O Brasil tem legislação competente para legislar com relação a meio ambiente e produtores rurais. Não venham querer nos impor legislação, que isso fere inclusive a nossa soberania”, declarou Fávaro.

O ministro defendeu também que a rejeição à imposição de normas ambientais deve ser tratada como “cláusula pétrea” no acordo Mercosul-UE.

“Se querem uma boa vizinhança, uma boa parceria e grandes oportunidades com o Brasil, tirem isso da mesa”, disse Fávaro.

Fávaro afirmou que a imposição da lei ao Brasil poderá dificultar o firmamento de acordo entre os blocos econômicos e as relações comerciais.

O Regulamento da União Europeia para Produtos Livres de desmatamento proíbe importação de itens oriundos de áreas de desmatamento identificadas até dezembro de 2020. A lei entra em vigência em janeiro de 2025.

Fonte: Poder 360

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco