Não teria um partido para ir · 18/10/2021 - 17h49 | Última atualização em 18/10/2021 - 17h51

'É impensável Dr Pessoa se entregar aos adversários' , diz Marcelo Castro


Compartilhar Tweet 1



O senador Marcelo Castro disse, nesta segunda-feira (18/10), que é impensável o Dr Pessoa deixar o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), por que ele não teria um partido para ir.

Segundo quadro Jogo do Poder, do programa Agora na TV Meio Norte, o senador disse que não foi discutido esses detalhes, mesmo por que ele nunca admitiu que o Dr Pessoa fosse sair do MDB. "Não vejo razões nenhuma para ele sair do partido, por que se ele fosse sair do (MDB), ele iria pra onde? 

Marcelo Castro ainda disse que a oposição já tem o seu lugar e que é impensável Dr Pessoa sair do partido para ir para  a base que ele acabou de derrotar. "Pra ir para a oposição? eu acho que a oposição já estar com o lugar tomado. Por que nós acabamos de fazer uma eleição em que nós derrotados o grupo político que está do lado da oposição do Ciro Nogueira", relatou. 

"Qual é a base principal do Ciro para a próxima eleição de governador, é o seu partido (PP), o Democratas que tem o Mão Santa e tem o Gustavo Medeiros que são dois prefeitos de cidades importantes e a base do (PSDB) em Teresina, que sempre foi um partido forte, que aliás o (PSDB) dominou Teresina por 30 anos. E essa base de oposição (Wellington Dias) é oposição a nós, ao Dr Pessoa em Teresina. Então digamos assim é impensável ele sair da nossa base para ir se entregar lá aos adversários que ele acabou de derrotar, finalizou.

Comentários