Sérgio Moro se pronuncia · 21/06/2020 - 09h48

Ex-ministro da Saúde, Mandetta, lamenta 50 mil mortes por Covid-19 no Brasil


Compartilhar Tweet 1



Os dois dos ministros mais importantes do governo até o início deste ano e hoje adversários políticos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os agora ex-ministros Luiz Henrique Mandetta, que comandou a Saúde, e Sergio Moro, que deixou a Justiça, lamentaram que o Brasil esteja chegando aos 50 mil mortos pelo coronavírus. As informações são do Metrópoles.

“Queria tanto não atingir esta marca”, escreveu Mandetta, que foi demitido em 16 de abril porque não concordava com o relaxamento do isolamento social, como gostaria Bolsonaro.

Segundo os dados oficiais do Ministério da Saúde e os do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), 49.976 brasileiros morreram vítimas da doença até este sábado (20/06). Levantamento de um consórcio de veículos de comunicação, porém, indica que são são mais de 50 mil mortos em decorrência da Covid-19 no país.

 


Comentários