Pronto para receber pacientes · 24/02/2020 - 09h09

Governo do Piauí entrega Ambulatório de Saúde Integral da População Trans


Compartilhar Tweet 1



O acolhimento e respeito a travestis e transexuais são passos importantes para mudança na realidade da inclusão social no país. É por isso que o Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), criou o Ambulatório de Saúde Integral da População Trans – Makelly Castro. A proposta já existe em outros estados do Brasil e vai atender exclusivamente pacientes travestis e transsexuais que necessitam de consultas, apoio e terapia.

O espaço já está pronto para receber os pacientes e está instalado dentro do Ambulatório Azul do Hospital Getúlio Vargas (HGV). Uma equipe multidisciplinar formada por endocrinologistas, ginecologistas, urologistas, psicólogos e assistentes sociais está sendo preparada para o aconselhamento, orientações sobre autocuidado, terapia hormonal, avaliação e preparação para cirurgias dentro do processo transsexualizador, que ainda não são realizadas no Piauí.

Segundo a diretora do Ambulatório Azul, Maria Hilda, havia uma grande demanda para esse público. “Há alguns anos existia essa reivindicação desse espaço voltado para essas especificidades. Temos um número grande de pessoas trans e travestis que merece esse atendimento mais próximo e com mais acolhimento.”, disse Hilda.

Para os representantes da população de travestis e transsexuais, foi uma grande conquista para o Piauí. “Entramos em parceria com a implantação desse espaço e vamos contribuir com o processo educativo, questões de nomenclatura, orientação sexual, identidade de gênero e expressão de gênero. Vamos também orientar com relação às leis já existentes que nos protegem, principalmente a que nos defende quanto ao uso do nome social.

Foi uma grande conquista para todos nós e vamos acompanhar a implantação e os primeiros atendimentos”, afirmou Marcela Braz, coordenadora de Enfrentamento à LGBTfobia – Superintendência de Direitos Humanos, órgão ligado à Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc).


Fonte: Governo do Estado

Comentários